Se Marcelo decidir declarar estado de emergência, quase todos os partidos deverão apoiar

Mário Cruz / Lusa

Se o Presidente da República decidir declarar o estado de emergência, a medida deverá avançar com o apoio de quase todos os partidos.

No domingo, António Costa garantiu que o Governo “não colocaria qualquer tipo de reserva” quando Marcelo Rebelo de Sousa decidisse que o estado de emergência deve ser decretado e Rui Rio recorreu ao Twitter para reforçar a disponibilidade do PSD para apoiar o Executivo.

“O Governo continua a ter todo o nosso apoio, e mesmo incentivo, para escalar as medidas de combate ao Covid-19, incluindo a declaração do estado de emergência; sendo que o encerramento das fronteiras com a Espanha me parece muito urgente. Mais vale prevenir do que remediar”, escreveu o líder do PSD.

Da mesma forma, segundo o Expresso, Pedro Filipe Soares, líder parlamentar do Bloco de Esquerda, reconhece que não se pode excluir a possibilidade de se ter de decretar estado de emergência. “Não é algo que possamos excluir no futuro e esse, com a evolução rápida desta situação, pode ser já amanhã”, disse, manifestando o apoio do partido.

Na mesma linha, o PCP não criará obstáculos à decisão do Presidente. Em entrevista à RTP, Jerónimo de Sousa disse que esta “é uma situação de exceção”. “O nosso país, tal como outros, está a ser fustigado por esta doença. É preciso que quem tem a responsabilidade política, institucional e legal tenha como objetivo fundamental salvar a vida de muitos portugueses.”

Telmo Correia, líder parlamentar do CDS, critica o Governo por adotar medidas tardiamente, lembrando que os centristas “vêm há muito defendendo medidas mais restritivas, que o Governo só adota com dias, às vezes uma semana, de intervalo”.

Assim sendo, o CDS-PP apoiará o Governo se a decisão passar pela definição do estado de emergência. “Se a declaração do estado de emergência nacional tornar efetiva, entre outras medidas, a quarentena indispensável para travar o surto, o CDS votará a favor.”

Ao Expresso, Inês Sousa Real, líder parlamentar do PAN, admite que sejam restringidas liberdades e direitos dos cidadãos face à declaração do estado de emergência. “Não será pelo PAN que não será viabilizado.”

No sábado, também André Ventura, do Chega, defendeu que é vital controlar as fronteiras e “ponderar a aplicação de medidas de restrição de circulação em todo o território nacional, mesmo que para isso seja necessária a declaração de estado de emergência“.

Já a Iniciativa Liberal garante que não apoiará a declaração do estado de emergência se não clarificar exatamente porque é que os poderes das autoridades de segurança e da Proteção Civil, ao abrigo do estado de alerta, são insuficientes.

Segundo o Expresso, o partido de João Cotrim de Figueiredo abre, assim, a porta à abstenção. “A hipótese de declarar o estado de emergência é uma consequência direta da falta de coragem e competência, ao mais alto nível técnico e político, para tomar medidas eficazes a tempo e dos dias de indecisão em que a comunicação aos portugueses foi desastrosa.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Curva em Itália parece estar a aplanar. Confirmado primeiro caso num campo de refugiados grego

A Itália registou mais 4.053 casos positivos e mais 837 mortes em 24 horas, valores semelhantes aos de segunda-feira e que sugerem que a curva da covid-19 parede estar a estabilizar. De acordo com o Observador, …

Há mais de 8 mil infetados e 187 mortes por covid-19 em Portugal

Há mais 27 mortes em relação a terça-feira, aumentando o número total de óbitos para 87. O número de casos confirmados em Portugal já ascende as 8 mil pessoas. O boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da …

Há falhas no sistema que regista casos de covid-19. A "esmagadora maioria" não vai ser notificada

O sistema que regista os casos de covid-19 em Portugal é "um pesadelo burocrático", denunciam os infecciologistas. A "esmagadora maioria" dos casos vai acabar por não ser notificada, acrescentam. O problema tornou-se público quando a Direção-Geral …

Mais de 3600 empresas já pediram acesso ao lay-off simplificado

O Governo já recebeu 3600 pedidos de empresas para aderirem ao regime lay-off lançado na semana passada, disse, esta terça-feira, a ministra do Trabalho e da Segurança Social. Ana Mendes Godinho, que falava aos jornalistas no …

Em tempos de crise, os emprestados podem ser a solução do Benfica

Bruno Varela, Cristián Lema, Filip Krovinovic, Gedson Fernandes e Diogo Gonçalves são hipóteses que Bruno Lage tem a seu dispor para regressar dos empréstimos. A suspensão das competições desportivas deixa muitos clubes entre a espada e …

Trump muda de discurso. Próximas duas semanas serão "dolorosas" e podem morrer 100 mil pessoas

Esta terça-feira, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou ao país com um discurso mudado, mais pessimista e alarmista. Com o número de doentes infetados com covid-19 nos Estados Unidos a superar os 187 mil …

Autódromo do Algarve já pode receber corridas de Fórmula 1

Pista de Portimão deverá receber ainda este ano testes privados de uma das equipas do pelotão da Fórmula 1 e pretende candidatar-se a receber os testes de inverno a partir de 2021. O Autódromo Internacional do …

Medidas de contenção já salvaram 120 mil pessoas na Europa

As medidas de contenção adotadas por vários países europeus salvaram a vida de cerca de 120 mil pessoas na Europa, revela um novo relatório de investigadores britânicos. Um estudo do Imperial College London revela que as …

Ronaldo pode regressar a Manchester. PSG também está na corrida

O Manchester United pondera trazer Cristiano Ronaldo de volta ao clube. O internacional português também está a ser seguido atentamente pelo Paris Saint-Germain. Com a Juventus a enfrentar problemas financeiros devido à pandemia de covid-19, o …

Presidente da República prepara-se para renovar estado de emergência

O Presidente da República decide, esta quarta-feira, sobre o prolongamento do estado de emergência por novo período de 15 dias, com parecer do Governo que reunirá o Conselho de Ministros para esse efeito. A reunião do …