“Está para vir o primeiro Governo PSD/CDS com melhor défice e menor dívida”

António Cotrim / Lusa

O secretário de Estados dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos

Após apresentar as linhas gerais para o próximo Orçamento de Estado (OE) aos partidos, o secretário de Estados dos Assuntos Parlamentares mostrou-se confiante com a proposta, afirmando que está para vir o primeiro Governo PSD/CDS com melhor execução orçamental.

Pedro Nuno Santos confirmou nesta terça-feira que será inscrita uma meta de défice de 0,2% no Orçamento para 2019 e afirmou – de forma vitoriosa – que está para vir o primeiro Governo PSD/CDS com melhor resultado no défice.

O secretário de falava aos jornalistas na Assembleia da República, após ter apresentado às forças políticas com representação parlamentar, em conjunto com o ministro das Finanças, Mário Centeno, as principais linhas da proposta do Governo de OE para 2019.

“Este Governo investiu no Estado social, melhorou rendimentos e tem bons resultados na dívida e no défice. Está para vir o primeiro Governo do PSD e do CDS-PP que tenha melhores resultados do que nós em matéria de défice orçamental”, declarou.

Perante os jornalistas, Pedro Nuno Santos aludiu também à meta da dívida pública, criticando então o anterior executivo por ter aumentado a dívida ao longo do período em que esteve em funções (2011/2015).

Interrogado se já tem a garantia política de que Bloco de Esquerda, PCP e PEV vão aprovar na generalidade a proposta de Orçamento proveniente do Governo minoritário socialista, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares recusou-se a dar certezas.

“Só posso garantir que Governo, PS e restantes grupos parlamentares que compõem esta maioria estão a trabalhar – e trabalharão até ao último minuto – para que se consiga aprovar um bom Orçamento”, respondeu.

Neste ponto, Pedro Nuno Santos considerou que as negociações “são sempre muito difíceis e duras, porque cada um tenta convencer o outro em relação às suas posições”.

“Todos os partidos que compõem esta maioria trabalham a sério para que haja um bom Orçamento. Estamos a trabalhar neste espírito“, limitou-se a acrescentar.

Pela parte do Governo, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentar defendeu que os orçamentos apresentados por este executivo “refletem na vida dos portugueses a melhoria da atividade económica”.

“Este é o último de quatro orçamentos do Estado que tem permitido uma melhoria das condições económicas e sociais existentes no país. Ao longo desta trajetória, que já vai para o quarto ano, temos melhorado a vida dos portugueses“.

Pedro Nuno Santos disse ainda encarar “com surpresa uma preocupação”, que atribuiu ao PSD e CDS-PP, no sentido de que o Orçamento do Estado para 2019 “possa ser bom”.

“Os nossos orçamentos têm sido sempre bons e não é por este ser o último que passaria a ser mau. Fazemos um esforço permanente para que, dentro das condições económicas do país, possamos refletir as melhorias na vida das pessoas”, acrescentou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Ora, ora… este governo não fez nada de especial, tal como o não faria um de direita. Acho que a geringonça apenas devolveu mais rapidamente os rendimentos que tinham sido retirados no tempo de Sócrates e continuados por Passos Coelho.
    Quanto ao resto estamos mais ou menos na mesma, pobres como dantes. Os funcionários públicos e os privados ganham o mesmo ou menos que há dez, quinze anos. E é ver quanto custa mais hoje uma casa, uma renda ou uma viagem de autocarro.
    Não vale a pena iludirmo-nos, não há milagres, nem políticos milagreiros. Para melhorarmos a situação económica só temos de fazer três coisas: produzir mais, poupar mais e investir mais. Em Portugal, fazer isto e fazê-lo em simultâneo é uma missão quase impossível. O PS e o PSD que digam o que quiserem.

    • Que grande coisa ! Eu queria ver é este indiano a governar o país falido e hipotecado à troika. Com a bancarrota Sócrates quem teve que se ver foi o povo português e estes miseráveis ainda têm o descaramento de fazer comparações com os tempos difíceis do anterior mandato. Aí é que eu o queria ver governar. Hoje não tem nada a ver com os tempos difíceis anteriores. Hoje são tempos de vacas gordas e, mesmo assim o indiano tem o país esmagado nos seus ministérios mais importantes. Se a coisa resvala em termos de economia, não sei aonde vamos parar com este artolas ao comando do país.

    • Para melhorarmos a situação económica só temos de fazer três coisas: produzir mais, poupar mais e investir mais E ROUBAR MENOS. Isto aplica-se a qualquer partido.

  2. O que o rapaz quis dizer foi:
    Sem ser o PS está para vir um governo que meta Portugal à beira da banca rota e sob a alçada do FMI.
    E este PS já o conseguiu fazer 2 vezes e vai conseguir novamente.
    Depois venha um Governo para meter a escrita em dia.

  3. Estao a ver o que se passa no Brasil com o socialismo-comunismo? Os 1ºs anos do Lula também parecia que a economia estava em expansão.
    A mama do crescimento do turismo já vai acabar

  4. Pois não é que o rapazito além de fraca memória, até tem razão!
    Tem falta de memória porque esse governo já cá esteve, foi o último. Conseguiu com uma Europa, virada ao avesso, transformar um País deixado na bancarrota pelo governo deste convencido, baixar o deficit de 11% para 3%. Este Governo em clima extremamente favorável, conseguiu em igual período, reduzir dos 3% para 1% com um brutal aumento da carga fiscal. Alguém está encandeado com a escuridão!
    E tem razão, porque esse Governo, provavelmente com Aliança, irá voltar nas próximas eleições.

  5. Nao seja mentiroso descarado menino pedrinho… O Zé Tuga nao é assim tao ignorante como pensa.
    Quando sairem do poleiro e largarem a gamela, veremos o que meteram debaixo do tapete e da carpete.
    Socialismo é a pior doenca que pais pode contrair.

  6. CATIVAÇÕES…CATIVAÇÕES…ilusões e mais ilusões…redução dos serviços públicos e pior serviços públicos…isto não é governação…pagar impostos para ter serviços e os serviços são diminuídos, com pior qualidade…

  7. Comentarios cheios de ódio, parciais, nojentos,fascistas, inqualificáveis.
    O pais pode não estar otimo, mas esta muito melhor, em todos os aspetos-
    Desemprego, salários, segurança social, juros do país vida das famílias,
    SNS, felicidade das famílias de mais baixos rendimentos, bem estar das
    famílias, poder de compra, reversão
    de congelamentos.
    Qualquer individuo intelectualmente
    serio o reconhece.
    Cegos e os que não querem ver fazem comentários desses, mas
    Os cães ladram e a caravana passa”

RESPONDER

Computador quântico ajuda a criar um computador quântico melhor

Um computador quântico foi usado para projetar um qubit aprimorado que poderá alimentar a próxima geração de computadores quânticos mais pequenos, de alto desempenho e mais confiáveis. Da mesma forma que um bit binário é a …

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …