Cristas responsabiliza Governo pela “desgraça” que se vive no SNS

Tiago Petinga / Lusa

A presidente do CDS/PP, Assunção Cristas

Segundo Assunção Cristas, líder do CDS-PP, vive-se uma “desgraça inédita” no Serviço Nacional de Saúde e a culpa é do atual Governo.

A presidente do CDS, Assunção Cristas, criticou, no sábado à noite, o Governo por impor uma “carga fiscal máxima” e “serviços públicos mínimos”, sobretudo na saúde, onde se vive “uma desgraça inédita”.

“Este Governo consegue fazer a quadratura do círculo, de ter carga fiscal máxima e serviços públicos mínimos. Demonstra uma absoluta incapacidade de governar em muitas áreas críticas para todos nós, com a saúde à cabeça”, afirmou a líder democrata-cristã.

Discursando em Penafiel, onde participou num jantar que assinalou a entrada em funções da nova concelhia, a presidente do CDS falou de um país, no setor da saúde, com “consultas adiadas, listas de espera a crescer, cirurgias canceladas, greves em todo o setor e dívidas que dispararam”.

“É isto que eu ouço, de norte a sul do país, de utentes do nosso Serviço Nacional de Saúde (SNS), de médicos, de enfermeiros e de diretores que se demitem porque são incapazes de suportar esta hipocrisia deste Governo que nos vem dizer que tem maior número de consultas e cirurgias e não olha para a realidade que é a desgraça a que votou o nosso SNS”, acentuou, concluindo: “Isto é inédito, nunca tinha acontecido nesta escala e com esta persistência no nosso país”.

Lembrando o recente episódio em que um comboio perdeu um dos motores, a dirigente do CDS disse que o país tem “um Governo que está sem motor, que não tem tração, que está desnorteado, que comete erros e descoordenações, dia após dia”.

“Na verdade, nós percebemos a descoordenação e o nervosismo sistemático deste Governo, porque perdeu a oportunidade de ouro que foram estes quatro anos para fazer mais e melhor”, acrescentou.

Assunção Cristas defendeu, depois, que ninguém faz oposição no país como o CDS, considerando que o seu partido constitui “a única, verdadeira e sistemática oposição em todas as áreas”.

Aludindo às eleições legislativas que se vão realizar este ano, a líder centrista referiu que o CDS nunca será a muleta para António Costa continuar no poder.

“Nós damos a garantia, e creio que somos os únicos, que um voto no CDS não vai parar à viabilização de um Governo de António Costa, um voto no CDS não serve para perpetuar António Costa e o PS no poder”, afirmou, deixando uma crítica ao PSD: “Um partido que pode ser da colaboração, que é o PSD, que diz que pode colaborar para que o PS não tenha de depender das esquerdas”.

A presidente do CDS também falou das eleições para o Parlamento Europeu, apelando à mobilização dos militantes e elogiando o cabeça-de-lista Nuno Melo, que estava presente na sala.

“Não são eleições secundárias, na Europa: nas escolhas que fazemos no Parlamento Europeu, nós decidimos muitas vezes questões que vão ter um impacto direto na nossa vida do dia-a-dia”, recordou, enquanto criticava o Governo por, ao contrário do que prometeu, não ter “uma voz grossa” em Bruxelas na defesa dos interesses de Portugal.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A Dr.Cristas logicamente nunca na vida servirá de muleta aos remediados e probres deste país.Os “abutres”,andam por aí a pairar para se lançarem sobre as presas.

  2. Esta tontinha manhosa deve ter hibernado e até já se esqueceu que ainda há pouco esteve no governo que fez os maiores cortes de sempre na saúde, etc..
    Assim se vê a moral de certos cristãos…

RESPONDER

Autarca de Torres Vedras condenado a multa de 5.000 euros por plágio na tese de doutoramento

O presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes (PS), foi esta quinta-feira condenado a pagar uma multa de 5.000 euros, pelo crime de contrafação na tese de doutoramento. A multa será aplicada durante …

Francisco J. Marques acusado de sete crimes por divulgar e-mails do Benfica

Francisco J. Marques, Júlio Magalhães e Diogo Faria estão a ser acusados de vários crimes relativamente ao caso da divulgação dos e-mails do SL Benfica. O diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, foi …

Depressão Jorge traz fim-de-semana com chuva e vento

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê um fim-de-semana chuvoso e ventoso, a começar já a partir de sábado. Em causa está a passagem da depressão Jorge por Portugal. O tempo de primavera …

Dieselgate. Volkswagen vai pagar 800 milhões de euros a clientes

O fabricante de automóveis Volkswagen está disposto a pagar cerca de 800 milhões de euros a 460.000 clientes afetados pela manipulação de motores 'diesel', após um acordo extrajudicial com o gabinete de proteção do consumidor …

Novo partido Volt Portugal perto de receber luz verde do Tribunal Constitucional

O novo partido Volt Portugal (VP) está muito perto de receber luz verde do Tribunal Constitucional para a sua formalização. De acordo com a edição desta sexta-feira do jornal Público, o processo dura já há quatro …

Vitalino Canas e Clemente Lima chumbados para o Tribunal Constitucional

A Assembleia da República 'chumbou' hoje Vitalino Canas e António Clemente Lima para juízes do Tribunal Constitucional (TC) e voltou a rejeitar reconduzir o ex-ministro Correia de Campos para presidir ao Conselho Económico e Social …

Turquia declara guerra ao regime sírio e abre portas da Europa aos refugiados após baixas em Idlib

A Turquia vai deixar de impedir que refugiados cheguem à Europa, por terra ou por mar, decisão que antecipa a chegada de refugiados da província de Idlib, no norte da Síria, onde a ofensiva do …

Cerca de 80% dos processos de racismo acabam arquivados

Cerca de 80% dos processos instaurados pela Comissão pela Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) entre 2006 e 2016 acabaram arquivados, concluiu um estudo do Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, …

Liga Europa. Há um duelo entre treinadores portugueses nos "oitavos"

Com todas as equipas portuguesas fora de prova, conhecem-se os clubes que se vão defrontar nos oitavos-de-final da Liga Europa. Em competição continuam três treinadores portugueses. O sorteio dos oitavos-de-final da Liga Europa foi dado a …

Desigualdade entre homens e mulheres é "estúpida" e "inaceitável", diz Guterres

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, declarou esta sexta-feira que a desigualdade entre homens e mulheres é "estúpida" e "inaceitável" e enumerou ainda cinco áreas que necessitam de igualdade de género para "mudar o …