Espanhol que ajudou mulher a morrer poderá ser julgado por violência doméstica

(cv) Youtube

O Tribunal de Madrid que recebeu processo da morte de María José Carrasco, doente terminal que teve ajuda do marido para pôr termo à vida, entende que o caso se enquadra num crime de violência doméstica.

A decisão tem por base uma sentença recente do Supremo Tribunal que define que qualquer ato violento contra uma mulher por parte do seu companheiro deve ser enquadrado como violência doméstica, escreve o El País.

“Acho esta situação um insulto“, reagiu Ángel Hernández. “Tenho tido muita calma e assumo tudo o que tiver de assumir por ter ajudado a minha mulher a terminar com o seu sofrimento, mas dizerem que cometi violência contra ela não admito”, frisou.

María José Carrasco, 61 anos, sofria de esclerose múltipla há 30 anos. O marido, Ángel Hernández, de 70 anos, era quem a ajudava a sobreviver, pois já mal via ou ouvia e só se movimentava ao colo dele, num dia a dia em que a sua condição de saúde se degenerava.

Ángel cumpriu o desejo há muito manifestado pela mulher de pôr termo à sua vida e à dor de ambos. María José e Ángel registaram a tudo em vídeo. Despediram-se e ele contou o que se passara aos elementos da emergência médica. Foi detido – o primeiro em Espanha por cooperação ao suicídio. Libertado depois, aguarda julgamento em liberdade.

Na declaração do titular do Tribunal de Instrução número 25 de Madrid, que recebeu o processo de Ángel, lê-se que a competência deste caso é de um tribunal de violência contra a mulher.

Depois de referir que os factos investigados “podem encaixar num delito de cooperação ao suicídio”, recorda a sentença do Supremo de 20 de dezembro de 2018 que estabelece que qualquer ato de violência que exerça o homem sobre a mulher no âmbito da relação afetiva do casal é considerado violência de género, “independentemente da motivação ou da intenção”. Com base nesta definição, entende não ter competência para julgar o caso e remete-o para um tribunal de violência contra a mulher.

“Não se pode considerar que o que Ángel fez foi um ato contra ela. Muito pelo contrário. Seguiu os desejos da sua esposa“, defende Olatz Alberdi, advogada do madrileno, frisando que no vídeo gravado por ambos María José afirma claramente que o seu desejo é morrer. A advogada anunciou que vai recorrer da decisão.

A detenção e posterior libertação de Ángel Hernandez levou o debate sobre a eutanásia a entrar na pré-campanha eleitoral em Espanha.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Alunos do ensino profissional vão poder entrar no ensino superior sem exames nacionais

Os estudantes que terminem um curso profissional ou artístico terão melhores condições de acesso ao ensino superior já no próximo ano. O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, anunciou esta quarta-feira que os …

Trump indulta ex-governador que tentou "vender" lugar de Obama no Senado

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, indultou na terça-feira o ex-governador de Illinois Rod Blagojevich, preso por corrupção após ser considerado culpado de tentar "vender" o lugar de Barack Obama no Senado, depois …

"Toca a reunir" no PS para aprovar eutanásia (e 6 médicos admitem que já a praticaram)

O PS está a mobilizar os seus deputados no sentido de garantir que, desta feita, a eutanásia passará no Parlamento. Tudo indica que venha a ser aprovada numa altura em que os médicos estão divididos …

CP está a escapar à multas por falhas nos serviços

A CP - Comboios de Portugal está a escapar às multas por falhas nos serviços, como atrasos e supressões de comboios, porque ainda não entrou em vigor o contrato de serviço público assinado com o …

Alegadas agressões a Taarabt valem processos a Marega e Pepe

A Comissão de Disciplina da FPF abriu processos disciplinares a Moussa Marega e Pepe devido a alegadas agressões sobre Taarabt, no jogo com o Benfica. Os jogadores do FC Porto Moussa Marega e Pepe vão ser …

Costa arrasa proposta "forreta" de orçamento europeu

A proposta de quadro financeiro plurianual para 2021-2027 do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, vai morrer na praia. António Costa diz que os líderes europeus não devem ceder à pressão dos quatro países “forretas”. "Esta …

Malásia suspeita que desaparecimento do voo MH370 foi ataque suicida

O ex-primeiro ministro australiano Tony Abbott disse que altos responsáveis do governo da Malásia suspeitam há muito tempo que o desaparecimento do avião da Malasian Airlines, há quase seis anos, tenha sido um ataque suicida …

Champions. O viking norueguês, a revolta de Neymar e a lição tática do "Cholismo"

Haaland foi a estrela da noite ao marcar os dois golos da vitória do Dortmund frente ao PSG. O Atlético de Madrid conseguiu ainda quebrar a invencibilidade do Liverpool. A Liga dos Campeões está de volta …

Auditoria ao Novo Banco vai custar três milhões. É o triplo do que custou a da CGD

A auditoria especial da Deloitte ao Novo Banco vai custar cerca de três milhões de euros, segundo avança o jornal ECO. Este valor é três vezes superior ao custo da auditoria da EY à Caixa …

Passos Coelho ataca falhas de Costa (e revela que segurou Maria Luís)

O antigo primeiro-ministro Passos Coelho esteve na apresentação do livro de Carlos Moedas no El Corte Inglés, onde aproveitou para criticar António Costa. Passos preferiu falar do passado, lembrando o momento em que esteve perto …