“Ministro da Cultura” de Cavaco constituído arguido por suspeitas de corrupção

PSD / Flickr

Manuel Frexes, ex-subsecretário de Estado da Cultura, deputado do PSD e ex-autarca da Câmara Municipal do Fundão.

O deputado do PSD Manuel Frexes foi constituído arguido por suspeitas de corrupção e prevaricação enquanto presidente da Câmara do Fundão. O ex-autarca terá recebido ilicitamente um apartamento em Lisboa.

O Ministério Público acusa Manuel Frexes de prevaricação e corrupção durante o seu mandato como presidente da Câmara do Fundão, no distrito de Castelo Branco. Frexes já estava sob investigação desde outubro do ano passado. Nessa altura, o Ministério Público pediu um levantamento da sua imunidade ao Parlamento para interrogar o deputado.

O social-democrata, que foi titular da pasta da Cultura como Subsecretário de Estado no XII Governo Constitucional, liderado por Aníbal Cavaco Silva, terá alegadamente recebido um apartamento em Lisboa, de forma ilícita.

Manuel Frexes esteve, esta quinta-feira, presente nas instalações do Ministério Público do Departamento de Investigação e Ação Penal (MP/DIAP) de Coimbra, onde foi informado sobre o processo.

Em sua defesa, o antigo presidente da Câmara Municipal do Fundão disse que o processo que lhe foi instaurado é “um amontoado de interpretações que não têm nada a ver com realidade“. Frexes apenas teve acesso a uma “versão resumida” desse processo.

Manuel Frexes liderou a autarquia do Fundão entre 2002 e 2012. Segundo a Sábado, “alguns dos contratos” que a Câmara celebrou com “três empresas de projeto e fiscalização” de obras, entre 2009 e 2011, estão a ser investigados pelo DIAP.

O deputado do PSD é suspeito de ter benefícios dessas sociedades para obter vantagens patrimoniais, entre as quais um apartamento em Lisboa. “Nunca tive um apartamento em Lisboa. Eu vivo na casa do meu sogro, que é um apartamento de 1974”, assegurou.

O estatuto dos deputados só permite que os titulares de cargos públicos sejam ouvidos como testemunhas ou arguidos com a autorização do Parlamento. No entanto, quando este se trata de um crime intencional punido com pena de prisão superior a três anos, a Assembleia da República é obrigada a autorizar o seu interrogatório.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Governo ignorou recomendação parlamentar na auditoria feita ao Novo Banco

Mário Centeno e António Costa ignoraram a recomendação aprovada em Parlamento na sua auditoria ao Novo Banco. Os socialistas defendem que seria inconstitucional avaliar o desempenho do Banco de Portugal. Uma proposta do PSD aprovada em …

Avarias param 9 das 20 novas ambulâncias do INEM

Só entraram em serviço em abril, mas as novas ambulâncias do INEM já estão a dar problemas. Dos 20 novos veículos, apenas 11 estão a circular normalmente. As sirenes e as luzes desligam-se em andamento e …

Máfias e milícias responsáveis por incêndios da Amazónia, conclui relatório

As queimadas associadas aos desmatamento da Amazónia resultam em grande parte da ação violenta de redes criminosas, conclui um relatório da Human Rights Watch. Divulgado esta terça-feira, um relatório da Human Rights Watch conclui que as …

Benfica lança-se à 'Champions' com Lage a admitir mexer no ataque

O Benfica estreia-se hoje diante dos alemães do Leipzig na edição 2019/20 da Liga dos Campeões de futebol, competição em que tentará ultrapassar os 'fracassos' das duas anteriores épocas, nas quais foi eliminado na fase …

Itália. Matteo Renzi abandona o Partido Democrata e anuncia formação de novo partido

O ex-primeiro-ministro italiano Matteo Renzi anunciou que vai deixar o Partido Democrata (PD), do qual era secretário-geral, para criar a sua própria formação, mas garantiu que o grupo continuará a apoiar o Governo de Giuseppe …

Tribunal Arbitral reduz suspensão de Neymar na Champions

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) reduziu a suspensão imposta pelo Comité de Disciplina da UEFA de três para dois jogos a Neymar. O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) decidiu esta terça-feira reduzir a suspensão imposta …

Jerónimo admite "um ou outro descontente" interno e ataca arrivismo do PAN

Jerónimo de Sousa admitiu haver militantes descontentes com a participação na denominada "geringonça", embora frisando que o sentimento geral é de satisfação, e atacou algumas posições do PAN, defendendo que "Os Verdes" são o verdadeiro …

Brexit. Juncker recorda a Johnson que cabe ao Reino Unido apresentar propostas

O presidente da Comissão Europeia recordou na segunda-feira ao primeiro-ministro britânico que cabe ao Reino Unido apresentar "soluções legalmente operacionais" e compatíveis com o Acordo de Saída, reiterando a disponibilidade europeia para apreciar se estas …

"Quem manda nas seleções são os agentes, para valorizar jogadores, interesses"

Carlitos relembra a altura em que foi chamado à seleção de sub-21 pela mão do empresário José Veiga. O antigo jogador do Benfica diz que "quem manda nas seleções são os agentes". Aos 37 anos, Carlitos …

Ataque às refinarias. Arábia Saudita e EUA apontam o dedo ao Irão

A Arábia Saudita e os Estados Unidos deixaram a entender que o Irão está por detrás do ataque de sábado que atingiu as principais instalações petrolíferas sauditas. O Governo de Teerão nega, apontando o dedo …