/

Parlamento espanhol prolonga estado de emergência por mais seis meses

Alberto Morante / EPA

O parlamento espanhol aprovou hoje em Madrid a prorrogação do estado de emergência para lutar contra a pandemia de covid-19 durante seis meses, até 09 de maio de 2021.

A medida que já está em vigor, mas que o Governo só pode decretar durante duas semanas a partir do último sábado, foi aprovada por uma maioria confortável de 194 votos a favor, 53 contra e a abstenção de 99 deputados.

Os partidos que apoiam o Governo, Partido Socialista (PSOE) e Unidas Podemos (extrema-esquerda), tiveram o apoio do Cidadãos (direita-liberal) e a quase totalidade de outras pequenas formações regionais, nacionalistas e independentistas.

A maior formação da oposição, o Partido Popular – direita, segundo maior partido – absteve-se e o Vox – extrema-direita, terceiro maior partido – votou contra.

Ainda hoje, o Governo regional de Madrid decidiu confinar a população da região nos próximos dois fins de semana, que são prolongados até segunda-feira devido a dois feriados, como forma de luta contra a pandemia de Covid-19.

A presidente desta comunidade autónoma espanhola que tem 6,7 milhões de habitantes, Isabel Díaz Ayuso, defendeu que queria “fechar” a região “apenas os dias imprescindíveis” para impedir a habitual deslocação de milhões de madrilenos nestas ocasiões.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.