Parlamento espanhol prolonga estado de emergência por mais seis meses

Alberto Morante / EPA

O parlamento espanhol aprovou hoje em Madrid a prorrogação do estado de emergência para lutar contra a pandemia de covid-19 durante seis meses, até 09 de maio de 2021.

A medida que já está em vigor, mas que o Governo só pode decretar durante duas semanas a partir do último sábado, foi aprovada por uma maioria confortável de 194 votos a favor, 53 contra e a abstenção de 99 deputados.

Os partidos que apoiam o Governo, Partido Socialista (PSOE) e Unidas Podemos (extrema-esquerda), tiveram o apoio do Cidadãos (direita-liberal) e a quase totalidade de outras pequenas formações regionais, nacionalistas e independentistas.

A maior formação da oposição, o Partido Popular – direita, segundo maior partido – absteve-se e o Vox – extrema-direita, terceiro maior partido – votou contra.

Ainda hoje, o Governo regional de Madrid decidiu confinar a população da região nos próximos dois fins de semana, que são prolongados até segunda-feira devido a dois feriados, como forma de luta contra a pandemia de Covid-19.

A presidente desta comunidade autónoma espanhola que tem 6,7 milhões de habitantes, Isabel Díaz Ayuso, defendeu que queria “fechar” a região “apenas os dias imprescindíveis” para impedir a habitual deslocação de milhões de madrilenos nestas ocasiões.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Petição para cancelar Jogos Olímpicos conta já com 200 mil assinaturas

Uma petição 'online' a pedir o cancelamento dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 devido à pandemia da covid-19 ultrapassou esta sexta-feira as 200 mil assinaturas, avançou a agência Lusa. A campanha, lançada na quarta-feira pelo advogado e ativista …

“Não queremos estragar a nossa joia da coroa“. Governo pode limitar acesso da Peneda-Gerês

O Secretário de Estado da Conservação da Natureza concorda com os autarcas, sobre o impacto positivo do turismo para as populações, mas nota que o sucesso do PNPG não pode pôr em causa os valores …

Fome e seca levam milhares de angolanos a fugirem para a Namíbia

A fome provocada pela seca extrema na província de Cunene, no sul de Angola, está a levar milhares de pessoas a fugir para a Namíbia. "A estiagem provocou a rutura de 'stocks' alimentares das comunidades e …

Governo britânico confirma Portugal na “lista verde” de viagens. Preço das viagens disparou

Portugal vai estar na “lista verde” de países considerados seguros para viajar e isentos de quarentena na chegada a Inglaterra a partir de 17 de maio, anunciou hoje o ministro dos Transportes britânico, Grant Shapps. Portugal …

Nova Zelândia vai proteger fiorde emblemático de turismo de massas

O Governo da Nova Zelândia anunciou que vai proteger do turismo de massas a paisagem natural do icónico fiorde Milford Sound-Piopiotahi, património mundial na ilha do Sul. O turismo em Milford Sound-Piopiotahi, considerado um dos principais …

Autárquicas são ensaio para o CDS. Nas legislativas, partido pode ser o "PEV do PSD"

Com o CDS a afundar nas sondagens, as legislativas já estão no campo de visão. As autárquicas que se avizinham vão ser um ensaio para os centristas: e se uns dizem que não, os críticos …

“O cenário é caótico“. Greve do SEF provoca ajuntamentos no Aeroporto de Lisboa e Porto

A greve convocada pelo sindicato do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) a decorrer esta sexta-feira está a provocar grandes ajuntamentos nos principais aeroportos do país. A greve de inspetores e funcionários do Serviço de Estrangeiros …

TAP no fim da lista de credores em caso de insolvência da Groundforce

A tensão entre a companhia aérea e a empresa de handling voltou a colocar o cenário de insolvência em cima da mesa. Mas isso pode vir a revelar-se um "calvário" para a TAP. De acordo com …

Governo propõe juízes diferentes nas fases de inquérito e instrução

O Governo enviou uma proposta de lei enviada ao Parlamento que prevê que o magistrado que acompanha uma investigação não possa continuar a intervir no processo após a acusação. O objetivo do Governo, de acordo com …

Alemanha vai vacinar todos os jovens maiores de 12 anos até final de agosto

A Alemanha pretende vacinar contra a covid-19 todos os adolescentes maiores de 12 anos até ao fim de agosto, embora dependa da "luz verde" da Agência Europeia do Medicamento (EMA) para essa faixa etária, disse …