/

Destroços encontrados na Ilha de Reunião pertencem mesmo ao MH370

ZINFOS974 / EPA

Peça da asa do Boeing 777 encontrada numa praia na ilha francesa da Reunião do voo MH370

Peça da asa do Boeing 777 encontrada numa praia na ilha francesa da Reunião do voo MH370

Um fragmento da asa encontrado na Ilha da Reunião pertence mesmo ao avião da Malaysia Airlines, desaparecido há mais de um ano, confirmou esta quinta-feira o Ministério Público francês.

As autoridades francesas confirmaram, esta quinta-feira, que pelo menos uma parte dos destroços encontrados na Ilha da Reunião pertencem ao voo MH370, mais concretamente um fragmento da asa.

“É possível dizer com segurança que o ‘flaperon’ descoberto na Ilha de Reunião a 29 de julho pertencia ao voo MH370“, informaram os procuradores em comunicado.

O fragmento da asa, com dois metros de comprimento, foi encontrado no final de julho e levado para França para ser analisado por especialistas em aviação.

Segundo o comunicado, os números de série do fragmento do avião, desaparecido há mais de um ano com 239 pessoas a bordo, correspondem a uma peça fabricada pela Airbus Defence and Space para a Boeing.

O respetivo fragmento pertencia ao Boeing 777, que realizava o voo entre Kuala Lumpur e Pequim e que desapareceu dos radares em março do ano passado.

O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, já tinha afirmado, dias depois de serem encontrados os destroços, que estes pertenciam ao voo da Malaysia Airlines.

ZAP

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE