Eleições no Sporting: Chegou o dia de todas as decisões

Rodrigo Antunes / Lusa

Os sócios do Sporting elegem, este sábado, o 43.º presidente do clube, entre seis candidatos que procuram suceder a Bruno de Carvalho, o primeiro a ser destituído em 112 anos de história e que já ameaçou impugnar as eleições.

João Benedito (lista A), José Maria Ricciardi (lista B), Frederico Varandas (lista D), Rui Jorge Rego (lista E), José Dias Ferreira (lista F) e Tavares Pereira (lista G) são os seis pretendentes que se mantiveram até ao fim na corrida.

Recorde-se que, esta semana, o sétimo candidato, Pedro Madeira Rodrigues (lista C), derrotado por Bruno de Carvalho em 2017, desistiu da sua candidatura para apoiar a do ex-banqueiro Ricciardi.

As eleições para os órgãos sociais do Sporting, que decorrem no Estádio José Alvalade, começaram às 09h00, hora em que já estavam milhares de sócios a aguardar na fila, que já circundava o estádio.

Além dos votos por correspondência recebidos na sede do Sporting até às 20h00 de sexta-feira, poderão exercer todos os sócios que “registem entrada no local, ou que se encontrem em espera no local de entrada, até às 19h00“.

Esta será a maior operação do género no clube lisboeta, visto que os 51.009 sócios com direito a voto constituem também o número máximo alguma vez alcançado.

O presidente da Mesa da Assembleia Geral (AG) do Sporting, Jaime Marta Soares, revelou que, na primeira meia hora após a abertura das urnas, votaram mais de 750 sócios, antecipando uma afluência recorde nas eleições.

“Tem decorrido tudo de forma pacífica e ordeira, com uma disciplina maravilhosa. Às 09h30, já tinham votado mais de 750 sócios. É uma média extraordinária. Se se mantiver assim até ao encerramento das urnas, poderá ser um recorde em termos de presença de sócios”, afirmou, esta manhã, na primeira atualização aos jornalistas.

O líder da Mesa da AG mostrou-se “muito orgulhoso e feliz por sentir que os sócios estão a dizer presente” e apelou para que os associados se desloquem a Alvalade para participar no ato eleitoral.

Quanto a uma eventual aparição do ex-presidente Bruno de Carvalho em Alvalade, Marta Soares foi perentório: “Não estou à espera. Não há razão para vir a Alvalade, porque não pode exercer o direito de voto”.

Posteriormente, na segunda atualização aos jornalistas, pouco depois das 11h30, o presidente da Mesa da AG revelou que já tinham votado cerca de cinco mil sócios. “É a garantia de que virão muitos sócios”, afirmou.

Mário Cruz / Lusa

O presidente da mesa da Assembleia do Sporting, Jaime Marta Soares

 

Bruno de Carvalho, eleito presidente pela primeira vez em 2013 e reeleito em 2017, com 86,13% dos votos, nas eleições mais concorridas de sempre, tentou entrar na corrida, mas viu a lista que encabeçava ser rejeitada por estar suspenso de sócio e já ameaçou impugnar o ato eleitoral.

O ex-presidente não resistiu à grave crise institucional motivada pelas agressões de adeptos do clube a vários futebolistas – nove dos quais rescindiram unilateralmente, alegando justa causa -, na academia de Alcochete, e foi destituído em Assembleia Geral extraordinária, em 23 de junho, pouco mais de um ano após a reeleição.

Naquela altura, o Sporting já vivia sob a liderança da uma Comissão de Gestão (CG), presidida por Artur Torres Pereira – que terá de ‘entregar a pasta’ ao presidente que sair das eleições de hoje -, enquanto para a SAD foi designado Sousa Cintra, em substituição de Bruno de Carvalho.

De acordo com o relatório enviado hoje à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sporting SAD registou um prejuízo de 19,9 milhões de euros na época de 2017/18, depois do lucro anterior de 30,5 milhões de euros.

Sousa Cintra informa que “em termos de capitais próprios, a Sociedade voltou a registar um valor negativo, após o desempenho positivo do ano anterior, fechando o exercício com 13 ME negativos, fruto do pior desempenho em termos de receitas e do aumento dos custos/investimento na equipa de futebol profissional”.

Nuno Fox / Lusa

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho

 

Esta sexta-feira, a Comissão de Fiscalização do Sporting recomendou a expulsão do clube do ex-presidente, depois de comunicar a expulsão de Elsa Tiago Judas e de Bernardo Trindade Barros, sócios que integraram a comissão transitória.

“Uma nota de culpa foi emitida contra os participantes nesses órgãos fictícios, tendo a CF votado a expulsão do clube desses dois membros que, como especialistas em Direito, não podiam desconhecer o dolo, o dano e o prejuízo que causaram ao clube e a confusão e perplexidade criada aos seus sócios. Para tanto, militou também o facto de, à data da assunção de funções, não terem as suas quotas regularizadas”, refere em comunicado.

Esta punição da CF segue-se a uma decisão anterior deste mesmo órgão, de 2 de agosto, na qual suspendeu o ex-presidente por um ano e os restantes membros do Conselho Diretivo, com exceção de Luís Roque, por dez meses.

“Os factos que levaram a tais medidas, além de outros aspetos, têm como fundamento a criação de forma abusiva por aquele Conselho de órgãos não previstos estatutariamente. Esses órgãos baseavam-se em pareceres jurídicos sem fundamento elaborados por aquela que viria a ser a presidente da chamada CTMAG, Elsa Judas, no que foi coadjuvada por outro jurista e professor de leis, Trindade Barros”, refere a CF do Sporting.

O órgão diz ainda que foi enviada uma outra nota de culpa aos ex-membros do Conselho Diretivo, visando o comportamento destes durante e nos tempos subsequentes à AG de 23 de junho, mas que o CF não poderá terminar este processo.

“Não pode por razões de tempo este CF terminar o processo, vendo-se obrigado, tal como fará a outros, a deixar as decisões no Conselho Fiscal e Disciplinar a ser eleito amanhã [sábado], confiando que os superiores interesses do Sporting Clube de Portugal serão sempre o farol daqueles que o vierem a compor (quaisquer que sejam os vencedores)”, refere a Comissão de Fiscalização.

Ainda assim, o órgão deixa a recomendação de expulsão de Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho, “tendo em conta as continuadas violações regulamentares e estatutárias, a instabilidade criada com factos falsos e os ataques constantes aos órgãos sociais legítimos” do Sporting.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A legenda da última imagem “O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho” foi engano tipográfico ao não anteciparem o “ex”ou mesmo de propósito? É que cavalheiro já não é presidente de coisa nenhuma!

  2. provavelmente deve ser eleito o pior de todos.. dado a tendencia dos lagartos para a asneira e para apoarem arruaceiros e manipuladores….. tanto faz para o pais que o sporting eleja este ou aquele, falido como esta , mais dia menos dia fica nas maos de algum chines algum oliveira tv ou algum guiniense ….dadas as afinidades recentes com aquele paraiso africano.
    ganhe quem ganhar continuaram debaixo das pedras, deitando a lingua de fora para apanhar moscas mosqitos e outros insetos…. e a ser engolidos por dragoes das comores, deglutidos humilhados e desmembrados pela cauda venenosa e asquerosa do dragao.

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …