Facebook vai ter botão para apagar histórico de navegação

(dr)

O Facebook anunciou na terça-feira que vai criar uma espécie de botão para esvaziar o histórico do utilizador fora da plataforma da rede social.

Mark Zuckerberg, o criador da rede social, anunciou na sua página pessoal que na conferência F8, destinada aos programadores, que iria “discutir um novo controlo de privacidade que estamos a desenvolver chamado ‘Limpar Histórico‘”.

“Nos browsers de internet, há uma forma simples de apagar os cookies – pedaços de informação guardados pelos sites no dispositivo do utilizador – e o histórico”, escreveu. O facebook vai levar a cabo uma atualização que permitirá trazer esta ideia para a rede social, segundo o ECO.

“Quando lançarmos a atualização, poderá ver informação sobre as aplicações e os sites com os quais interagiu, e poderá apagar essa informação da sua conta. Também terá a opção de desligar a recolha dessa informação na sua conta”, avançou o gestor.

Today at our F8 conference I'm going to discuss a new privacy control we're building called "Clear History". In your…

Publicado por Mark Zuckerberg em Terça-feira, 1 de Maio de 2018

No entanto, o CEO da rede social avança que, ao eliminar as informações da rede social, a experiência no Facebook terá alguns entraves, na medida em que “o Facebook não será tão bom enquanto vai reaprendendo as preferências” do utilizador.

De qualquer das formas, Zuckerberg diz acreditar que é importante que seja dada aos utilizadores do Facebook a possibilidade de escolher apagar ou manter as informações em causa nas respetivas contas.

A medida surge depois de ser revelado que a Cambridge Analytica terá usado indevidamente dados de 87 milhões de utilizadores em todo o mundo, pelo que Mark Zuckerberg tornou as melhorias nos controlos da privacidade a sua prioridade.

Zuckerberg termina a mensagem de terça-feira com uma confissão: “Uma coisa que eu aprendi da experiência de testemunhar no Congresso é que eu não tenho respostas suficientemente claras para algumas questões sobre os dados. Estamos a trabalhar para que esses controlos sejam mais fáceis e teremos novidades em breve”, garantiu.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Foi preciso apanhar um grande susto para abrir os olhos.
    As pessoas não imaginam até que ponto o FB/Messenger guardam informações privadas, que são difíceis de apagar.
    E continuam a pedir o número de telemóvel (dizem, por questões de segurança !!) e depois fornecem esse número a empresas piratas que provocam débitos nas operadoras onde o telemóvel está registado.
    Para mais informação, pesquise com a chave “Zigzagfone”, que é o exemplo duma empresa pirata.

    • “As pessoas não imaginam até que ponto o FB/Messenger guardam informações privadas, que são difíceis de apagar.” Essas informações, NUNCA serão apagadas! Até poderão dizer que foram, mas estão a mentir. O que vai para a internet FICA na internet!… PARA SEMPRE!!!

  2. Será que ainda não sabem que TUDO quanto está na internet NUNCA desaparece? Nãó adianta um “apagar de histórico”!

Elon Musk lança concurso para ver quem consegue bater um caracol

O multimilionário, através da sua empresa especializada em construção de túneis, lançou um concurso mundial para ver quem é capaz de bater um caracol. De acordo com o jornal Daily Mail, Elon Musk lançou um concurso …

Covid-19. Tóquio quer pagar até quatro mil euros a bares que fiquem fechados

As autoridades de Tóquio, no Japão, estão a ponderar pagar um subsídio, que pode chegar aos quatro mil euros, aos bares que se mantenham fechados para conter a propagação da covid-19 na cidade. De acordo com …

Médicos franceses detetaram primeiro caso de bebé infetado no útero

Médicos em França pensam ter identificado aquele que será o primeiro caso confirmado de um bebé infetado com covid-19 no útero materno. De acordo com o site Business Insider, a equipa médica conta que a …

17 anos depois, Estados Unidos voltam a aplicar a pena capital a nível federal

Os Estados Unidos procederam, esta terça-feira, à primeira execução federal de um prisioneiro no "corredor da morte" em 17 anos, através de uma injeção letal. Daniel Lewis Lee, 47 anos, natural de Yukon (Oklahoma), foi executado …

Com o pretexto de paz, "senhor da guerra" vai ganhando poder na República Centro-Africana

O "senhor da guerra" Ali Darassa foi pago pelo presidente da República Centro-Africana e já influenciou a demissão de um ministro numa tentativa de manter a paz no país. A República Centro-Africana é um país atormentado …

Ministério Público acusa 25 arguidos pela queda do BES

O Ministério Público deduziu acusação, esta terça-feira, contra 25 arguidos, 18 pessoas singulares e sete pessoas coletivas, no âmbito do processo sobre a queda do Universo Espírito Santo. "O Ministério Público do Departamento Central de Investigação …

Agora, até o Toyota Corolla é um crossover

O Toyota Corolla Cross é o mais recente SUV da marca japonesa. Apesar de a marca estar a reforçar a sua gama de SUV, Portugal terá de esperar mais um pouco. Na semana passada, a Toyota …

Da Escócia à Grécia, Kleon pedalou durante 48 dias para regressar a casa

Um jovem grego, "preso" na Escócia devido ao cancelamento dos voos por causa da pandemia de covid-19, decidiu pedalar durante 48 dias consecutivos para conseguir regressar a casa. De acordo com a CNN, Kleon Papadimitriou, de …

Após fugirem da Venezuela, milhares foram obrigados a regressar por causa da pandemia (mas não é assim tão fácil)

Desde 2016, quase cinco milhões de venezuelanos deixaram o país, fugindo da pobreza e dos serviços sociais e de saúde em colapso. Agora, a pandemia de covid-19 forçou-os a regressar à Venezuela - se o …

Costa defende na Hungria que Estado de direito não deve ser associado à recuperação

O primeiro-ministro defendeu, esta terça-feira, à saída de uma reunião com o seu homólogo húngaro que a questão do Estado de direito, embora "central" para Portugal, não deve ser relacionada com as negociações sobre o …