Deputados da oposição britânica admitem votar contra ativação do Brexit

Sean Dempsey / EPA

-

Vários deputados da oposição britânica revelaram, esta sexta-feira, que tencionam votar contra o artigo que ativa o processo de saída do Reino Unido da UE e que vão pedir uma nova votação.

Segundo a BBC, o líder democrata liberal, Tim Farron, indicou que a sua formação vai opor-se o processo de retirada do Reino Unido, a menos que o Governo britânico convoque um segundo referendo sobre os termos da rutura com Bruxelas.

O Tribunal Superior de Londres determinou recentemente que o Parlamento britânico deve ser consultado antes de se iniciar o Brexit, dando assim hipótese aos deputados autorizar ou não a ativação do artigo 50.

No entanto, o Governo britânico considera que não é aceitável que o Parlamento se pronuncie sobre a questão da saída do país da UE uma vez que os cidadãos já se decidiram pelo Brexit.

Theresa May decidiu recorrer da decisão judicial, e a audiência vai acontecer a 5 de dezembro, com a decisão final a ser anunciada apenas no próximo ano.

“Acreditamos que o governo tem argumentos legais fortes, vamos apresentar esses argumentos ao Supremo Tribunal que fará o seu julgamento”, disse May na segunda-feira, citada pela BBC.

Caso o Supremo determine – seguindo a sentença do Tribunal Superior de Londres – que o Parlamento tem mesmo de ser consultado, os deputados poderão votar sobre o assunto ainda antes de março de 2017, prazo apontado por Theresa May para invocar o artigo 50 e iniciar um processo de negociação de dois anos com a UE.

Vários deputados trabalhistas estão dispostos a votar contra o artigo, ainda que a direção da principal força da oposição não tenha anunciado formalmente um voto contra, destaca a BBC.

Os democratas-liberais têm defendido a convocação de uma nova consulta sobre o alcance das negociações do Governo com a UE, enquanto os deputados do Partido Nacionalista Escocês (SNP) estão contra a saída do Reino Unido da UE.

Ainda assim, apesar destes votos contra, uma votação sobre a ativação do artigo 50 deverá saldar-se numa vitória do sim, devido ao apoio dos deputados conservadores e boa parte dos trabalhistas.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …