Ex-primeiro-ministro da Macedónia fugiu do país num carro diplomático húngaro

European People's Party / Wikimedia

Nikola Gruevski, ex-primeiro-ministro da Macedónia

O ex-primeiro-ministro macedónio Nikola Gruevski, condenado no seu país a dois anos de prisão por corrupção, passou pela Albânia em direção ao Montenegro no passado domingo num carro diplomático húngaro. A Hungria já garantiu não ter dado qualquer ajuda para a fuga.

Segundo a versão da Polícia albanesa, Gruevski saiu como passageiro deste veículo e atravessou o posto fronteiriço de Hani i Hotit com o Montenegro. “No dia 11 de novembro não existia nenhum aviso na fronteira ou ordem expressa de busca e captura contra Gruevski”, afirmou em comunicado esta autoridade.

Segundo os mesmos responsáveis, a ordem de captura internacional foi enviada pela Interpol de Skopje a Tirana na terça-feira. Atualmente ainda se desconhece a forma como Gruevski conseguiu entrar em território albanês a partir da Macedónia, onde exerceu o cargo de primeiro-ministro entre 2006 e 2016.

O diário sérvio Politika assegurou que Gruevski conseguiu cruzar esta primeira fronteira de noite com um passaporte falso e disfarçado com óculos escuros e um chapéu.

Segundo vários média albaneses, o ex-chefe do governo macedónio estava acompanhado pelo motorista e um empregado da embaixada húngara quando passou por Hani i Hotit, e que regressaram de novo à Albânia em menos de uma hora na mesma viatura, mas sem Gruevski.

Hungria garante não ter ajudado na fuga

Nesta quinta-feira, o Governo húngaro tinha garantido não ter dado qualquer ajuda ao ex-primeiro-ministro da Macedónia em fuga, quando este decidiu deixar o seu país para evitar uma pena de prisão.

Gergely Gulyas, chefe de gabinete do primeiro-ministro Viktor Orban, assegurou que as autoridades húngaras “não têm nada a ver com a situação” na sequência da fuga de Gruevski da Macedónia, mas “garantiu” que este não pode abandonar a Hungria.

O atual Governo macedónio já apelou à Hungria para extraditar Gruevski, primeiro-ministro entre 2006 e 2016.

As autoridades húngaras “estão a proceder de acordo com os apropriados protocolos de segurança” em relação ao Gruevski, insistiu Gulyas, para acrescentar que Orban “achou muita piada” quando diversas informações sugeriram que Gruevski, um próximo aliado político, estava a viver em sua casa.

Gulyas referiu que, por motivos de segurança, Gruevski foi interrogado sobre o pedido de asilo em Budapeste e não numa zona de trânsito na fronteira, como sucede com a maioria dos requerentes de asilo que solicitam a avaliação do pedido.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Macedónia disse que o chefe da diplomacia, Nikola Dimitrov, e o seu homólogo húngaro, Peter Szijjarto, mantiveram hoje uma conversa telefónica sobre o caso.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Greve na limpeza vai parar Hospital de São João no Porto

Os trabalhadores da limpeza do Hospital de São João, no Porto, entraram em greve este sábado. As desinfeções em ambulatório ou a limpeza de consultórios e da urgência não estão a ser feitas. Na …

Há um enorme buraco na atmosfera de Marte (e a água está a escapar)

Uma vez a cada dois anos, um gigantesco buraco abres-e na atmosfera marciana, deixando escapar para o Espaço uma parte das escassas reservas de água do Planeta Vermelho. O estranho mecanismo meteorológico, nunca visto na Terra, …

Musk vai construir um túnel de alta velocidade em Las Vegas

A Boring Company conseguiu um contrato de 48,7 milhões de dólares para construir um sistema subterrâneo, chamado LVCC Loop, em Las Vegas. A empresa Boring Company, de Elon Musk, foi a escolhida para construir um túnel …

Cientistas podem ter descoberto a verdadeira origem da canábis

A origem da canábis é um mistério, mas a análise de pólen antigo sugere que a planta evoluiu cerca de três quilómetros acima do nível do mar no planalto tibetano. Documentos que datam da Idade Média …

Sporting vs FC Porto | Um ano depois, a Taça para os leões

O Sporting venceu o FC Porto, mais uma vez nas grandes penalidades, e arrecadou a 17ª Taça de Portugal. Num jogo muito disputado no Estádio do Jamor, que terminou empatado 1-1 no tempo regulamentar, o Porto …

Marcelo pede aos portugueses para votarem. "Ficar em casa é um erro enorme"

O Presidente da República pediu hoje aos portugueses que façam o "pequeno sacrifício" de votar nas eleições para o Parlamento Europeu e não deixem "nas mãos de 20% ou de 25% a decisão que é …

Uma cidade inteira dos EUA está refém de cibercriminosos

A cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, está sob ataque. Mas a ameaça não vem de pessoas armadas com pistolas e bombas. Há duas semanas, cibercriminosos usaram ransomware - um tipo de software nocivo que restringe …

Abandonado em bebé no aeroporto de Gatwick, Steve encontrou a família 33 anos depois

Um bebé foi abandonado no chão de uma casa de banho do aeroporto de Gatwick a 10 de abril de 1986. Foi quando Beryl Wright encontrou o recém-nascido que começou o mistério que só se …

Monges encontram receita perdida e voltam a fabricar cerveja medieval belga após 224 anos

Os monges da abadia de Grimbergen, na província de Brabante Flamengo, na Bélgica, encontraram a receita original de uma cerveja que era produzida artesanalmente no local há 224 anos e voltarão a fabricá-la. Monges da Abadia …

Nova app permite transmitir consentimento ao par num encontro

Vem aí uma nova app para encontros que nos permite sinalizar quando é que o nosso par tem o nosso consentimento para avançar para o próximo passo. A aplicação permite também ganhar pontos conforme se …