“Eu sou o homem do poder local”. Morte de Almeida Henriques abre portas a Fernando Ruas em Viseu

A morte do presidente da Câmara de Viseu, António Almeida Henriques, que era também candidato do PSD à autarquia, abre as portas a Fernando Ruas, ex-autarca do município.

O presidente da Câmara de Viseu, António Almeida Henriques, morreu no domingo, vítima de covid-19, aos 59 anos. Internado há um mês no Centro Hospitalar Tondela-Viseu, Almeida Henriques não resistiu a uma infeção respiratória.

O autarca estava à frente da Câmara Municipal de Viseu há dois mandatos e foi um dos nomes anunciados pelo secretário-geral do PSD, José Silvano, para protagonizar uma nova candidatura à autarquia que se mantém em mãos sociais-democratas desde 1989.

Almeida Henriques, que era advogado, nasceu em Viseu, em maio de 1961. Sucedeu a Fernando Ruas, que ocupou o cargo durante 24 anos.

Em declarações ao Público, Fernando Ruas lamentou com “profundo pesar” a morte de Almeida Henriques e assinalou o facto de ter desaparecido no domingo de Páscoa, que deveria ser um dia de “exaltação da vida”.

Segundo o ex-presidente, o concelho perdeu a “pessoa mais importante” e sente uma “tristeza acrescida”. ”Almeida Henriques era um homem de família e, do ponto de vista político, uma pessoa de convicções que as defendia convictamente”, acrescentou.

Fernando Ruas recusou-se a abordar a possibilidade de vir a ser o candidato do PSD a Viseu. “Este é o momento de respeitar a memória do presidente da Câmara de Viseu”, disse, assinalando, por outro lado, que o “PSD é um partido com responsabilidade e que há-de, a nível local, arranjar sempre soluções”.

Contudo, segundo o matutino, dentro do partido, o nome de Fernando Ruas é visto como a solução natural. Na terça-feira, quando o estado de Almeida Henriques já era muito crítico, Fernando Ruas disse que “Almeida Henriques foi indicado pelo partido, não há outro candidato que não ele”.

“Viseu é a única capital de distrito do país que nunca foi governada pelo PS, pelo que o PSD tem a responsabilidade de apresentar um candidato forte naquilo que é a sua tradição”, declarou.

Apesar de estar afastado da vida autárquica, Ruas revelou a ambição de que o “PSD seja o maior partido do poder local”. “A marca, o bichinho do poder local fica sempre. Eu sou um homem do poder local”, rematou.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Iémen. Escassez de alimentos empurra 16 milhões de pessoas para a fome, revela ONU

Pelo menos 5 milhões de pessoas no Iémen estão à beira da fome e outros 16 milhões estão "a caminhar para a fome", num país dilacerado pela guerra civil. O Programa Mundial de Alimentos (WFP, na …

Presidente da Tunísia governará por decreto, ignorando partes da constituição

O Presidente da Tunísia, Kais Saied, declarou que governará por decreto e ignorará partes da constituição, enquanto se prepara para mudar o sistema político, gerando críticas imediatas da oposição. Desde 25 de julho, dia em que …

Alemanha deixa de pagar quarentena a trabalhadores não vacinados

A Alemanha vai deixar de indemnizar trabalhadores não vacinados que forem forçados a quarentena devido ao coronavírus, por ser "injusto pedir aos contribuintes que subsidiem aqueles que se recusam a ser vacinados", disse na quarta-feira …

Governo acaba com recomendação do teletrabalho

O Conselho de Ministros decidiu acabar com a recomendação da opção pelo teletrabalho e eliminar a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. Estas medidas integram a terceira e última fase do plano …

Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: "Portem-se bem"

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um "comportamento adequado" durante os jogos no Benito Villamarín. O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em …

Junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, diz especialista da ONU

A junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, incluindo crianças com 20 semanas de idade, segundo o relator especial da Organização das Nações Unidas (ONU) destacado para o país, …

Regiões portuguesas entre as que mais colocaram trabalhadores em teletrabalho

  Apesar dos números elevados registados em Portugal, futuro do modelo está ainda em aberto, face à preferência dos patrões em ter os funcionários a trabalhar em ambiente de escritório. De acordo com dados revelados pelo Eurostat, …

Reino Unido em choque. Sabina Nessa pode ter sido assassinada por um estranho ainda em liberdade

Sabina Nessa, de 28 anos, terá sido assassinada enquanto caminhava pelo Cator Park, no sudeste de Londres, na passada sexta-feira. O percurso da sua casa até a um bar ia demorar apenas cinco minutos, mas …

A corrida a secretário-geral da UGT terá dois candidatos

É a primeira vez que a corrida à liderança da UGT conta com dois candidatos: além de José Abraão, atual dirigente da Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap), Mário Mourão, presidente do Sindicato dos …

Colapso da Evergrande. China pede a governos regionais que se "preparem para a possível tempestade"

As autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais para se prepararem para um possível colapso da Evergrande. O The Wall Street Journal noticia, esta quinta-feira, que as autoridades chinesas estão a pedir aos governos regionais …