Estado gastou 7 milhões de euros em advogados por ajuste direto

Só nos primeiros seis meses deste ano, as entidades públicas gastaram mais de um milhão de euros por mês em contratos de serviços jurídicos por ajuste direto.

Na primeira metade do ano, o Estado português já firmou mais de centena e meia de contratos de serviços jurídicos por ajuste direto, com um custo somado de 6,99 milhões de euros. Segundo o levantamento feito pelo semanário Expresso, as entidades públicas estão a gastar, em média, mais de um milhão de euros por mês em advogados no privado.

Entre os contratos assinados, quase metade do total adjudicado foi um contrato do Banco de Portugal com o escritório Cuatrecasas, Gonçalves Pereira & Associados, no valor de 3 milhões de euros e com um prazo de execução de três anos. O matutino adverte, contudo, que pode haver muitos contratos que já foram assinados mas que ainda não foram publicados no portal da contratação pública.

O segundo maior contrato público de serviços jurídicos este ano foi para a Garrigues, que no primeiro mês do ano firmou um contrato de 290 mil euros com a empresa municipal Águas do Porto.

A terceira e a quarta maiores adjudicações foram as que o Banco de Portugal fez às sociedades Antas da Cunha e Pérez Llorca, nos montantes de 220 mil e de 150 mil euros, respetivamente.

Segundo o portal Base, na lista dos dez maiores ajustes diretos de assessoria jurídica, estão ainda os 149 mil euros de serviços contratados pelos município de Freixo de Espada-à-Cinta à Abecasis, Moura Marques e Associados; os 100 mil euros que as Finanças adjudicaram à Sérvulo para representar o Estado na compra do SIRESP; e os 95 mil euros que a Sérvulo ganhou junto da Autoridade Nacional da Proteção Civil.

O Expresso dá conta de que na lista dos dez maiores ajustes diretos em advogados figuram ainda a BAS, com um contrato de 90 mil euros da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, a sociedade Ferreira da Silva, que irá receber 75 mil euros da Águas de Coimbra; a Miranda & Associados, que obteve um contrato de 75 mil euros com a Imprensa Nacional Casa da Moeda; e a Sérvulo, igualmente com 75 mil euros mas do Governo da Região Autónoma da Madeira.

Normalmente, os valores publicitados são um teto máximo que as entidades públicas autorizam, pelo que o custo final dos serviços jurídicos pode revelar-se inferior ao anunciado no portal. Os valores inscritos têm diversos prazos de execução, que vão desde os 60 até aos 1095 dias.

Ainda assim, o número de contratos por ajuste direto que o Estado celebrou é inferior ao do ano passado. Na primeira metade de 2018, foram registados no portal Base 191 contratos de serviços jurídicos, no valor de 9,49 milhões de euros – mais de 1,5 milhões de euros por mês de custos.

O maior contrato jurídico do ano passado foi também realizado pelo Banco de Portugal ao escritório Vieira de Almeida, com um valor máximo de 4,85 milhões de euros num prazo de execução de três anos também.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. o que fazem os advogados da AP?
    se não são competentes para os cargos que ocupam porque não são dispensados?

    daria tb jeito saber quantos destes escritórios têm ligação com deputados na AR e outros srs em cargos da esfera pública.

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …