Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

Paulo Novais / Lusa

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas que a acompanharam.

“Cumpri o caminho traçado, mas falhei o resultado”, disse Assunção Cristas, a primeira mulher a liderar o CDS, no seu discurso de despedida. “Falhei porventura a análise das possibilidades que se abriam com as novas circunstâncias políticas e os resultados ficaram muito aquém das minhas e das vossas legítimas expectativas“, continuou.

Assunção Cristas recordou ainda o percurso do CDS, dando conta que propôs ao partido um caminho focado nos “problemas das pessoas” e “assente na matriz comum”. “Esperava-nos um ciclo de oposição, que uns vaticinavam curto mas que, na minha opinião, duraria a legislatura completa, como se veio a verificar”.

“Uns dirão que a estratégia estava errada. Outros dirão que cometemos erros táticos ou na comunicação. Ouvi atentamente muitas análises e, naturalmente, tenho a minha própria. Mas este não é o momento nem o dia apropriado para dissecar os erros desse roteiro. O tempo encarregar-se-á dessa análise detalhada”, explicou.

Cristas deixou ainda agradecimentos aos que a acompanharam e um último pedido. “Se vos posso fazer um pedido é que o debate deste congresso seja profundo, sério, leal e a olhar para o futuro. Um debate assente nas ideias e nas pessoas, porque em política não há boas ideias sem boas pessoas para as defender e o inverso também é verdade”.

“Entrei há 12 anos para o CDS, comecei como alguém que vinha de fora. Hoje saio da liderança com a mesma liberdade com que entrei para o partido”, disse ainda a líder cessante dos centristas, dizendo que em política “nunca se pode esperar reconhecimento”.

A líder centrista cessante abandonou o congresso logo depois de ter proferido o seu discurso, que durou cerca de 13 minutos. Assunção Cristas, recorde-se, anunciou que não se ia recandidatar à liderança do CDS após as legislativas de outubro passado, em que o CDS perdeu 13 deputados ao reunir apenas 4,2% dos votos.

Cinco candidatos num congresso imprevisível

Cinco candidatos disputam no congresso deste fim-de-semana a liderança do CDS-PP: Abel Matos Santos, da Tendência Esperança em Movimento (TEM), o deputado e porta-voz João Almeida, o antigo parlamentar Filipe Lobo d´Ávila, do grupo “Juntos pelo Futuro”, o ex-presidente da concelhia de Viana do Castelo, Carlos Meira, e o líder da Juventude Popular (JP), Francisco Rodrigues dos Santos.

Um dos momentos decisivos do Congresso é a votação das moções dado que é uma espécie de primeira volta para escolher o líder. E quem vencer, por norma, apresenta uma lista candidata à comissão política nacional e demais órgãos do partido.

Cristas, que rendeu Paulo Portas na liderança do PSD, não revelou que candidato apoia para liderar o partido. Este é um congresso “imprevisível”, tal como frisa o semanário Expresso, dando conta que ninguém sabe o que acontecerá nas próximas 58 horas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “Cristas, que rendeu Paulo Portas na liderança do CDS, não revelou que candidato apoia para liderar o partido” e não “na liderança do PSD”.

  2. Vai e nao voltes!
    E aproveita e leva a outra Ana Isabel, Retornada Angolana, que diz que é “ainda mais maluca que a Isabel dos Santos”!
    Os Retornados habituados a viver em Paises “sem Lei”, a unica Lei que havia era “espzinhar e partir os ossos” aos Pretos, vieram para cá fazer o mesmo.
    Desaparecam do Mapa, só estão a fazer “mal” aos portugueses, a Portugal, e a União Europeia! E a Hukmanidade! Gente anormal!

  3. Para “Estou-te a ver”

    Aquilo que leio desta pessoa que não se quer identificar por razões óbvias (retribuo com o mesmo valor), demonstra um sentido de desconhecimento e falta de bom senso que só poderão ser justificadas por quem carrega muita inveja e ciúmes dos ditos “Retornados”. Tenha tento no teclado. Experimente por uma vez na vida raciocinar antes de teclar. É vergonhoso ainda haver gente desta em Portugal.

  4. Assunção Cristas chamou a si o que de mais odioso e primário tem o ser humano, a raiva e o ódio injustificado, movido apenas por um fanatismo ideológico que acabará inevitavelmente com o CDS. Ainda hoje pude constatar exactamente o mesmo erro estúpido e crasso do recém eleito dirigente do partido. As palavras e a ideologia são as de acabar com as esquerdas e com o socialismo. São tão estúpidos, tão burros que não percebem que esse discurso lhes matou o partido. Com essa atitude alcoviteira, maledicente e intriguista, conseguiu a asquerosa e odiosa Assunção Cristas deixar o CDS reduzido aquilo que de facto é, um partido de meia-dúzia de filhos de papá, com apelidos de família, desejosos de trazer de volta António Oliveira Salazar e os privilégios de alguns poucos. Azar nítido. Foi embora essa figura detestável de pseudo virtuosa e agora segue-lhe outros raivoso da mesma laia que vai FELIZMENTE ser o coveiro dessa gente inqualificável.

App deteta sinais de anemia. Basta fotografar a pálpebra com o smartphone

Uma equipa de cientistas desenvolveu um novo software capaz de tornar o diagnóstico de doenças do sangue muito mais simples, usando a câmara de um smartphone para avaliar os níveis de hemoglobina. A hemoglobina é uma …

O monumento mais alto do cemitério de Nova Orleães conta uma história de vingança e mesquinhez

Com 24 metros de altura, o Monumento Moriarty é o mais alto no cemitério Metairie de Nova Orleães, nos Estados Unidos. A sua construção conta uma história de mesquinhez: o memorial foi uma desculpa para …

FBI detém membro de um dos mais perigosos e lucrativos grupos de hackers

O FBI deteve recentemente um alegado membro de um dos mais temidos grupos de piratas informáticos do mundo, conhecido como Fin7. O grupo é suspeito de ataques informáticos que levaram a uma receita ilícita estimada em …

Artista gráfico faz reconstrução facial de Henrique VII de Inglaterra

Um artista gráfico fez uma reconstrução ultrarrealista de Henrique VII, Rei de Inglaterra entre 1485 e 1509. De acordo com o site Live Science, Matt Loughrey produziu a imagem de Henrique VII a partir da sua …

Marcelo promulga diploma que permite festa do Avante! (mas deixa recados ao Governo)

O Presidente da República promulgou, esta terça-feira, o diploma do parlamento sobre proibição de festivais e espetáculos de natureza análoga até 30 de setembro devido à covid-19, mas com reparos sobre "a garantia do princípio …

Governo italiano vai contratar 60 mil pessoas para vigiar distanciamento social

O Governo italiano vai contratar "assistentes cívicos" para garantir que os cidadãos cumprem o distanciamento social. Depois de mais de dois meses confinados nas suas casas para conter a propagação do coronavírus, os italianos começaram a …

Rio volta a admitir que PSD viabilize Orçamento Suplementar do Governo

O presidente do PSD afirmou hoje que viabilizará ao Governo uma proposta de Orçamento Suplementar, "como tudo indica que é", que proceda à adaptação de medidas a tomar até ao final do ano para o …

J.K. Rowling anuncia novo livro infantil a ser publicado gratuitamente online

A escritora britânica J.K. Rowling, autora da saga "Harry Potter", vai publicar um novo livro infantil, intitulado "The Ickabog", um conto de fadas que será disponibilizado 'online', gratuitamente e em formato de série, a partir …

Empresa portuguesa cria cabine que faz desinfeção total em 25 segundos

A Starmodular, uma empresa com sede em Belmonte, distrito de Castelo Branco, criou um sistema destinado a espaços abertos ao público que permite a desinfeção total em 25 segundos para evitar a propagação da Covid-19, …

TAP duramente criticada por marginalização do Norte. Rio fala em "empresa regional"

Rui Rio foi apenas uma das várias vozes que criticaram o novo plano de voo da TAP, em que a maioria das ligações repostas são de Lisboa. Marcelo Rebelo de Sousa também demonstrou a sua …