De mesquita a centro de vacinação. No Reino Unido, um imã combateu o medo da vacina

Darren Staples / AFP

Vacinação no Al-Abbas Islamic Center, no Reino Unido

Às sextas-feiras, durante os seus sermões, o Sheikh Nuru Mohammed começou a lutar contra a desinformação e transformou a sua mesquita num centro de vacinação contra a covid-19.

O Sheikh Nuru Mohammed, imã da mesquita Al-Abbas, no Reino Unido, sabia que uma percentagem significativa dos seus fieis estava hesitante em receber a vacina contra a covid-19. Em dezembro, o líder religioso decidiu lutar contra a desinformação durante os seus sermões online e transformou a sua mesquita num centro de vacinação.

Foi o primeiro a dar o passo na Grã-Bretanha e abriu caminho para dezenas de outros. Centenas de milhares de cidadãos britânicos descendentes do sul da Ásia e britânicos negros mudaram de ideias e decidiram vacinar-se contra o vírus, segundo pesquisas nacionais citadas pelo NPR.

Parth Patel, médico e investigador da University College London, acredita que a liderança local desempenhou um papel significativo em convencer as pessoas a tomar a vacina.

“Usar a mesquita como centro de vacinação é um evento realmente significativo”, disse Patel, que estudou os dados da pesquisa sobre a hesitação em relação à vacina. “É sobre: ​​de onde está a vir a mensagem? É sobre confiança.”

Razões históricas explicam o motivo pelo qual as pessoas de ascendência sul-asiática e negros britânicos hesitam mais em vacinar-se, isto porque ambas as minorias enfrentaram preconceito racial e são mais propensas a desconfiar do sistema.

Boris Johnson, primeiro-ministro britânico, tentou conter a desinformação, mas o governante tem um grande problema de credibilidade. Quando a pandemia começou a ganhar terreno, no ano passado, Boris minimizou-a, brincando sobre continuar a apertar a mão das pessoas.

O imã, originário do Gana, trabalha na mesquita há mais de quatro anos. Quando o Governo britânico começou a anunciar o plano de vacinação, os congregantes bombardearam-no com perguntas: queriam saber se era halal, ou seja, de acordo com os ensinamento do Islamismo.

O Sheikh Nuru Mohammed baseou-se nas escrituras islâmicas para obter respostas, sublinhando que a boa saúde é um presente de Deus. Durante os seus sermões de sexta-feira, criticava a desinformação: “Não devemos permitir que as teorias da conspiração e as notícias falsas nos controlem”, dizia.

Mas a tática mais eficaz do imã foi vacinar-se. Depois de ter recebido a vacina contra a covid-19, os congregantes sentiram-se confiantes em seguir o seu exemplo – uma prova de que pode não haver nada mais poderoso do que ver a experiência de um líder ou amigo de confiança.

Centenas de congregantes foram vacinados e a mesquita administrou mais de 15.000 doses. Desde que a mesquita Al-Abbas foi inaugurada como um centro de vacinação, mais de 50 outras mesquitas do Reino Unido seguiram o mesmo caminho.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Manchester City conquista título no sofá e com costela portuguesa. É o terceiro em quatro anos

O Manchester City garantiu hoje a conquista do seu sétimo título de campeão inglês de futebol, e terceiro em quatro anos, face ao desaire do Manchester United na receção ao Leicester (1-2), na 36.ª ronda. Com …

Venda da Groundforce pode ficar nas mãos do administrador de insolvência

A apreciação judicial do pedido de insolvência da Groundforce feito pela TAP ainda deverá demorar alguns meses. Até lá, o acionista maioritário terá de conseguir vender a sua parte, ou a decisão poderá passar para …

Estádio do Dragão vai receber final da Liga dos Campeões

O Estádio do Dragão, na cidade do Porto, vai ser o palco da final da Liga dos Campeões, entre Chelsea e Manchester City, agendada para 29 de maio. A hipótese de a cidade "Invicta" e o …

Ministério Público, viúva de Ihor e inspetores vão recorrer da sentença

Tanto o Ministério Público, como a viúva de Ihor Homeniuk e os inspetores do SEF, vão recorrer da decisão no caso da morte do ucraniano no aeroporto. Procuradora considera que penas foram demasiado leves. A decisão …

Entre a espada e a parede. Ministro do Ambiente de “olhos fechados“ em relação à agricultura intensiva

João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente, continua a fugir a perguntas sobre a expansão da área de estufas no Parque Natural do Sudoeste Alentejano, quando questionado em audição na comissão parlamentar de Ambiente sobre …

Uma questão de minutos. Os antigos romanos quase foram salvos da erupção do Vesúvio

Centenas de romanos antigos que fugiram da erupção do Vesúvio em 79 estavam a poucos minutos de serem resgatados num barco enviado pelo historiador Plínio, o Velho, quando morreram. Os esqueletos de 300 habitantes da cidade …

Regime de prevenção da corrupção isenta políticos e órgãos de soberania. Delação premiada gera críticas no PS

Os gabinetes dos principais órgãos políticos e de todos os órgãos de soberania, assim como o Banco de Portugal, vão ser excluídos do novo regime geral de prevenção da corrupção. De acordo com o jornal Público, …

”Pouco realista”. Banco de Portugal arrasa plano do Novo Banco para a dívida de Vieira

O Banco de Portugal considera que a reestruturação da dívida de Luís Filipe Vieira no Novo Banco é “pouco realista” e tem “pouca aderência à realidade”. A reestruturação da dívida do grupo de Luís Filipe Vieira …

Um treinador sem medo de errar e um plantel que pouco o fez. As razões para o título do Sporting

O Sporting sagrou-se, esta terça-feira, campeão nacional. Há várias figuras responsáveis pelo título dos 'leões', desde Rúben Amorim ao talentoso plantel. Apito final do Sporting CP-Boavista e os 'leões' voltam a conquistar o campeonato, 19 anos …

Identificada nova espécie de gato dente-de-sabre, uma das maiores de sempre

Usando técnicas detalhadas de comparação de fósseis, cientistas foram capazes de identificar uma nova espécie gigante de gato dente-de-sabre, que teria andado pela América do Norte entre há cinco e nove milhões de anos. De acordo …