Há escolas sem intervalos ao ar livre devido à covid-19

Rodrigo Antunes / Lusa

Há escolas que estão a proibir os alunos de passarem os intervalos ao ar livre por receio de contágio do novo coronavírus. O pediatra Hugo Rodrigues considera que “é um perfeito disparate”.

Como tal, os estudantes são obrigados a ficar dentro das salas de aula ou nos corredores. Alguns chegam a estar mais de cinco horas sem sair do interior da escola, avança o Expresso.

“Estamos fechados entre as 8h15 e as 13h30. No máximo podemos estar à janela ou à porta durante os intervalos. Sentimos alguma falta de liberdade por não podermos sair, como acontece noutras escolas”, disse um aluno da Escola Secundária Padre António Vieira, em Lisboa.

Também os pais mostram o seu descontentamento com a situação: “Todos concordam com o uso da máscara na sala, mas preocupa o facto de não serem assegurados pequenos intervalos para os miúdos poderem irem ao ar livre respirar. Mais de cinco horas dentro de uma sala, sempre de máscara colocada, é stressante para eles. Estão cientes dos riscos, mas sentem necessidade de pequenas pausas”.

Enquanto isso, há vários ajuntamentos de alunos do lado de fora do portão da escola. “É como se a escola os quisesse proteger dentro das instalações, mas do portão para fora já não tem qualquer responsabilidade”, disse uma mãe ouvida pelo Expresso.

A diretora do Agrupamento de Escolas de Alvalade, Dulce Chagas, defende que o objetivo é proteger os alunos de possíveis contágios. “Não tenho queixas de alunos, nem tenho conhecimento de problemas disciplinares. Não os vejo tristes por causa disto. Lá dentro podem ter tempo para conversar com os colegas”, salientou.

Outras escolas tomaram medidas semelhantes por serem de pequena dimensão. “Nos intervalos, os estudantes não podem sequer sair do lugar por receio de contagiarem os colegas. E só podem tirar a máscara para comer”, conta o encarregado de educação de um aluno de uma escola minhota.

O pediatra Hugo Rodrigues considera que “é um perfeito disparate” os alunos não poderem sair da sala de aulas no intervalo. Aliás, lembra ainda que o risco de contágio dentro da sala é muito maior do que no recreio.

Filinto Lima, presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas, apenas prevê esta hipótese quando as próprias condições deste estabelecimentos de ensino não permitam outra alternativa.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Em qualquer prisão do país, os presos têm mais tempo de recreio do que os alunas das escolas. De facto,em 5 horas de aulas, os alunos têm apenas 15minutos de intervalo, em comparação com os presos que em 8h têm 1horas de recreio no páteo.
    Quem é afinal o preso?! E nas prisões também existe COVID19 e a probabilidade de apanhar é a mesma.

RESPONDER

Juno fez a maior aproximação a Ganimedes das duas últimas décadas (e as imagens são de cortar a respiração)

A NASA divulgou, recentemente, um vídeo da sonda Juno a passar por Júpiter e Ganimedes, uma das suas luas. As imagens são de cortar a respiração. Juno visitou Ganimedes em junho. As imagens foram captadas no …

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …