Eleições no Sporting: Chegou o dia de todas as decisões

Rodrigo Antunes / Lusa

Os sócios do Sporting elegem, este sábado, o 43.º presidente do clube, entre seis candidatos que procuram suceder a Bruno de Carvalho, o primeiro a ser destituído em 112 anos de história e que já ameaçou impugnar as eleições.

João Benedito (lista A), José Maria Ricciardi (lista B), Frederico Varandas (lista D), Rui Jorge Rego (lista E), José Dias Ferreira (lista F) e Tavares Pereira (lista G) são os seis pretendentes que se mantiveram até ao fim na corrida.

Recorde-se que, esta semana, o sétimo candidato, Pedro Madeira Rodrigues (lista C), derrotado por Bruno de Carvalho em 2017, desistiu da sua candidatura para apoiar a do ex-banqueiro Ricciardi.

As eleições para os órgãos sociais do Sporting, que decorrem no Estádio José Alvalade, começaram às 09h00, hora em que já estavam milhares de sócios a aguardar na fila, que já circundava o estádio.

Além dos votos por correspondência recebidos na sede do Sporting até às 20h00 de sexta-feira, poderão exercer todos os sócios que “registem entrada no local, ou que se encontrem em espera no local de entrada, até às 19h00“.

Esta será a maior operação do género no clube lisboeta, visto que os 51.009 sócios com direito a voto constituem também o número máximo alguma vez alcançado.

O presidente da Mesa da Assembleia Geral (AG) do Sporting, Jaime Marta Soares, revelou que, na primeira meia hora após a abertura das urnas, votaram mais de 750 sócios, antecipando uma afluência recorde nas eleições.

“Tem decorrido tudo de forma pacífica e ordeira, com uma disciplina maravilhosa. Às 09h30, já tinham votado mais de 750 sócios. É uma média extraordinária. Se se mantiver assim até ao encerramento das urnas, poderá ser um recorde em termos de presença de sócios”, afirmou, esta manhã, na primeira atualização aos jornalistas.

O líder da Mesa da AG mostrou-se “muito orgulhoso e feliz por sentir que os sócios estão a dizer presente” e apelou para que os associados se desloquem a Alvalade para participar no ato eleitoral.

Quanto a uma eventual aparição do ex-presidente Bruno de Carvalho em Alvalade, Marta Soares foi perentório: “Não estou à espera. Não há razão para vir a Alvalade, porque não pode exercer o direito de voto”.

Posteriormente, na segunda atualização aos jornalistas, pouco depois das 11h30, o presidente da Mesa da AG revelou que já tinham votado cerca de cinco mil sócios. “É a garantia de que virão muitos sócios”, afirmou.

Mário Cruz / Lusa

O presidente da mesa da Assembleia do Sporting, Jaime Marta Soares

 

Bruno de Carvalho, eleito presidente pela primeira vez em 2013 e reeleito em 2017, com 86,13% dos votos, nas eleições mais concorridas de sempre, tentou entrar na corrida, mas viu a lista que encabeçava ser rejeitada por estar suspenso de sócio e já ameaçou impugnar o ato eleitoral.

O ex-presidente não resistiu à grave crise institucional motivada pelas agressões de adeptos do clube a vários futebolistas – nove dos quais rescindiram unilateralmente, alegando justa causa -, na academia de Alcochete, e foi destituído em Assembleia Geral extraordinária, em 23 de junho, pouco mais de um ano após a reeleição.

Naquela altura, o Sporting já vivia sob a liderança da uma Comissão de Gestão (CG), presidida por Artur Torres Pereira – que terá de ‘entregar a pasta’ ao presidente que sair das eleições de hoje -, enquanto para a SAD foi designado Sousa Cintra, em substituição de Bruno de Carvalho.

De acordo com o relatório enviado hoje à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sporting SAD registou um prejuízo de 19,9 milhões de euros na época de 2017/18, depois do lucro anterior de 30,5 milhões de euros.

Sousa Cintra informa que “em termos de capitais próprios, a Sociedade voltou a registar um valor negativo, após o desempenho positivo do ano anterior, fechando o exercício com 13 ME negativos, fruto do pior desempenho em termos de receitas e do aumento dos custos/investimento na equipa de futebol profissional”.

Nuno Fox / Lusa

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho

 

Esta sexta-feira, a Comissão de Fiscalização do Sporting recomendou a expulsão do clube do ex-presidente, depois de comunicar a expulsão de Elsa Tiago Judas e de Bernardo Trindade Barros, sócios que integraram a comissão transitória.

“Uma nota de culpa foi emitida contra os participantes nesses órgãos fictícios, tendo a CF votado a expulsão do clube desses dois membros que, como especialistas em Direito, não podiam desconhecer o dolo, o dano e o prejuízo que causaram ao clube e a confusão e perplexidade criada aos seus sócios. Para tanto, militou também o facto de, à data da assunção de funções, não terem as suas quotas regularizadas”, refere em comunicado.

Esta punição da CF segue-se a uma decisão anterior deste mesmo órgão, de 2 de agosto, na qual suspendeu o ex-presidente por um ano e os restantes membros do Conselho Diretivo, com exceção de Luís Roque, por dez meses.

“Os factos que levaram a tais medidas, além de outros aspetos, têm como fundamento a criação de forma abusiva por aquele Conselho de órgãos não previstos estatutariamente. Esses órgãos baseavam-se em pareceres jurídicos sem fundamento elaborados por aquela que viria a ser a presidente da chamada CTMAG, Elsa Judas, no que foi coadjuvada por outro jurista e professor de leis, Trindade Barros”, refere a CF do Sporting.

O órgão diz ainda que foi enviada uma outra nota de culpa aos ex-membros do Conselho Diretivo, visando o comportamento destes durante e nos tempos subsequentes à AG de 23 de junho, mas que o CF não poderá terminar este processo.

“Não pode por razões de tempo este CF terminar o processo, vendo-se obrigado, tal como fará a outros, a deixar as decisões no Conselho Fiscal e Disciplinar a ser eleito amanhã [sábado], confiando que os superiores interesses do Sporting Clube de Portugal serão sempre o farol daqueles que o vierem a compor (quaisquer que sejam os vencedores)”, refere a Comissão de Fiscalização.

Ainda assim, o órgão deixa a recomendação de expulsão de Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho, “tendo em conta as continuadas violações regulamentares e estatutárias, a instabilidade criada com factos falsos e os ataques constantes aos órgãos sociais legítimos” do Sporting.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A legenda da última imagem “O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho” foi engano tipográfico ao não anteciparem o “ex”ou mesmo de propósito? É que cavalheiro já não é presidente de coisa nenhuma!

  2. provavelmente deve ser eleito o pior de todos.. dado a tendencia dos lagartos para a asneira e para apoarem arruaceiros e manipuladores….. tanto faz para o pais que o sporting eleja este ou aquele, falido como esta , mais dia menos dia fica nas maos de algum chines algum oliveira tv ou algum guiniense ….dadas as afinidades recentes com aquele paraiso africano.
    ganhe quem ganhar continuaram debaixo das pedras, deitando a lingua de fora para apanhar moscas mosqitos e outros insetos…. e a ser engolidos por dragoes das comores, deglutidos humilhados e desmembrados pela cauda venenosa e asquerosa do dragao.

RESPONDER

PCP anuncia voto contra no Orçamento Suplementar

Apesar da abstenção na votação inicial, o PCP anunciou que vai votar contra o Orçamento Suplementar na votação final marcada para esta sexta-feira. "Concluída a votação na especialidade verifica-se que os aspetos negativos da proposta do …

Figura em pedra com mais de dois mil anos descoberta em Miranda do Douro

O acaso colocou a descoberto em Duas Igrejas, no concelho de Miranda do Douro, uma figura zoomórfica que representa um berrão (porco) e que os arqueólogos datam entre os séculos IV e I a.C., foi …

FBI prende Ghislaine Maxwell, ex-namorada de Jeffrey Epstein

A ex-namorada de Jeffrey Epstein, Ghislaine Maxwell, foi esta quinta-feira detida pelo FBI. A mulher de 58 anos é acusada de ajudar a montar uma rede de tráfico de mulheres. O FBI deteve, esta quinta-feira, Ghislaine …

Polícia italiana apreendeu 14 toneladas de anfetaminas. Droga foi produzida pelo Estado Islâmico

As autoridades italianas apreenderam na quarta-feira 14 toneladas de anfetaminas produzidas na Síria por membros do Estado Islâmico, cujos lucros serviriam para reativar as suas operações. "É um facto que o Daesh [Estado Islâmico] utiliza a …

Câmara de Lisboa defende fim do financiamento público às touradas

A Câmara de Lisboa defendeu hoje a criação de legislação que impeça o financiamento público de espetáculos que "causem sofrimento animal", salientando que as touradas incluem "atos de violência". Numa moção “pelo fim de espetáculos com …

Acordo entre Neeleman e Governo já só depende da confirmação da Azul

O acordo entre David Neeleman e o Governo está prestes a concretizar-se, escreve o Expresso. Aparentemente já só falta a confirmação da Azul para garantir o acordo. Depois de a nacionalização da companhia ter sido dada …

Medina recua e diz que "há convergência total" com Governo no combate à pandemia

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse hoje que “há convergência total” com o Governo no combate à pandemia de covid-19, recusando que as críticas que fez à atuação das autoridades de saúde …

Parlamento vai debater o teletrabalho por iniciativa do PAN

O PAN considera que "o teletrabalho é uma ferramenta que pode ajudar a conciliar a vida profissional e a vida familiar", ainda que apresente fragilidades como a "invasão da vida pessoal". O PAN agendou para sexta-feira …

PSP também queria prémio semelhante ao dos profissionais de saúde

O Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP) manifestou-se esta quinta-feira “desiludido” com “a falta de respeito” que o Governo demonstra em relação à PSP e a outras forças de segurança que estão na “linha da …

Líderes catalães vão poder sair da prisão aos fins de semana

Uma decisão dos estabelecimentos prisionais faz com que os líderes independentistas catalães possam sair da prisão aos fins de semana, passando para um dos regimes de detenção menos restritivos. Em outubro do ano passado, nove líderes …