Novos modelos de carros elétricos vão triplicar. Produção em Portugal “será praticamente inexistente”

O número de modelos de veículos elétricos irá triplicar no mercado europeu até 2021, mas a produção destes veículos em Portugal será praticamente inexistente até 2025, indica um estudo da Federação Europeia dos Transportes e Ambiente (T&E).

No final de 2018 estavam disponíveis 60 modelos de veículos elétricos, mas em 2021 este número deverá ascender aos 214, segundo conclui o estudo da T&E, da qual a ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável é membro.

A conclusão surge a partir dos dados da IHS Markit para o mercado automóvel que dão conta que a maioria dos fabricantes de automóveis está preparada para apostar na mobilidade elétrica.

Os planos de produção permitem ainda perceber que os fabricantes vão desenvolver para o mercado europeu 92 novos modelos 100% elétricos e b118 modelos híbridos “plug-in” em 2021, cujas vendas irão permitir atingir o limite de emissões de CO2 da União Europeia que foram definidos para esse ano.

O estudo assinala ainda que a informação disponível permite concluir que a produção de veículos elétricos irá aumentar de forma substancial, substituindo a produção daqueles que são movidos a gasóleo.

Ao mesmo tempo, estima-se que até 2023 entrem em operação 16 fábricas de produção de baterias de iões de lítio em grande escala.

Portugal fora dos planos

Relativamente a Portugal, os dados da IHS Markit que serviram de base a este estudo indicam que, por cá, até 2023 apenas irão ser produzidos automóveis com motores de combustão interna.

“Em 2024, de acordo com a expectativa presente na informação revelada pela Volkswagen, 5% dos veículos produzidos no nosso país serão veículos automóveis híbridos plug-in mas nenhum será integralmente elétrico”, refere o comunicado da associação ambientalista ZERO sobre este estudo enviado à agência Lusa.

Em média, entre 2019 e 2025 espera-se que Portugal produza entre dois a seis veículos elétricos por cada mil habitantes. “Um valor baixo comparativamente com outros países”, assinala a ZERO no comunicado, no qual lembra que Portugal ocupou em 2018 o 4º lugar europeu nas vendas de veículos elétricos.

Atualmente, os carros 100% elétricos representam 3% da quota do mercado nacional, sendo a quota de 9,4% se se considerarem os veículos alternativos.

Para a ZERO é necessário acelerar a descarbonização do sector dos transportes, defendendo para tal a tomada de medidas mais restritivas na venda de veículos a gasóleo e gasolina.

A ZERO assinala ainda que, apesar de ser o país europeu com maiores reservas de lítio e o sexto a nível mundial, Portugal “está completamente fora dos países produtores” no que diz respeito às baterias para veículos elétricos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …

Paulo Gomes é o novo presidente do Vitória de Setúbal

O ex-vice-presidente, líder da lista D, foi eleito presidente do Vitória de Setúbal para o mandato 2020-2023, com um total de 875 votos. Paulo Gomes, de 50 anos, foi o mais votado das cinco listas candidatas, …

O mercado online de leite materno está a crescer (mas pode ser mau para os bebés)

https://vimeo.com/385229063 Para os pais que querem que o seu filho beba leite materno, mas que não conseguem produzi-lo, a possibilidade de o poder comprar na Internet pode parecer uma boa solução. No entanto, este mercado não …

Regina Duarte convidada para suceder a secretário da Cultura demitido

A atriz brasileira confirmou, na sexta-feira, ter sido convidada pelo Presidente do país para liderar a Secretaria da Cultura do Governo, após a exoneração de Roberto Alvim por ter parafraseado um discurso nazi. "É isso, recebi …

Universidade de Harvard quer criar 127 novos estados nos EUA

A Harvard Law Journal, da Universidade de Harvard, publicou um plano ousado - mas, segundo os autores, completamente constitucional - para salvar a democracia: criar 127 novos e minúsculos estados. Atualmente, todos os estados dos Estados …

IL quer reduzir IVA da alimentação infantil e retirar limitação etária nas deduções do IRS

A Iniciativa Liberal apresentou, esta sexta-feira, duas propostas para reduzir o IVA da alimentação para crianças pequenas para 6% e para eliminar a limitação etária na dedução do IRS para famílias que tenham mais do …