Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

Bax Lindhardt Denmark Out / EPA

O inventor Peter Madsen depois de ter sido resgatado do naufrágio do seu submarino

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois.

Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão perpétua pelo assassinato da jornalista sueca Kim Wall, foi detido na terça-feira depois de ter escapado (ainda que por pouco tempo) da prisão, disse a polícia dinamarquesa.

As autoridades foram notificadas de que havia uma fuga da prisão de Herstedvester em Albertslund, na Dinamarca, terça de manhã, disse o departamento de polícia de Copenhaga Ocidental num comunicado.

Mas, passados uns minutos, as autoridades locais cercaram e algemaram o fugitivo, que era Madsen, de 49 anos. O inventor dinamarquês terá fugido após manter um funcionário da prisão como refém, ameaçando-o com objetos que pareciam uma pistola e um cinto explosivo, revelou a Reuters.

Madsen foi detido ainda perto da prisão e “nada indica que o cinto contivesse explosivos”, disse Mogens Lauridsen, agente da polícia.

De acordo com o The Washington Post, o diretor prisional Hanne Hoegh Rasmussen disse que ninguém tinha ficado ferido e que os funcionários da prisão estavam a receber apoio psicológico após o incidente. Além disso, Madsen será acusado de tentativa de fuga.

O ministro da Justiça dinamarquês, Nick Haekkerup, disse em comunicado que as autoridades irão “implementar uma série de outras medidas contra a fuga de prisioneiros num futuro próximo”. “Nem é preciso dizer que os presos que cometeram os piores crimes possíveis não deveriam poder escapar da custódia das autoridades”, disse.

Assassinato da jornalista sueca Kim Wall

Kim Wall, de 30 anos, desapareceu no dia 10 de agosto de 2017, depois de embarcar no submarino privado de Madsen para uma entrevista.

O inventor dinamarquês negou, inicialmente, qualquer envolvimento no seu desaparecimento, alegando tê-la deixado em Copenhaga depois da viagem. Mas acabou por confessar, mais tarde, que a tinha deitado ao mar, após um acidente a bordo.

Entretanto, as autoridades recuperaram o corpo desmembrado da jornalista de 30 anos e, em 2018, Madsen foi considerado culpado de agressão sexual, assassinato premeditado e manuseio indecente de um cadáver.

Durante a sua sentença em abril de 2018, a juíza Anette Burkoe disse que Madsen assassinou Wall de “maneira séria e brutal”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …