EUA admitem acelerar processo de autorização de futura vacina

The White House / Wikimedia

Stephen Hahn, diretor da Food and Drug Administration (FDA), com o Presidente dos EUA, Donald Trump

O diretor da Agência de Medicamentos dos Estados Unidos anunciou ser possível autorizar uma futura vacina contra a covid-19 sob procedimento de emergência, antes do fim dos ensaios clínicos que confirmam a sua segurança e eficácia.

Em entrevista ao Financial Times, o diretor da Food and Drug Administration (FDA), agência federal que supervisiona a comercialização de medicamentos nos Estados Unidos, disse que qualquer pedido de autorização terá de ser feito por quem está a desenvolver a vacina.

“Se eles fizerem isso antes do final da fase 3, podemos considerar isso apropriado, podemos achar inapropriado, faremos uma avaliação”, afirmou Stephen Hahn.

Ainda assim, Hahn defendeu-se da pressão do Presidente norte-americano, Donald Trump, para autorizar uma vacina antes das eleições Presidenciais de 3 de novembro, dizendo que vai ser uma “decisão baseada em ciência, medicina e dados, e não uma decisão política”.

Três fabricantes ocidentais de vacinas estão bem avançados e em fase 3 de testes clínicos, que vão incluir dezenas de milhares de participantes: a AstraZeneca (parceira da Universidade de Oxford), a Moderna (parceira dos institutos norte-americanos de Saúde) e a aliança Pfizer/BioNTech.

Porém, pela própria natureza desses ensaios, é difícil prever quando vão aparecer os primeiros resultados. Metade dos participantes recebe a vacina experimental e outra metade um placebo. O processo normal é que os responsáveis pelos testes clínicos esperam, possivelmente meses, para ver se aparece uma diferença estatisticamente significativa no número de pessoas infetadas com o vírus entre os dois grupos.

De acordo com Hahn, uma autorização de emergência pode ser concedida para uma determinada categoria de pessoas. “Uma autorização de urgência não é a mesma coisa que autorização completa”, afirmou.

O chefe da FDA é cada vez mais criticado pela comunidade médica e científica, que suspeita que se tenha curvado para satisfazer o Presidente norte-americano por causa de dois incidentes.

No final de março, a FDA autorizou a hidroxicloroquina como uma emergência para tratar os pacientes com covid-19, depois de o Presidente ter divulgado o medicamento, mas a autorização foi retirada, em junho, devido a efeitos colaterais negativos.

Depois, Hahn reconheceu ter errado novamente durante uma conferência de imprensa com Trump, ao anunciar a autorização urgente de plasma convalescente para pacientes com covid-19, depois de ter sobrestimado os benefícios do mesmo, alegando que o tratamento poderia salvar 35 em cada 100 pessoas, apesar do número mais provável ser de cerca de 5%.

“Apenas dois países deram autorização para uma vacina antes de evidências claras de segurança e eficácia: a Rússia e a China. Agora, Stephen Hahn deixou claro que pretende que os EUA sejam o terceiro. E este homem sem credibilidade diz que não está relacionado com a reeleição de Trump”, criticou no Twitter Eric Topol, diretor do Scripps Research Translational Institute.

“Acelerar qualquer processo de autorização de uma vacina SARS-CoV-2 é ultrajante, não importa o quão subserviente Stephen Hahn seja a Trump”, acrescentou.

Na passada quinta-feira, no último dia da Convenção Nacional Republicana, o Presidente republicano, que usou os jardins da Casa Branca para fazer o seu discurso de aceitação, prometeu uma vacina ainda este ano.

Os EUA são o país com mais mortos (182.785) e também o que tem mais casos de infeção confirmados (mais de 5,9 milhões).

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Lei do mercado faz preço da Pfizer disparar: custa agora quase 20 euros por dose

Boyko Borissov, primeiro-ministro da Bulgária, revelou no domingo que o preço unitário da vacina da Pfizer/BioNTech está a subir. Segundo o governante, estão a ser negociados contratos a um preço unitário de 19,5 euros. A notícia …

Um morto e vários feridos em tiroteio numa escola no Tennessee

Várias pessoas ficaram esta segunda-feira feridas após um tiroteio numa escola em Knoxville, cidade do Estado norte-americano do Tennessee. Uma pessoa morreu. “Há relatos de várias vítimas de disparos, incluindo um agente” na Austin-East Magnet …

Cientistas querem usar bombas nucleares para desviar asteróides (mas nem todas servem)

Os cientistas querem usar bombas para desviar asteróides que se aproximam perigosamente da Terra. Contudo, um novo estudo revelou que nem todas as bombas nucleares servem e é preciso escolher a correta. Uma colaboração entre o …

Astrónomos detetam ponte azul de estrelas (e está prestes a explodir)

Uma equipa de astrónomos descobriu uma nova região na Via Láctea repleta de estrelas azuis brilhantes e escaldantes que estão prestes a explodir. A equipa de cientistas estava a criar o mapa mais detalhado dos braços …

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …