Facebook vai ter botão para apagar histórico de navegação

(dr)

O Facebook anunciou na terça-feira que vai criar uma espécie de botão para esvaziar o histórico do utilizador fora da plataforma da rede social.

Mark Zuckerberg, o criador da rede social, anunciou na sua página pessoal que na conferência F8, destinada aos programadores, que iria “discutir um novo controlo de privacidade que estamos a desenvolver chamado ‘Limpar Histórico‘”.

“Nos browsers de internet, há uma forma simples de apagar os cookies – pedaços de informação guardados pelos sites no dispositivo do utilizador – e o histórico”, escreveu. O facebook vai levar a cabo uma atualização que permitirá trazer esta ideia para a rede social, segundo o ECO.

“Quando lançarmos a atualização, poderá ver informação sobre as aplicações e os sites com os quais interagiu, e poderá apagar essa informação da sua conta. Também terá a opção de desligar a recolha dessa informação na sua conta”, avançou o gestor.

Today at our F8 conference I'm going to discuss a new privacy control we're building called "Clear History". In your…

Publicado por Mark Zuckerberg em Terça-feira, 1 de Maio de 2018

No entanto, o CEO da rede social avança que, ao eliminar as informações da rede social, a experiência no Facebook terá alguns entraves, na medida em que “o Facebook não será tão bom enquanto vai reaprendendo as preferências” do utilizador.

De qualquer das formas, Zuckerberg diz acreditar que é importante que seja dada aos utilizadores do Facebook a possibilidade de escolher apagar ou manter as informações em causa nas respetivas contas.

A medida surge depois de ser revelado que a Cambridge Analytica terá usado indevidamente dados de 87 milhões de utilizadores em todo o mundo, pelo que Mark Zuckerberg tornou as melhorias nos controlos da privacidade a sua prioridade.

Zuckerberg termina a mensagem de terça-feira com uma confissão: “Uma coisa que eu aprendi da experiência de testemunhar no Congresso é que eu não tenho respostas suficientemente claras para algumas questões sobre os dados. Estamos a trabalhar para que esses controlos sejam mais fáceis e teremos novidades em breve”, garantiu.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Foi preciso apanhar um grande susto para abrir os olhos.
    As pessoas não imaginam até que ponto o FB/Messenger guardam informações privadas, que são difíceis de apagar.
    E continuam a pedir o número de telemóvel (dizem, por questões de segurança !!) e depois fornecem esse número a empresas piratas que provocam débitos nas operadoras onde o telemóvel está registado.
    Para mais informação, pesquise com a chave “Zigzagfone”, que é o exemplo duma empresa pirata.

    • “As pessoas não imaginam até que ponto o FB/Messenger guardam informações privadas, que são difíceis de apagar.” Essas informações, NUNCA serão apagadas! Até poderão dizer que foram, mas estão a mentir. O que vai para a internet FICA na internet!… PARA SEMPRE!!!

  2. Será que ainda não sabem que TUDO quanto está na internet NUNCA desaparece? Nãó adianta um “apagar de histórico”!

RESPONDER

Quatro mortos em manifestações na Bolívia. São 23 desde o final de outubro

Comissão Interamericana de Direitos Humanos registou pelo menos 122 feridos desde sexta-feira. Já houve 23 vítimas mortais desde o final de Outubro, início da crise social e política na Bolívia. Quatro pessoas morreram no sábado em …

UE acusada de pagar aos próprios traficantes para travar imigração

A União Europeia conta com um processo no Tribunal Penal Internacional interposto por Omer Shatz e Juan Branco. A UE é acusado de pagar aos próprios traficantes para parar a imigração. Omer Shatz, advogado e professor …

Governo quer ter a primeira refinaria de lítio da Europa

O Governo quer abrir a primeira refinaria de lítio no continente europeu. No entanto, João Galamba refere que tudo depende dos resultados do estudo de impacto ambiental das minas. Sem confirmar que venha a haver minas …

Cientistas desvendam novas pistas sobre o maior macaco que já existiu

O mítico "Bigfoot" é uma criatura lendária mas, durante milhões de anos, o verdadeiro — um símio com o dobro do tamanho de um ser humano adulto — percorreu as florestas do Sudeste Asiático, antes …

Preço do tabaco pode aumentar. Decisão cabe ao Governo

Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um aumento do preço do tabaco, e a decisão depende agora do Governo. Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um …

Derrocada em Borba. Um ano depois, ainda é uma ferida aberta e problemas continuam

Um ano depois do acidente na pedreira de Borba, o sindicato que representa os trabalhadores garante que os perigos persistem, enquanto a associação Assimagra salienta que foi um caso “isolado” e está a avançar com …

Caracóis estão a ficar amarelos para se adaptarem às alterações climáticas

Nas áreas urbanas, os caracóis estão a ficar com as cascas amarelas para se adaptarem às alterações climáticas. Os cientistas vão agora analisar os padrões das penas dos pássaros, para perceberem se também há uma …

Os terrenos contaminados de Fukushima vão tornar-se num centro de "energia verde"

Fukushima, local que sofreu um dos maiores desastres nuclear do mundo, vai reinventar-se e tornar-se num centro de energia renovável. Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três …

Cientistas identificaram neurónios específicos que mapeiam memórias

Neurocientistas descobriram um aspeto curioso de como a nossa memória funciona: Quando o cérebro precisa de recuperar informação relacionada com um lugar específico, neurónios individuais podem atingir memórias específicas. De acordo com o estudo publicado na …

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …