EUA destroem armazém de dinheiro do Estado Islâmico com polémica tática israelita

Um ataque da aviação militar dos Estados Unidos destruiu um armazém de dinheiro do Estado Islâmico na cidade iraquiana de Mosul, usando uma controversa tática militar israelita.

Os detalhes da operação, que teve lugar no passado dia 5, foram divulgados esta terça-feira pelo general norte-americano Peter Gersten.

Segundo a Reuters, o armazém, que continha cerca de 150 milhões de dólares em dinheiro e estava localizado numa casa de habitação, era controlado por um “emir financeiro” da zona sul de Mosul, que seria o principal distribuidor de dinheiro entre os militantes do Daesh na região.

Antes do ataque à habitação, os militares norte-americanos confirmaram que no seu interior se encontravam várias mulheres e  crianças.

Para realizar a operação militar sem causar vítimas civis, os norte-americanos usaram uma tática de ataque israelita, chamada “roof knock”.

A controversa tática consiste em disparar primeiro um míssil de aviso, para permitir que os civis abandonem o local, antes de lançar o verdadeiro ataque em força.

No entanto, apesar do “toque no telhado”, uma mulher morreu no ataque, ao decidir voltar a entrar no armazém no último instante antes do bombardeamento.

“Foi muito difícil para nós assistir, porque no último instante uma mulher voltou inesperadamente ao armazém, a poucos segundos do impacto”, explicou o general Gersten.

Nada podíamos fazer“, acrescentou.

A Força Aérea de Israel tem usado estes “toques no telhado” contra o Hamas na Faixa de Gaza desde 2014.

Mas a tática tem sido fortemente criticada por não evitar baixas civis, e uma comissão especial das Nações Unidas considerou em 2015 que o “roof knock” é pouco eficaz, por causar frequentemente confusão e dar pouco tempo aos civis para abandonar o local.

A Força Aérea norte-americana contabilizou até agora 41 vítimas civis desde o início da campanha de bombardeamentos aéreos de alvos jihadistas, que teve início em 2014,

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. E quantos civis eles matam nos atentados? Não defendo o “olho por olho”, mas 41 mortes de civis desde 2014 demonstram que existe preocupação de salvaguardar a população neste ataques. Infelizmente, acidentes acontecem.

  2. O Objectivo é destruir o armazem e o conteudo, não ceifar vidas (sejam elas de terroristas ou não…).

    Cumprimentos,

  3. Acho que o PENSADOR deveria ir lá para tal Estado Islâmico e tentar “vender” as suas teorias de BOMBOM DA PARÓQUIA!!!!

  4. Isto só vem confirmar que os infames do EI usam pessoas como escudos humanos! 41 mortos civis desde 2014, em situações de utilização de escudos humanos, parece-me um número – felizmente – baixo (idealmente deveria ser 0).

  5. Que pena pela morte de mais uma mulher que possivelmente seria uma possível terrorista armadilhada e pronta a matar dezenas ou centenas de inocentes.

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …