“Dinheiro é de todos”. Marcelo quer os portugueses a debater onde gastar a bazuca europeia

Eduardo Costa / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

As prioridades para a aplicação dos fundos europeus aprovados no Conselho Europeu devem ser alvo de um debate na sociedade, uma vez que “o dinheiro é de todos” os portugueses, defende o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

“Tudo tem o direito a falar sobre isso. Os sindicatos, os patrões, as universidades, as entidades da sociedade civil, todos têm o seu contributo a dar, porque o dinheiro é de todos”, considera Marcelo Rebelo de Sousa à margem da visita à família e à corporação do bombeiro voluntário falecido no sábado, em Leiria.

O dinheiro não é do Governo, nem da oposição, nem do partido A, B ou C. O dinheiro foi obtido pelos portugueses para os portugueses, que têm o direito a dizer uma palavra sobre esse dinheiro”, refere ainda.

O Presidente da República considera que o resultado do Conselho Europeu, que atribui a Portugal mais de 45 mil milhões de euros, é “um acordo excepcional”.

Apesar de “não ter sido o ideal, esteve muito próximo porque os Estados não foram afectados”, sublinha.

“O corte que houve nos subsídios foi sobretudo para actividades da Comissão Europeia, não naquilo que cabia a cada Estado”, diz ainda, notando que foi “excepcional pelo montante”.

Nunca Portugal recebeu tanto dinheiro para um período como este. Quem diz Portugal, diz todos os países da União Europeia. É uma oportunidade única, mas é também uma responsabilidade: saber utilizar bem este dinheiro”, sublinha Marcelo Rebelo de Sousa.

Segundo o Presidente da República, “há duas maneiras de utilizar o dinheiro: uma é olhar para o dia seguinte” e é preciso fazê-lo “com outros fundos de emergência para tapar buracos de emergência”.

“Depois, com este dinheiro, olhar para o dia seguinte é olhar para o país que queremos construir para daqui a 3, 5, 10, 15 anos. Onde é que vamos investir nas infraestruturas, nos transportes, no apoio às formas de criação de riqueza, nas questões que têm a ver com a vida dos portugueses e em todos os aspectos também sociais”, adianta Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado considera que “este dinheiro permite que se olhe mais longe”.

“Espero que haja a noção de que isto é irrepetível: não volta a haver nos próximos longuíssimos anos uma oportunidade como esta, portanto não pode ser perdida”, reforça.

A prioridade “deve ser definida num debate amplo, em que o Governo tem um papel importante, mas o Parlamento e os partidos em geral, e os parceiros económicos e sociais e os portugueses” também.

“O dinheiro dá para olhar para várias prioridades, agora é preciso escolhê-las bem. É preciso fazer o calendário e executar bem. Espero que isso seja possível, porque começa já no dia 1 de Janeiro do ano que vem. Vai ocupar 2021, 2022, 2023 e por aí adiante. Se arrancar bem é mais fácil depois continuar bem”, diz ainda Marcelo Rebelo de Sousa.

Sobre o plano do consultor do Governo, António Costa e Silva, o Presidente da República entende que é uma “base” e “uma visão para um debate na sociedade portuguesa“.

“Depois desse debate há de sair uma estratégia. Estratégia quer dizer uma visão mais específica e mais concreta daquilo que é preciso fazer e depois definir as prioridades. Isto é uma base de discussão, agora é preciso que haja a discussão, que todos participem nela, pois isto diz respeito à vida de todos: os que vivem hoje e os que vão viver nos próximos anos e nas próximas décadas”, refere ainda.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Vamos tanto debater este dinheiro como debatemos todo o que veio desde 1985, aos portugueses resta pagar com os nossos impostos a roubalheira que tem sido desde que entramos na CEE e eram também aos milhões por dia a entrarem para os bolsos das clientelas politicas, pois Senhor P.R. Marcelo e o senhor sabe até melhor que o cidadão comum para onde foi parar todos esse dinheiro, nessa altura nem piou.

  2. Deixo já aqui uma sugestão: gastar tudo em papel higiénico para limpar toda a m€#@& que anda na política e justiça deste país. Não sei se daria para comprar todo o papel necessário mas sempre seria uma ajuda.

  3. O Dinheiro não é de TODOS.
    Alem do mais é Dinheiro TIRADO do trabalho dos contribuintes da Europa do Norte”
    Isto não é “tudo nosso”.
    Ordinarios Retornados e comunada

    • Será que me estás a ver “Estou-te a ver! “? Nem todos os retornados são o que escreves, a julgar pelo que escreves deves pensar que estás acima. Cuidado com isso, não é nada saudável. Retornados são portugueses que emigraram, não vejo mal nenhum nisso, se você vê os retornados então isso para mim é extremismo, muitos dos retornados perderam tudo por causa de uma guerra da qual não tiveram culpa e perderam tudo. Antes de apontar o dedo deveria ter respeito. Quanto ao dinheiro aqui mencionado, sim deve ser gerido com equilíbrio e sabedoria.

    • Eh bruto…
      A ver se aprendes alguma coisa:
      “Em 2019 a Holanda contribui com 4,7 mil milhões de euros para o orçamento europeu e recolheu, no último ano, só através do desvio para o seu offshore manhoso, 10 mil milhões de euros “roubados” de outros países da UE”!!!
      Isto é que foi “trabalhar”, não?!

  4. Este presidente é tão de esquerda… Se fosse de direita viria no mínimo exigir que houve se um controlo de onde vai ser gasto… Mas como nós não somos estúpidos senhor presidente… O dinheiro vai ser gasto nas próximas eleições, no banco BES, na TAP, na Sata no novo aeroporto de Lisboa e puff lá se foi o dinheiro… Melhorou alguma coisa na sua vida? Nop

    • É… o presidente é tão de esquerda como tu és inteligente!…
      Provavelmente até um perigoso comunista que come criancinhas ao pequeno almoço…
      Enfim… mais um sabichão armado em vidente a fazer concorrência à bruxa Maya e ao professor Bambo… só faltou a chave do Euro-milhões!…

RESPONDER

Sporting investiu forte no ataque, mas os golos escasseiam

O Sporting CP marcou apenas 49 golos esta temporada, embora tenha investido 21 milhões de euros na frente de ataque. A saída de Bruno Fernandes foi um duro golpe na capacidade goleadora. Nas últimas duas temporadas, …

Portugal é um dos cinco países da Europa onde a pandemia está a recuar

Portugal é um dos cinco países da Europa onde a pandemia está a recuar, de acordo com o mais recente relatório do Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC) esta terça-feira divulgado. O …

Ryanair desregulou escalas dos trabalhadores que rejeitaram cortes em Portugal

A Ryanair desregulou o regime de escalas habitual à "pequena minoria" de trabalhadores que recusou os cortes da empresa na sequência da pandemia de covid-19, retirando-lhes qualquer direito a bónus, segundo documentos a que a …

Vieira quer oferecer Bruno Henrique a Jorge Jesus

Embora Jorge Jesus não tenha pedido a contratação de Bruno Henrique, o presidente benfiquista quer comprar o avançado brasileiro como prenda para o novo treinador. Luís Filipe Vieira está a estudar a contratação de Bruno Henrique, …

"Dimensão ética". Presidente do Novo Banco enviou uma carta a Marques Mendes a explicar o seu silêncio

Debaixo de fogo depois de serem reveladas as perdas avultadas relacionadas com a venda da carteira de imóveis do Novo Banco, António Ramalho enviou uma carta a Luís Marques Mendes, comentador da SIC, a explicar …

Ministério Público quer Jorge Jesus a testemunhar contra Rui Pinto

O Ministério Público (MP) quer que o treinador português Jorge Jesus testemunhe em tribunal contra o "pirata informático" Rui Pinto, que esta semana deixou a prisão domiciliária com a obrigação de se apresentar semanalmente à …

Guarda-redes do Atlético de Madrid já não escapa ao Sporting

O Sporting conseguiu, nas últimas horas, ultimar os detalhes do contrato que trará o guarda-redes espanhol António Adán para Alvalade. O jornal desportivo Record avança esta terça-feira que o contrato está a ser ultimado, adiantando que …

Dois agentes da PSP detidos em flagrante por tráfico de cocaína escondida em contentores de bananas

As autoridades portuguesas detiveram em flagrante quatro cidadãos nacionais por tráfico de droga, dois dos quais eram agentes da PSP em Faro. Fonte do gabinete de relações públicas da PSP adiantou à agência Lusa, que …

"Formiga do inferno." Descoberto fóssil preservado em âmbar com 99 milhões de anos

Uma equipa internacional de cientistas encontrou um fóssil preservado em âmbar que ilustra o exato momento em que uma formiga pré-histórica devora a sua presa. De acordo com o artigo científico, publicado recentemente na Current Biology, …

Isabel dos Santos deixa administração da operadora angolana Unitel

A empresária angolana Isabel dos Santos anunciou esta terça-feira que vai deixar o seu lugar na administração da operadora de telecomunicações Unitel. “Após 20 anos dedicados à criação, ao desenvolvimento e ao sucesso da Unitel, optei …