Excedente orçamental é atingido “à custa de uma carga fiscal brutal”

António Pedro Santos / Lusa

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio

O presidente e candidato à liderança do PSD, Rui Rio, afirmou hoje que o excedente orçamental “é positivo”, mas entende que o mesmo tem sido atingido “à custa de uma carga fiscal brutal”.

“Aquilo que interessa efetivamente é como vai fechar a 31 de dezembro. E a minha ideia é que o Orçamento do Estado de 2019 irá fechar a 31 de dezembro com 0,1% do PIB, portanto ligeiramente melhor do que aquilo que estava inscrito no próprio Orçamento do Estado. Penso obviamente que é positivo“, afirmou Rui Rio, em Castelo Branco, onde se deslocou para uma sessão de esclarecimento com militantes.

O Ministério das Finanças anunciou hoje que o excedente das administrações públicas atingiu 546 milhões de euros até novembro, em contabilidade pública, uma melhoria de 1.131 milhões de euros face ao mesmo período de 2018.

O presidente do PSD sublinhou que não vai criticar um Governo que, nesse aspeto, faz aquilo que qualquer um deve fazer.

Coisa diferente é depois como é que é atingido esse saldo orçamental. Uma coisa é o saldo, mas depois outra coisa é como é que é atingido. E tem sido atingido à custa de uma carga fiscal brutal, um brutal aumento de impostos“, sustentou.

“Se o PSD foi criticado quando estava no Governo por ter feito um brutal aumento de impostos, o que é verdade é que depois desse brutal aumento de impostos o PS já fez não sei quantos mais aumentos de impostos sobre aquilo que era brutal“, acrescentou Rui Rio.

O presidente do PSD realçou que o país esteve mais de 40 anos com défices públicos que trouxeram a dívida pública para um patamar “absolutamente brutal”. Contudo, entende que este excedente está a ser conseguido à custa de uma carga fiscal muito grande e, do lado da despesa, com uma degradação muito grande dos serviços públicos.

Não é só o Serviço Nacional de Saúde, mas a muitos outros níveis também. Portanto, se o resultado aritmético no fim do saldo é positivo, a forma como lá se chega não é a melhor forma, porque traz às pessoas sofrimento que seria, em parte, de evitar para obter o mesmo resultado. Porque aí eu não transijo, as contas nacionais têm de efetivamente estar equilibradas”, concluiu.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Rui Rio onde andava quando era governo o seu partido PPD/CDS? Não o ouvi nessa altura afalar da carga fiscal, fala como se antes deste governo nós tivéssemos uma carga fiscal suave, o senhor quer é ir ao pote como querem e tem ido sempre os mesmos já há mais de 40 anos, mas nunca o ouvi nem li uma ideia sua nem como a pôr em prática para a grave situação que o País se encontra e com tendência a agravar-se mais, o senhor como economista não estudou que um País só pode tornar-se melhor quando a riqueza produzida é superior ao que o País gasta? Portugal há muitas décadas não é caso recente que tem e continua a gastar mais que a riqueza criada, por isso os vários governos como não têm uma ideia do que fazer tratam sempre de aumentar os impostos. E que ideias tem o senhor para inverter esta situação?

  2. Aqueles que criticam é muito simples, mas a verdade é que o Gasparinho é que ficou como o “mau da fita” e daí para cá, não só os impostos não desceram como também aumentaram. Como dizia a “troika” (os impostos inteligentes). Portanto o milagre do Centeno (milagre das “rosas”) não só não foi milagre, como foi o Gaspar e a Albuquerque quem amealharam para ele fazer flores. Disse!

Manter o ar de casa limpo pode reduzir a probabilidade de propagar covid-19

Além das precauções atualmente recomendadas, garantir que o ar em espaços interiores esteja o mais limpo possível também pode ajudar a reduzir a probabilidade de propagar o novo coronavírus. A grande maioria da transmissão do SARS-CoV-2 …

Navio australiano filma meteoro a desintegrar-se no céu da Tasmânia

O navio de pesquisa científica da CSIRO capturou imagens surpreendentes de um meteoro a desintegrar-se no oceano, muito perto da Tasmânia. Na quarta-feira, o navio de pesquisa científica da CSIRO capturou um meteoro a desintegrar-se no …

Afinal, o Espaço não é assim tão escuro. Há brilho de origem desconhecida

Uma equipa de cientistas usou a New Horizons para medir a luminosidade do Espaço profundo e os resultados surpreenderam-na. Há muito tempo que os cientistas tentam perceber qual a luminosidade do Espaço, se lhe retirarmos todas …

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …

Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas. A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de …

Professor alemão do ensino básico é suspeito de canibalismo e homicídio

Depois de uma pilha de ossos ter sido encontrada por transeuntes no parque de Berlim, as autoridades alemãs descobriram que se tratava de uma vítima de canibalismo. As pistas conduziram-nas, mais tarde, à casa do …

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …