“Gostava de ver os defensores do estudo a trabalharem aos 69 anos numa fábrica”

Tiago Petinga / Lusa

O secretário-geral do PCP acusou este domingo Rui Rio de querer “ressuscitar a contrarreforma de Passos e Portas de corte a eito nas pensões” e defendeu que a solução para a segurança social passa por “empregos e salários valorizados”.

No almoço da CDU Comemorativo do 45.º Aniversário do 25 de Abril em São João da Talha, Loures (Lisboa), Jerónimo de Sousa classificou de “gasto e falacioso” o discurso das reformas estruturais, seja no sistema eleitoral, justiça ou segurança social.

“Isso está bem patente nos ataques promovidos pela nova liderança do PSD à independência do poder judicial, à autonomia do Ministério Público, nos reiterados apelos a consenso para acordos de regime com o PS para alterar as leis eleitorais mas também nas suas propostas de reforma do Estado e segurança social, ressuscitando a derrotada contrarreforma de Passos e Portas de corte a eito nas pensões e reformas e nas prestações sociais”, acusou.

O líder comunista enquadrou nesta “contrarreforma” o estudo sobre pensões encomendado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, apresentado na sexta-feira, no qual se propõe o aumento da idade da reforma para os 69 anos em 2025, a fim de o sistema ser sustentável.

“No fim, tiram da cartola a solução de privatização com plafonamento das contribuições à medida dos interesses do capital financeiro. É isto que eles querem, o que pensam que eles queriam quando salamizaram o subsídio de Natal? Era precisamente para mais à frente acabarem com esse subsídio”, acusou, referindo-se ao pagamento em duodécimos daquela prestação.

“Gostava de ver os defensores do estudo a trabalharem aos 69 anos numa fábrica têxtil ou de metalúrgicos”, disse Jerónimo de Sousa, que apontou outro caminho. “Há soluções para garantir a sustentabilidade da Segurança Social: ela assegura-se com uma política económica promotora de emprego e salários valorizados, assegura-se com o reforço financeiro do sistema providencial, completando o atual sistema de calculo de contribuições”, defendeu.

“Há 20 anos a esta parte que não havia tanta receita da segurança social resultante desta nova fase da vida nacional, que permitiu melhorar salários, descontos para Segurança Social. É por aqui que temos de ir e não obrigar os trabalhadores a trabalhar até ao fim da sua vida”, acrescentou.

Num outro ataque ao PSD, Jerónimo de Sousa recuperou algumas propostas defendidas, a título individual, pelo porta-voz do Conselho Estratégico Nacional social-democrata para as Finanças Públicas, Joaquim Sarmento, num livro recentemente lançado na presença de Rui Rio e do ex-Presidente da República Cavaco Silva.

“O PSD quer aplicar mais uma garrotada em quem não paga IRS e os trabalhadores da Administração Pública que recuperaram as 35 horas passariam a trabalhar 40. Que cada um antes de dar o seu voto pense bem”, apelou.

As críticas estenderam-se também ao PS e ao acordo celebrado com os sociais-democratas em matéria de descentralização. “Continuam a vender gato por lebre, transferência de encargos travestidos de descentralização. Fala-se muito de proximidade para tentar levar ao engano as autarquias, mas mantêm a recusa de devolver mais de mil freguesias roubadas ao povo pelo governo PSD/CDS”, acusou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Iogurte duas vezes por semana pode diminuir o risco de cancro do intestino nos homens

Comer, pelo menos, duas porções de iogurte por semana pode prevenir o aparecimento de tumores nos intestinos dos homens. Uma equipa de cientistas da Universidade de Washington, no Missouri, Estados Unidos, concluiu, numa investigação recente, que …

Biologia sintética pode levar a uma catástrofe global no futuro

Apesar dos aspetos positivos da evolução da biologia sintética, há certas preocupações que este avanço científico acarreta. Nas mãos erradas, a modificação genética de um vírus pode ser um problema de grandes dimensões. A cepa da …

Estamos mais propensos a devolver uma carteira perdida se ela estiver cheia de dinheiro

Os humanos podem ser mais bondosos do que aquilo que pensa. Quando encontramos uma carteira perdida, mais rapidamente a devolvemos ao dono se estiver cheia de dinheiro. Pode parecer um paradoxo, mas a verdade é que …

O T-Rex tem dois novos primos tailandeses

Duas novas espécies de dinossauros, que eram predadores eficientes e parentes distantes do Tiranossauro-Rex, foram identificadas em restos fósseis encontrados há 30 anos na Tailândia, revelou a Universidade de Bonn, na Alemanha. Há três décadas, …

Encontrados os corpos de sete alpinistas desaparecidos em maio nos Himalaias

Os corpos de sete alpinistas desaparecidos na Índia, nos Himalaias, foram encontrados no domingo por uma equipa de socorristas especializados em intervenções em alta montanha, anunciou a polícia. De acordo com o Expresso, os socorristas tinham …

Há uma "corrida brutal" por mega-centrais de energia solar (e pode aumentar a factura da luz)

A aposta do Governo português no sector das Energias Renováveis está a fomentar uma "corrida brutal" a projectos solares de grandes dimensões. Uma procura excessiva que preocupa a REN - Redes Energéticas Nacionais que avisa …

No adeus ao Prédio Coutinho, últimos 12 moradores recusam entregar chaves

Os últimos 12 moradores do prédio Coutinho em Viana do Castelo recusaram, nesta segunda-feira, 24 de junho, entregar a chave das habitações à VianaPolis no prazo fixado para aquela sociedade tomar posse administrativa das últimas …

Reino Unido. Boris Johnson em queda nas sondagens depois de discussão com namorada

A discussão de sexta-feira com a namorada está a afetar a campanha de Boris Johnson à liderança do Partido Conservador britânico. Desde quinta-feira, o ex-ministro caiu de uma vantagem de 27 pontos percentuais nas sondagens para …

NASA encontra nuvens de metano em Marte (e aguarda notícias de vida)

A sonda espacial Curiosity, da NASA, detectou elevado níveis de emissão de metano na superfície de Marte. A presença do gás, normalmente produzido por seres vivos, pode ser evidência de vida bacteriana no planeta vermelho. A descoberta, …

Factura do gás ainda cobra taxa "eliminada" em 2017

A taxa cobrada pelos municípios às empresas distribuidoras de gás natural, que estava previsto no Orçamento do Estado desde 2017 que deixaria de ser cobrada aos consumidores, continua a constar nas facturas das famílias. A medida …