Desativação de bomba da II Guerra Mundial paralisa e evacua Paris

Mais de mil moradores e trabalhadores evacuados, comboios urbanos, nacionais e internacionais cancelados, estradas fechadas, rotas de autocarro desviadas e pelo menos uma estação de metro encerrada em Paris.

Também o bairro de porte de La Chapelle, em Paris, está paralisado durante este fim de semana, especialmente amanhã, domingo. A razão: vai ser preciso fazer explodir uma bomba da II Guerra Mundial.

“A 4 de fevereiro, uma bomba americana verosimilmente largada por uma aeronave britânica em abril de 1944, foi descoberta num lugar de obras levadas a cabo pela SNCF”, afirmou o responsável da polícia Michel Delpuech, citado pelo jornal Le Figaro.

O sistema que dispara fogo pode ser neutralizado de um lado, mas não do outro, o que obriga a que seja preciso fazê-la explodir. “Todo o risco está controlado, mas a bomba tem de ser destruída”, acrescentou. A explosão acontecerá amanhã, domingo, entre as 13h30 e as 14h00.

A bomba será primeiro mudada para outro sítio, depois posta no fundo de um poço com quatro metros de profundidade, e coberta com três metros de areia. Não haverá destroços projetados aquando da explosão, mas o abalo poderá sentir-se até 200 metros de distância.

Por isso é que a área esteja a ser alvo de uma operação de segurança nos 300 metros circundantes. Vai implicar a evacuação, desde as seis da manhã, das pessoas que vivem ou trabalham no bairro de porte de la Chapelle. “Se tiverem a possibilidade de passar a noite de sábado para domingo em casa de amigos, melhor. Quanto aos hotéis, decidiram não receber clientes nessa noite”, acrescentou Delpuech. No total, serão cerca de 1800 pessoas afetadas.

Além da perturbação nos comboios, em que se incluem comboios TGV e os urbanos RER, o nó rodoviário de La Chapelle, sobre a autoestrada A1, estará fechado a partir das sete horas de amanhã. O boulevard que vai da Porte de Clignancourt à Porte d’Aubervilliers estará bloqueado.

A estação de metro Porte-de-La-Chapelle estará fechada durante várias horas. Também as rotas dos autocarros serão desviadas. Para compensar a situação, as linhas periféricas serão reforçadas.

Paris e Saint-Denis têm à disposição dos habitantes “lugares de acolhimento dos habitantes que se encontrem na rua”. Entre as iniciativas estão um serviço de restauração.

Esta não é uma situação inédita. No ano passado, a desativação de uma bomba da II Guerra Mundial isolou o centro de Berlim, obrigando a retirar cerca de dez mil pessoas na zona da estação central de caminho-de-ferro da capital alemã.

Ainda neste mês o aeroporto Ciampino, em Roma, foi fechado depois da descoberta de três bombas que datavam também da II Guerra Mundial, atrasando vários voos.

No ano passado, a mesma situação ocorreu perto do London City Airport, obrigando a encerrar temporariamente o aeroporto.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Porto 5 - 0 Moreirense | Días, Taremi e Fábio, o trio maravilha

O Porto foi o primeiro dos “grandes” a entrar em campo e deu o mote, e que mote. Os “dragões” receberam o Moreirense e golearam sem apelo nem agravo, por 5-0, graças a uma segunda …

Ronaldo volta a marcar pelo United em jogo com final frenético

O português Cristiano Ronaldo voltou hoje a marcar pelo Manchester United, mas foram Lingaard e David de Gea que ‘brilharam’ na vitória sobre o West Ham, por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga …

O Cumbre Vieja, num dos complexos vulcânicos mais ativos nas Canárias, entrou em erupção

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou hoje em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. Na zona, …

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …