Afinal, diretor da PJ foi alertado para suspeitas de farsa no dia em que as armas de Tancos apareceram

Paulo Cunha / Lusa

No próprio dia em que as armas roubadas dos paióis de Tancos reapareceram um coronel da GNR alertou um responsável da Polícia Judiciária — Luís Neves, que é hoje diretor nacional desta polícia — para a falta de credibilidade da versão oficial dos acontecimentos.

A notícia é avançada pelo jornal Público. Segundo o jornal, fica em causa a ideia de que o primeiro aviso que chegou às autoridades foi uma carta anónima, que deu origem à investigação, cerca de uma semana depois do reaparecimento das armas. O coronel em causa dirigia a investigação criminal da GNR e é arguido no processo

Depois de aparecerem as armas, o diretor do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), Amadeu Guerra, convocou uma reunião de emergência para a Polícia Judiciária Militar explicar o que aconteceu e como chegou ao material roubado. Nesse encontro estava também presente Amândio Marques, coronel que lidera o núcleo de investigação criminal de Loulé da GNR que participou no achamento. Tal como os restantes, diz-se surpreendido com o sucedido.

Segundo o jornal Público, à saída do encontro em Lisboa, o coronel da GNR terá chamado Luís Neves. “Olha, aquela história que me venderam, não acredito minimamente nela. Vou pedir aos homens do Algarve que me façam um relatório, para saber o que andaram a fazer”, disse mais tarde, no interrogatório judicial a que foi submetido já na qualidade de arguido.

“Depois de ter recebido o relatório, Luís Neves entrou em contacto comigo para falar sobre Tancos”, descreveu no interrogatório, salientando que o documento continua a ter factos deturpados. O novo encontro deu-se em Alcabideche e o coronel voltou a alertar que o documento era falso. “Sempre disse a Luís Neves que aquilo era uma mentira pegada.” No entanto, nunca transmitiu as desconfianças aos seus superiores hierárquicos.

Fonte da PJ reconheceu ao Público que o militar transmitiu as suspeitas nestas duas ocasiões, desvalorizando o facto das conversas não constarem do processo senão através do interrogatório do coronel. Também na acusação não há referência às suas denúncias, apesar de serem anteriores à carta anónima.

O parlamento debate esta quarta-feira o caso de Tancos, a pedido do PSD, que o requereu depois de ser conhecido o despacho do Ministério Público que acusa o ex-ministro Azeredo Lopes de denegação de justiça, entre outros crimes.

O despacho do Ministério Público sobre o furto e reaparecimento das armas de Tancos foi conhecido em 26 de setembro, em plena campanha eleitoral, sabendo-se que o antigo ministro da Defesa Azeredo Lopes é um dos 23 acusados e a quem são imputados os crimes de abuso de poder, denegação de justiça, prevaricação e favorecimento pessoal praticado por funcionário.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Uma “pessegada” de dimensões colossais.

    E se depois disto, os portugueses votaram 37%, só significa que NINGUÉM oferece melhor credibilidade.
    O que, por sua vez, significa que estamos verdadeiramente metidos num buraco (negro) de que nunca conseguiremos emergir…
    Pobre Portugal…..

  2. Votaram e votaram bem, porque votam em consciência e segundo aquilo que acham ser correto e isso é democracia! Se não gostas de democracia tens bom remédio, Coreia do norte ou china podem ser um paraíso para ti.
    Já agora o caso tancos nada tem que ver com o PS, é um tema da esfera militar que acabou por envolver a esfera politica por motivos que ainda vamos perceber no avançar da investigação!

    • Eu não disse que não gosto de democracia, muito pelo contrário.

      Precisamente, observei que se, em pleno exercício de um direito democrático, e em plena consciência – como bem acrescenta – votaram 37%, é porque no panorama político nacional NINGUÉM é mais credível.
      Ou seja, são todos da mesma laia.
      Fico triste por isso e por considerar que é justamente por isso que o nosso – já pobre – Portugal nunca sairá da cepa torta, com toda esta marmalha a sugar…

      Que Tancos nada tenha a ver com o PS, é uma afirmação, no mínimo, curiosa. Talvez seja uma piada, ou uma ironia e eu não percebi. É que está metido na trapalhada até aos (poucos) cabelos um ministro do PS, integrado num governo PS, com a confiança do primeiro ministro do PS, que sabia do que estava a passar – isso já está demonstrado – e provavelmente até conduziu a pessegada. E não contente, quando se demitiu, apagou todas as mensagens e emails. Caso inédito. Que teria a esconder?
      Acrescento que os sistemas informáticos de governos e outras instituições deste tipo têm backups, precisamente para evitar que se apague “por distracção ou acidente” material importante. Neste caso o backup não existe? Ou também foi apagado? Que estranho não é? Mais um apagão inusitado…

      Portanto, podemos concluir que o caso nada tem a ver com o PS.

  3. …..não e por nada, mas espero que alguém ligado ao teatro, faça um AUTO DA BARCA, tragico-comica sobre o tema, assim ao menos, vamo-nos rindo do pagode,…………..que mais o Zé Povinho pode fazer??

RESPONDER

Cientistas descobrem um novo benefício de tomar chá

https://vimeo.com/366605754 Se já se sabia que beber chá era bom para a nossa saúde, uma nova investigação vem confirmar ainda mais essa ideia. Cientistas encontraram no chá um novo benefício para o nosso cérebro. Várias investigações apontam …

Governo da Escócia quer novo referendo sobre independência em 2020

A ministra principal da Escócia e líder do Partido Nacionalista Escocês (SNP), Nicola Sturgeon, afirmou esta terça-feira que quer um novo referendo sobre a independência em 2020 e abrir negociações com Londres até ao fim …

As bactérias contradizem Darwin: a mais apta não sobrevive

Uma recente investigação levada a cabo pela Universidade de Copenhaga, na Dinamarca, revela que, no que diz respeito às bactérias, a "sobrevivência das mais cooperativas" excede a "sobrevivência das mais fortes". As bactérias são capazes de …

A Via Láctea roubou minúsculas galáxias à sua vizinha

Utilizando dados obtidos pelo Telescópio Gaia, os cientistas chegaram à conclusão que a Via Láctea "sequestrou" galáxias da Grande Nuvem de Magalhães, uma outra galáxia que a orbita. No nosso Universo, a regra é orbitar: a …

Pode ter sido encontrada (e ignorada) vida em Marte em 1976, defende antigo cientista da NASA

O antigo cientista da agência espacial norte-americana Gilbert V. Levin afirma que foram encontradas evidências de vida em Marte na década de 70. No entender do especialista, deviam ter sido levado a cabo mais investigações …

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …