Desativação de bomba da II Guerra Mundial paralisa e evacua Paris

Mais de mil moradores e trabalhadores evacuados, comboios urbanos, nacionais e internacionais cancelados, estradas fechadas, rotas de autocarro desviadas e pelo menos uma estação de metro encerrada em Paris.

Também o bairro de porte de La Chapelle, em Paris, está paralisado durante este fim de semana, especialmente amanhã, domingo. A razão: vai ser preciso fazer explodir uma bomba da II Guerra Mundial.

“A 4 de fevereiro, uma bomba americana verosimilmente largada por uma aeronave britânica em abril de 1944, foi descoberta num lugar de obras levadas a cabo pela SNCF”, afirmou o responsável da polícia Michel Delpuech, citado pelo jornal Le Figaro.

O sistema que dispara fogo pode ser neutralizado de um lado, mas não do outro, o que obriga a que seja preciso fazê-la explodir. “Todo o risco está controlado, mas a bomba tem de ser destruída”, acrescentou. A explosão acontecerá amanhã, domingo, entre as 13h30 e as 14h00.

A bomba será primeiro mudada para outro sítio, depois posta no fundo de um poço com quatro metros de profundidade, e coberta com três metros de areia. Não haverá destroços projetados aquando da explosão, mas o abalo poderá sentir-se até 200 metros de distância.

Por isso é que a área esteja a ser alvo de uma operação de segurança nos 300 metros circundantes. Vai implicar a evacuação, desde as seis da manhã, das pessoas que vivem ou trabalham no bairro de porte de la Chapelle. “Se tiverem a possibilidade de passar a noite de sábado para domingo em casa de amigos, melhor. Quanto aos hotéis, decidiram não receber clientes nessa noite”, acrescentou Delpuech. No total, serão cerca de 1800 pessoas afetadas.

Além da perturbação nos comboios, em que se incluem comboios TGV e os urbanos RER, o nó rodoviário de La Chapelle, sobre a autoestrada A1, estará fechado a partir das sete horas de amanhã. O boulevard que vai da Porte de Clignancourt à Porte d’Aubervilliers estará bloqueado.

A estação de metro Porte-de-La-Chapelle estará fechada durante várias horas. Também as rotas dos autocarros serão desviadas. Para compensar a situação, as linhas periféricas serão reforçadas.

Paris e Saint-Denis têm à disposição dos habitantes “lugares de acolhimento dos habitantes que se encontrem na rua”. Entre as iniciativas estão um serviço de restauração.

Esta não é uma situação inédita. No ano passado, a desativação de uma bomba da II Guerra Mundial isolou o centro de Berlim, obrigando a retirar cerca de dez mil pessoas na zona da estação central de caminho-de-ferro da capital alemã.

Ainda neste mês o aeroporto Ciampino, em Roma, foi fechado depois da descoberta de três bombas que datavam também da II Guerra Mundial, atrasando vários voos.

No ano passado, a mesma situação ocorreu perto do London City Airport, obrigando a encerrar temporariamente o aeroporto.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …