Elon Musk diz que a Neuralink vai conseguir curar o autismo

Bret Hartman, TED / Flickr

Elon Musk, CEO da Tesla, SpaceX e Neuralink.

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria “solucionar uma série de doenças neurológicas”, entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do desenvolvimento.

Em conversa num podcast em torno da discussão sobre Inteligência Artificial (IA), o CEO da Neuralink, Elon Musk, afirmou erroneamente que a sua empresa será capaz de curar distúrbios neurológicos como a esquizofrenia e o Alzheimer, além de “curar o autismo”. Porém, esta última trata-se de um erro do executivo, já que o autismo não é exatamente um problema neurológico, mas sim uma perturbação do desenvolvimento.

A Neuralink, de Elon Musk, é uma empresa que faz investigação com tecnologias que estabeleçam interfaces entre o cérebro e o computador. As afirmações de Musk podem ser consideradas uma expectativa do CEO para os futuros desenvolvimentos da empresa, já que, atualmente, a Neuralink não tem um “produto” em si, ao contrário da SpaceX, Boring Company e Tesla — outras empresas chefiadas por Musk.

“A Neuralink, acho eu, vai primeiro solucionar uma série de doenças neurológicas“, disse Musk no podcast apresentado por Lex Fridman. “Poderá ser qualquer coisa, desde autismo, esquizofrenia, perda de memória — do tipo que todos têm quando chegam a uma certa idade. Pais que não se lembram dos nomes dos filhos, coisas desse tipo”.

Devido à afirmação equivocada sobre o autismo, as palavras de Musk acabaram por soar desconexas. Como não ofereceu mais detalhes, das duas, uma: ou não entende o que é o autismo, ou estava apenas a elaborar possibilidades futuras relacionadas com as capacidades da sua empresa e acabou por se expressar mal.

Segundo a definição de autismo da Organização Mundial da Saúde, trata-se de uma “perturbação caracterizada pelas dificuldades na interação social e comunicação aliada a um interesse repetitivo em determinadas atividades”.

A organização indica ainda que não se trata de uma dificuldade que ofereça “cura”, nem tampouco tenha que ser curada. Por isso, não há um “tratamento” em si, no sentido clínico da palavra, mas sintomas decorrentes do autismo em alguns casos, como depressão ou variações de humor, podem ser minimizados por alguns tipos de medicamentos e terapias comportamentais.

ZAP // Canaltech

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O autismo está associado a problemas neurológicos. Na fase de construção do tecido cerebral é que se dá o problema ou a falha que leva ás doenças do espectro do autismo. Negar este facto é a mesma coisa que dizer que a terra é plana. Claro que a OMS é a desgraça que se vê…e nota-se nestas e noutras tomadas de posição dogmáticas e de retrocesso científico.
    Não saberemos de que forma é que o Neuralink irá incidir na mudança de troca sináptica neuronal, mas sendo uma nova abordagem e uma réstia de esperança no tratamento do problema do autismo, é óbvio que se trata de algo bom e bastante ambicionado por quem lida com estes problemas, sejam os doentes ou os familiares.

RESPONDER

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …

Sete detidos em operação na Quinta da Fonte ficam em prisão preventiva

Os sete homens que foram detidos numa operação policial no bairro da Quinta da Fonte, em Loures, na segunda-feira, ficaram em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa, revelou à agência Lusa a Polícia …

O parasita da malária tem o seu próprio relógio interno

Um novo estudo acaba de revelar que, mesmo quando cultivados fora do corpo, os parasitas da malária conseguem manter o seu ritmo. Quando uma pessoa contrai malária, acontece uma dança rítmica dentro do corpo. Os sinais …