Drone bombardeou base paramilitar apoiada pelo Irão. EUA negam envolvimento

Um drone [aparelho aéreo não tripulado] largou esta sexta-feira explosivos sobre uma base das forças paramilitares apoiadas pelo Irão, no norte do Iraque, matando um combatente iraquiano e ferindo dois iranianos, informaram autoridades de segurança iraquianas.

As autoridades do Iraque dizem que o drone deixou cair uma granada durante a noite, na base de Amirli, na província de Salaheddin, no norte do Iraque.

Os Estados Unidos já disseram que não foram os autores do atentado, num momento em que se agravam as tensões com o Irão, na região do Golfo, onde os norte-americanos anunciaram esta semana ter abatido um drone iraniano que se aproximara excessivamente de um seu navio. “As forças dos Estados Unidos não estão envolvidas” neste incidente, disse um porta-voz do Pentágono, em comunicado.

Para já, ninguém reivindicou o ataque, mas as milícias xiitas, apoiadas pelo Irão, culparam o grupo jihadista Daesh. Também uma fonte do exército iraquiano, que não se deixou identificar, disse que provavelmente o Daesh estará por detrás do lançamento dos explosivos, descartando a hipótese de autoria norte-americana.

“A base Al-Chouhada de Hashd al-Shaabi, na região de Amirli, foi bombardeada ao amanhecer (…) por um drone não identificado“, disse o comando militar iraquiano, na versão oficial, divulgada por um comunicado.

As autoridades dizem que o ataque matou um militar do Iraque e feriu dois engenheiros militares iranianos, que estavam presentes na base.

O Iraque abriga bases norte-americanas, onde estão estacionados cerca de 5.000 soldados, para além de dezenas de milícias apoiadas pelo Irão, que têm lutado contra militares do Daesh, ao lado de tropas do Governo do Iraque.

A coligação internacional declarou vitória sobre o Daesh, em dezembro de 2018, após vencidas batalhas que duraram vários anos e deixaram em ruínas cidades iraquianas ocupadas pelo movimento jihadista. Contudo, o Daesh continua ainda ativo nos seus redutos finais e tem utilizado drones em ataques, especialmente em zonas rurais onde ainda mantém presença.

Também esta sexta-feira, recorde-se, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou na quinta-feira que um navio de guerra norte-americano destruiu um drone iraniano no estreito de Ormuz, numa altura de tensões crescentes entre os dois países.

Trump considerou que esta foi a resposta à mais recente “ação hostil” do Irão, apelando a outros países que condenem o que considera serem tentativas do Irão em interromper a liberdade de navegação e o comércio global numa zona marítima estratégica, o Golfo Pérsico.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rússia está a criar a primeira unidade militar com tanques robôs

A agência de notícias estatal TASS avança que o Exército russo está a montar a sua primeira unidade militar armada com tanques robôs. O Exército russo está a desenvolver a sua primeira unidade militar armada com …

PSD propõe solução ao Governo para reduzir injeção no Novo Banco

O PSD defende que o Governo tem um argumento jurídico que pode usar para limitar os pagamentos do Fundo de Resolução ao Novo Banco este ano. Em causa está um artigo do Código Civil que …

Quarentena de 21 dias, testes e fecho de casinos levam Macau a erradicar covid-19

Macau, um dos primeiros territórios a identificar o novo coronavírus, é agora um dos locais livres de covid-19, estando há cerca de 380 dias sem qualquer registo de infeção local, segundo os dados oficiais. O …

Costa preocupado com desconfinamento. Concelhos de risco dão dores de cabeça

Com a terceira fase de desconfinamento aí à porta, o Governo ainda tem dúvidas sobre o que fazer, mantendo algumas pontas soltas. A maior preocupação incide nos conselhos onde há mais casos. Durante a reunião do …

Para prevenir acidentes, China inaugura o primeiro semáforo para camelos do mundo

Autoridades do norte da China inauguraram este domingo o que dizem ser o primeiro sinal de trânsito para camelos do mundo perto da cidade de Dunhuang, província de Gansu. O semáforo para camelos entrou em operação …

PRR terá mecanismo de fiscalização no Parlamento. PSD quer bazuca durante a presidência portuguesa da UE

O ministro do Planeamento, Nelson Souza recebeu nesta terça-feira, os partidos com assento parlamentar e as deputadas não inscritas para conversas bilaterais sobre o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Trata-se da chamada "bazuca" que virá …

Ministro da Saúde austríaco demite-se por falta de apoio na gestão da pandemia

O ministro da Saúde de Áustria, Rudolf Anschober, anunciou esta terça-feira a sua demissão, devido à falta de apoio na gestão da crise pandémica, cessando funções na próxima segunda-feira. "A situação é dramática nos serviços de …

OMS quer suspender venda de mamíferos selvagens vivos em mercados de alimentos

A Organização Mundial de Saúde defende a suspensão da venda de mamíferos selvagens vivos nos mercados de alimentos para evitar a propagação de doenças, avança a AFP. "Os animais, especialmente os selvagens, são a fonte de …

“Frescura, juventude e capacidade“. Coligação improvável em Penafiel junta PS e partido de Tino de Rans

O PS e o partido RIR, liderado pelo ex-candidato presidencial Vitorino Silva, formaram a coligação Penafiel Unido, que vai concorrer às autárquicas em Penafiel, distrito do Porto, com Paulo Araújo Correia como cabeça de lista, …

Marcelo, IL e Chega querem avanço do desconfinamento. PSD pede travão nos concelhos de maior risco

Marcelo Rebelo de Sousa ouviu os partidos ao longo desta tarde. A renovação de mais um Estado de Emergência está na mira, mas há quem não concorde. O Presidente da República começou por receber o Iniciativa …