EUA revelam preocupação com desenvolvimento de armas nucleares russas

Heikki Saukkomaa / Lehtikuva Handout / EPA

Os EUA demonstraram esta quarta-feira preocupação com o desenvolvimento de armas nucleares não estratégicas por parte da Rússia, numa reunião com uma delegação russa, na Suíça, para tentar “reduzir mal-entendidos”.

A reunião em Genebra, que juntou altos funcionários da diplomacia e da defesa dos EUA e da Rússia, terminou com um comunicado da delegação norte-americana afirmando a necessidade de “um compromisso com o cumprimento pleno e verificável para o controlo efetivo das armas”.

A frase do comunicado da delegação dos EUA remete para o ponto mais delicado da reunião de Genebra, relacionado com as questões das armas nucleares e dos mísseis balísticos, num momento em que os dois países procuram entendimentos estratégicos na área da defesa e dissipar dúvidas e mal entendidos nestas matérias.

A Rússia não emitiu nenhum comunicado no final da reunião.

Entre as questões abordadas pela delegação norte-americana, liderada pelo subsecretário de Estado, John Sullivan, pontuavam estratégias de segurança interna e de defesa nacional.

Sullivan aproveitou para transmitir ao vice-ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Ruabkov, que liderava a sua delegação, a visão do Presidente dos EUA, Donald Trump, sobre “a nova direção a ser tomada no controlo de armas nucleares com a Rússia e com a China”.

A delegação dos EUA quis deixar claro que é necessário um compromisso de “cumprimento total e verificável” com o tratado que regula essas questões, para que um controlo efetivo de armas seja alcançado, segundo o comunicado emitido no final da reunião.

Na versão norte-americana sobre o encontro de hoje em Genebra, a reunião permitiu que as delegações “discutissem as suas políticas estratégicas nacionais”, em matéria de segurança, para “reduzir mal-entendidos e equívocos em várias questões-chave de segurança”.

Washington explicou ainda que esta reunião faz parte de uma série de encontros que os Estados Unidos pretendem realizar com a Rússia, desde as primeiras conversas em 14 de maio, em Sochi, entre o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, e o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov.

Ao longo destas reuniões e no encontro de hoje, segundo o comunicado da delegação norte-americana, os EUA têm expressado as suas preocupações sobre o desenvolvimento de armas nucleares não estratégicas por parte da Rússia, bem como a “falta de transparência” em relação às obrigações assumidas em diversos tratados.

Em 2018, o Presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que abandonava o tratado de mísseis de curto e médio alcance, assumido com a União Soviética em 1987, acusando o Governo russo de não cumprir com os seus compromissos.

Em reação, o Presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que também abandonava o tratado, acusando os EUA de não o respeitarem, e anunciou o desenvolvimento de mísseis SSC-8, que a NATO diz ter capacidade de transportar armas nucleares.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …