Elon Musk diz que a Neuralink vai transmitir música diretamente para o cérebro

Neuralink

A misteriosa tecnologia Neuralink de Elon Musk está a trabalhar numa interface cérebro-computador que permitirá aos utilizadores transmitir música diretamente para o cérebro.

O empresário norte-americano, que também é fundador da SpaceX e da Tesla, deverá revelar novas informações sobre a misteriosa startup Neuralink no próximo mês, mas tem divulgado detalhes no Twitter nos últimos dias.

De acordo com o jornal britânico The Independent, Elon Musk confirmou que a tecnologia da Neuralink permitirá que as pessoas “ouçam música diretamente dos nossos chips”.

Alguns altifalantes de alta tecnologia prometeram transmitir música “diretamente para o cérebro” e conseguem-no ao enviar vibrações para o crânio – não estimulando os neurónios do cérebro.

Musk avançou ainda que a Neuralink “poderia ajudar a controlar os níveis hormonais e usá-los para nosso proveito (habilidades e raciocínio aprimorados, alívio da ansiedade, etc)”.

Desde a sua fundação em 2016, a Neuralink realizou apenas uma grande apresentação pública sobre como a tecnologia vai funcionar. Em 2019, Musk disse que a empresa estava a trabalhar num dispositivo “semelhante a uma máquina de costura” que forneceria uma ligação direta entre um computador e um chip inserido no cérebro.

A função dos sensores é recolher a informação e enviar para o chip, que servirá como recetor, na superfície do crânio. A partir daí, passará a comunicar com dispositivos no exterior, colocados atrás da orelha e alimentados por uma bateria, via Bluetooth. Nesta fase ainda estão a ser criados orifícios com brocas mas, no futuro, o método poderá passar pela utilização de laser.

A tecnologia poderia ser usada para ajudar pessoas que sofrem de doenças cerebrais como Parkinson. No entanto, o objetivo final da Neuralink é permitir que os humanos venham a competir com a inteligência artificial avançada.

O processo de instalação do chip será semelhante à cirurgia ocular a laser Lasik. Uma parte dele envolverá um robô neurocirúrgico, que encaixa “fios” flexíveis no cérebro ligado a um minúsculo chip de computador implantável. Um único cabo USB-C fornecerá “fluxo de dados de largura de banda total” ao cérebro.

Em maio, Musk disse que a Neuralink pode tornar a linguagem humana obsoleta em entre 5 a 10 anos. No início de julho, o empresário sugeriu que o chip da Neuralink será capaz de curar a depressão e o vício “treinando” as partes do cérebro responsáveis por essas tribulações.

Já foram realizados testes em animais e os testes em humanos foram originalmente agendados para este ano, embora os detalhes ainda não tenham sido divulgados.

A Neuralink nasceu em 2016 como uma empresa de investigação médica na Califórnia e já angariou mais de 150 milhões de investidores, cerca de 100 milhões diretamente do seu CEO Elon Musk, e pretende no futuro oferecer melhorias cibernéticas às pessoas. Elon Musk anunciou que a Neuralink lançará uma atualização sobre o seu progresso em 28 de agosto.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Capital das tempestades, Júpiter tem relâmpagos bizarros e chuva "mole" nunca antes vista

Com tempestades constantemente a devastar a sua superfície e uma Grande Mancha Vermelha que se agita há séculos, Júpiter é conhecido como a "capital das tempestades do Sistema Solar". Agora, a missão Juno, da NASA, …

Metro de Nova Iorque pede à Apple para melhorar sistema de reconhecimento facial

A autoridade que gere o metro de Nova Iorque, nos Estados Unidos, pediu à gigante tecnológica Apple para melhorar o reconhecimento facial dos seus dispositivos depois de serem observados vários passageiros a retirar a máscara …

Rival da Tesla diz que o seu carro terá uma autonomia de 832 quilómetros

A empresa Lucid Motors, concorrente direta da Tesla no mercado automóvel elétrico, afirma que o seu carro Air terá uma autonomia de 832 quilómetros. A confirmar-se a autonomia deste carro, o automóvel da Lucid Motors ultrapassará …

Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Atalanta 1-2 PSG | Reviravolta épica vale bilhete para as “meias”

Um final impróprio para cardíacos e o epílogo perfeito num excelente jogo. O PSG esteve a perder desde o minuto 27, mas em apenas três minutos dos descontos deu a volta ao texto diante da …

Um emblemático transplante nos EUA aconteceu graças a um coração "roubado"

Um dos primeiros transplantes de coração realizados no mundo aconteceu no Estados Unidos. O que muitos não sabem é que este caso de sucesso também deu aso ao primeiro processo civil no país por homicídio …

"Pandemia de sem-abrigo" nos EUA. Há 30 milhões de pessoas sob risco de despejo

Nos Estados Unidos da América avizinha-se uma "pandemia de sem-abrigo". Até ao final de setembro, 30 milhões de norte-americanos estão em risco de despejo devido à covid-19. Nos Estados Unidos, a pandemia de covid-19 pode estar …

Tráfego nas autoestradas cai para quase metade. Foi o pior trimestre de sempre

A rede da Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagens (APCAP) registou de abril a junho "o pior trimestre de circulação e tráfego médio desde que há registos", recuando 46% devido …

Bielorrússia cortou acesso à internet e tentou fazer com que parecesse um acidente

No seguimento da reeleição de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia, multiplicam-se os apagões de internet. O Governo diz que se trata de um ataque cibernético, mas há suspeitas de que seja um plano do presidente. Os protestos …

Resgatados 28 cães sem registo ou vacinas de barracões onde também vivia a proprietária em Lisboa

Vinte e oito cães foram retirados pela PSP terça-feira de barracões em Lisboa onde também vivia a proprietária, avança a agência Lusa, detalhando que os animais serão depois colocados para adoção.  Os animais foram posteriormente recolhidos …