Do silêncio de Marcelo ao desejo do PSD. Chega é o primeiro a entrar em cena (e promete disparar em todas as direções)

Manuel de Almeida / Lusa

O lider demissionário do Chega, André Ventura

O Chega organiza esta quarta-feira a sua primeira rentrée política, no Algarve, e o presidente e deputado único, André Ventura, antecipa que fará um discurso com críticas a outras forças políticas e ao Presidente da República.

O Chega vai ser o primeiro partido a fazer a rentrée, num ano em que, devido à pandemia de covid-19, a maioria das forças políticas escolheram não organizar os tradicionais eventos com grande número de pessoas e encontraram outras formas de assinalar o arranque da nova sessão legislativa.

O jantar-comício do Chega vai decorrer em Loulé e, segundo disse à Lusa o presidente da concelhia de Faro, são esperadas cerca de 350 pessoas. Numa nota enviada às redações, o partido refere que “o jantar decorrerá em conformidade com todas as normas de higiene e segurança indicadas pela Direção-Geral de Saúde no âmbito do combate à pandemia”.

Também em declarações à agência Lusa, o presidente demissionário, André Ventura, adiantou que irá abordar no seu discurso “a polémica” entre o primeiro-ministro e os médicos (na sequência do surto de Covid-19 num lar de Reguengos de Monsaraz), bem como “o silêncio cúmplice do PSD e da esquerda sobre essa polémica”.

O deputado único, que já manifestou intenção de ser candidato às próximas eleições presidenciais, promete criticar ainda “o silêncio” do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, “sempre que o primeiro-ministro ou o Governo cometem erros”.

“O desaparecimento de cena do CDS”, o “desejo do PSD de se aproximar do Chega” ou as “exigências do Chega para qualquer aproximação” serão outros dos temas que Ventura tenciona abordar na iniciativa de esta quarta-feira.

Esta é a primeira vez que o partido, oficializado em abril do ano passado, assinala a rentrée política, dias antes da eleição do novo presidente e da segunda Convenção Nacional do partido, ambas marcadas para setembro.

No que toca a outros partidos, o PCP manteve a Festa do Avante! (marcado para 4, 5 e 6 de setembro), o PS lembra que estão agendados os congressos federativos para o fim de semana de 12 e 13 de setembro.

O BE “fará rentrées distritais nas duas primeiras semanas de setembro, de menor dimensão”, e o CDS indicou que pretende assinalar o reinício da atividade parlamentar e política nos Açores, onde se disputam eleições regionais em outubro.

O PSD cancelou os habituais eventos que decorrem nesta altura do ano, devido à pandemia, PAN e Iniciativa Liberal indicaram que não preveem assinalar a rentrée.

// Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

David Luiz: "Um dos dias mais especiais da minha vida" - e ainda se fala sobre Jorge Jesus

Flamengo ficou mais próximo de mais uma final da Libertadores, depois de derrotar o Barcelona de Guayaquil. David Luiz estreou-se. O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2-0, na primeira "mão" das meias-finais da Copa …

Iémen. Escassez de alimentos empurra 16 milhões de pessoas para a fome, revela ONU

Pelo menos 5 milhões de pessoas no Iémen estão à beira da fome e outros 16 milhões estão "a caminhar para a fome", num país dilacerado pela guerra civil. O Programa Mundial de Alimentos (WFP, na …

Presidente da Tunísia governará por decreto, ignorando partes da constituição

O Presidente da Tunísia, Kais Saied, declarou que governará por decreto e ignorará partes da constituição, enquanto se prepara para mudar o sistema político, gerando críticas imediatas da oposição. Desde 25 de julho, dia em que …

Alemanha deixa de pagar quarentena a trabalhadores não vacinados

A Alemanha vai deixar de indemnizar trabalhadores não vacinados que forem forçados a quarentena devido ao coronavírus, por ser "injusto pedir aos contribuintes que subsidiem aqueles que se recusam a ser vacinados", disse na quarta-feira …

Governo acaba com recomendação do teletrabalho

O Conselho de Ministros decidiu acabar com a recomendação da opção pelo teletrabalho e eliminar a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. Estas medidas integram a terceira e última fase do plano …

Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: "Portem-se bem"

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um "comportamento adequado" durante os jogos no Benito Villamarín. O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em …

Junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, diz especialista da ONU

A junta militar de Myanmar está a sequestrar familiares de pessoas que pretende deter, incluindo crianças com 20 semanas de idade, segundo o relator especial da Organização das Nações Unidas (ONU) destacado para o país, …

Regiões portuguesas entre as que mais colocaram trabalhadores em teletrabalho

  Apesar dos números elevados registados em Portugal, futuro do modelo está ainda em aberto, face à preferência dos patrões em ter os funcionários a trabalhar em ambiente de escritório. De acordo com dados revelados pelo Eurostat, …

Reino Unido em choque. Sabina Nessa pode ter sido assassinada por um estranho ainda em liberdade

Sabina Nessa, de 28 anos, terá sido assassinada enquanto caminhava pelo Cator Park, no sudeste de Londres, na passada sexta-feira. O percurso da sua casa até a um bar ia demorar apenas cinco minutos, mas …

A corrida a secretário-geral da UGT terá dois candidatos

É a primeira vez que a corrida à liderança da UGT conta com dois candidatos: além de José Abraão, atual dirigente da Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap), Mário Mourão, presidente do Sindicato dos …