Eduardo Lourenço recusa uma “nova revolução”

Carlos Botelho / Flickr

Eduardo Lourenço por Carlos Botelho

Eduardo Lourenço por Carlos Botelho

O pensador Eduardo Lourenço defendeu hoje que só o respeito pela Constituição é consentâneo com a indignação dos portugueses que estão a sofrer, recusando “movimentos incontrolados” ou uma “nova revolução”.

Eduardo Lourenço foi o orador convidado dos almoços organizados pela associação 25 de Abril, inseridos nas comemorações dos 40 anos da revolução dos cravos.

O pensador disse compreender “perfeitamente” as “reações de indignação, de sofrimento, ao que se está passar, sobretudo, sofrimento pessoal de uma parte da população mais afetada”.

“Penso que só o respeito dessa mesma Constituição e do seu espírito é que é consentâneo com essa indignação”, afirmou aos jornalistas.

“Não penso que seja esperado movimentos incontrolados, nova revolução, coisas desse género, neste momento, porque a Europa não está vivendo nesta perspetiva. E mais, já é uma coisa extraordinária que Portugal possa manter o essencial das conquistas de Abril, que é ideia de democracia e aquilo a que ela obriga”, sublinhou.

Para Eduardo Lourenço, “basta ler a Constituição” e não é necessária “outra referência”.

“O contributo do 25 de Abril na nossa história contemporânea, para aquilo que Portugal é neste momento, foi o de ter restaurado o nosso passado democrático”, afirmou, sublinhando que “esse bem mais precioso” está consignado no documento que saiu da revolução, a Constituição.

Já durante a sua intervenção Eduardo Lourenço tinha afirmado que só aceitaria uma revolução “amanhã” se soubesse que seria como o 25 de Abril, mostrando-se cauteloso relativamente a outro tipo de movimentos.

“Os custos dessas aventuras são sangrentos, difíceis”, afirmou, referindo que não é possível antecipar “como acabam”.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Família encontrou mais de 2.200 fetos preservados em casa de médico norte-americano

Uma família encontrou mais de 2.200 fetos preservados na casa de um médico norte-americano que morreu no início deste mês. O The Guardian avançou este domingo que uma família encontrou 2.246 fetos preservados em casa de …

Mais plástico e menos peixe. Explorador britânico teme pelo mar português

Farto de ver cada vez mais plástico e menos peixe no oceano, o veterano explorador e documentarista britânico Paul Rose defende que Portugal deve criar mais áreas marinhas protegidas. Paul Rose, que mergulha desde os anos …

Há 10 anos, Banksy pintou chimpanzés no Parlamento inglês. Agora, o quadro vai a leilão

Em 2009, o artista de rua conhecido como Banksy pintou uma enorme tela a óleo do parlamento inglês, mas em vez de deputados os tribunos eram chimpanzés. Banksy pintou o quadro, com quatro metros de comprimento, …

Tempestade em Espanha derrubou palmeira que era Património da Humanidade

A queda de "La Centinela", a árvore mais alta do conjunto que a Unesco classificou como Património da Humanidade desde 2000, está entre os danos materiais causados pela passagem da "gota fria" - um fenómeno …

Dador de esperma teve 12 filhos com autismo (e foi processado)

Danielle Rizzo tem dois filhos autistas, um com seis anos e outro com sete. Ambos foram concebidos com recurso a um dador anónimo. Há três anos, Rizzo descobriu que estes fazem parte de uma "família" …

Em Hollywood, os homens ganham mais 1 milhão de dólares do que as mulheres

Uma equipa de economistas analisou o salário de 246 atores e atrizes e concluiu que as mulheres ganham em média menos 56% do que os homens na indústria cinematográfica, pelos mesmos papéis. A diferença média entre …

"O primeiro passo para salvar o planeta é eleger outro presidente dos EUA"

John Kerry esteve em Lisboa para o encerramento da conferência "O Futuro do Planeta". O ex-secretário de Estado de Barack Obama lembrou que na luta para salvar a Terra, "não estamos a ganhar". John Kerry começou …

Gibraltar dissolve o parlamento e convoca eleições antes da data do Brexit

O chefe do governo de Gibraltar dissolveu esta segunda-feira o parlamento e convocou eleições para 17 de outubro, com o objetivo de preparar este território britânico situado no extremo sul de Espanha para o Brexit, …

Aumento do turismo nos Açores provoca mais acidentes de viação (mas menos graves)

O aumento de viaturas de aluguer que circulam nas estradas açorianas tem levado a um aumento da sinistralidade, ainda que muitos deles não sejam registados. Ainda assim, os acidentes são, no geral, menos graves. Quem o …

Menos plástico e menos jantares. Partidos prometem campanha eleitoral mais sustentável

A sustentabilidade e a proteção do ambiente estão entre as preocupações dos partidos políticos que concorrem às eleições legislativas, com algumas direções a comprometerem-se em diminuir a pegada ecológica e reduzir no plástico, numa campanha …