Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

Paulo Novais / Lusa

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas que a acompanharam.

“Cumpri o caminho traçado, mas falhei o resultado”, disse Assunção Cristas, a primeira mulher a liderar o CDS, no seu discurso de despedida. “Falhei porventura a análise das possibilidades que se abriam com as novas circunstâncias políticas e os resultados ficaram muito aquém das minhas e das vossas legítimas expectativas“, continuou.

Assunção Cristas recordou ainda o percurso do CDS, dando conta que propôs ao partido um caminho focado nos “problemas das pessoas” e “assente na matriz comum”. “Esperava-nos um ciclo de oposição, que uns vaticinavam curto mas que, na minha opinião, duraria a legislatura completa, como se veio a verificar”.

“Uns dirão que a estratégia estava errada. Outros dirão que cometemos erros táticos ou na comunicação. Ouvi atentamente muitas análises e, naturalmente, tenho a minha própria. Mas este não é o momento nem o dia apropriado para dissecar os erros desse roteiro. O tempo encarregar-se-á dessa análise detalhada”, explicou.

Cristas deixou ainda agradecimentos aos que a acompanharam e um último pedido. “Se vos posso fazer um pedido é que o debate deste congresso seja profundo, sério, leal e a olhar para o futuro. Um debate assente nas ideias e nas pessoas, porque em política não há boas ideias sem boas pessoas para as defender e o inverso também é verdade”.

“Entrei há 12 anos para o CDS, comecei como alguém que vinha de fora. Hoje saio da liderança com a mesma liberdade com que entrei para o partido”, disse ainda a líder cessante dos centristas, dizendo que em política “nunca se pode esperar reconhecimento”.

A líder centrista cessante abandonou o congresso logo depois de ter proferido o seu discurso, que durou cerca de 13 minutos. Assunção Cristas, recorde-se, anunciou que não se ia recandidatar à liderança do CDS após as legislativas de outubro passado, em que o CDS perdeu 13 deputados ao reunir apenas 4,2% dos votos.

Cinco candidatos num congresso imprevisível

Cinco candidatos disputam no congresso deste fim-de-semana a liderança do CDS-PP: Abel Matos Santos, da Tendência Esperança em Movimento (TEM), o deputado e porta-voz João Almeida, o antigo parlamentar Filipe Lobo d´Ávila, do grupo “Juntos pelo Futuro”, o ex-presidente da concelhia de Viana do Castelo, Carlos Meira, e o líder da Juventude Popular (JP), Francisco Rodrigues dos Santos.

Um dos momentos decisivos do Congresso é a votação das moções dado que é uma espécie de primeira volta para escolher o líder. E quem vencer, por norma, apresenta uma lista candidata à comissão política nacional e demais órgãos do partido.

Cristas, que rendeu Paulo Portas na liderança do PSD, não revelou que candidato apoia para liderar o partido. Este é um congresso “imprevisível”, tal como frisa o semanário Expresso, dando conta que ninguém sabe o que acontecerá nas próximas 58 horas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “Cristas, que rendeu Paulo Portas na liderança do CDS, não revelou que candidato apoia para liderar o partido” e não “na liderança do PSD”.

  2. Vai e nao voltes!
    E aproveita e leva a outra Ana Isabel, Retornada Angolana, que diz que é “ainda mais maluca que a Isabel dos Santos”!
    Os Retornados habituados a viver em Paises “sem Lei”, a unica Lei que havia era “espzinhar e partir os ossos” aos Pretos, vieram para cá fazer o mesmo.
    Desaparecam do Mapa, só estão a fazer “mal” aos portugueses, a Portugal, e a União Europeia! E a Hukmanidade! Gente anormal!

  3. Para “Estou-te a ver”

    Aquilo que leio desta pessoa que não se quer identificar por razões óbvias (retribuo com o mesmo valor), demonstra um sentido de desconhecimento e falta de bom senso que só poderão ser justificadas por quem carrega muita inveja e ciúmes dos ditos “Retornados”. Tenha tento no teclado. Experimente por uma vez na vida raciocinar antes de teclar. É vergonhoso ainda haver gente desta em Portugal.

  4. Assunção Cristas chamou a si o que de mais odioso e primário tem o ser humano, a raiva e o ódio injustificado, movido apenas por um fanatismo ideológico que acabará inevitavelmente com o CDS. Ainda hoje pude constatar exactamente o mesmo erro estúpido e crasso do recém eleito dirigente do partido. As palavras e a ideologia são as de acabar com as esquerdas e com o socialismo. São tão estúpidos, tão burros que não percebem que esse discurso lhes matou o partido. Com essa atitude alcoviteira, maledicente e intriguista, conseguiu a asquerosa e odiosa Assunção Cristas deixar o CDS reduzido aquilo que de facto é, um partido de meia-dúzia de filhos de papá, com apelidos de família, desejosos de trazer de volta António Oliveira Salazar e os privilégios de alguns poucos. Azar nítido. Foi embora essa figura detestável de pseudo virtuosa e agora segue-lhe outros raivoso da mesma laia que vai FELIZMENTE ser o coveiro dessa gente inqualificável.

Lisboa pode receber a final deste ano da Liga dos Campeões

Istambul não está agradada com a ideia de receber a final da Liga dos Campeões sem adeptos no estádio. Por isso, outras hipóteses estão a ser consideradas, nomeadamente Lisboa. A final da Liga dos Campeões está …

Há mesmo algo de reconfortante quando dizemos palavrões

Um novo estudo sugere que, nas circunstâncias certas, dizer palavrões em voz alta parece fazer as pessoas sentirem menos dor. Exatamente como e porque é que o ato de dizer asneiras consegue fazer com que as …

"Paraministro" de Costa. Gestor independente chamado para negociar plano económico de retoma

O primeiro-ministro, António Costa, convidou o diretor executivo da petrolífera Partex, António Costa Silva, para estudar o plano de recuperação económica. De acordo com o semanário Expresso, que avança a notícia na sua edição deste …

Termina o dever cívico de confinamento

O Conselho de Ministros aprovou esta sexta-feira o fim do “dever cívico de recolhimento”, que entrará em vigor na próxima segunda-feira, prevê a resolução que prolongou a situação de calamidade até 14 de junho. A situação …

"Ratos" de musgo espalham-se pelos glaciares do Ártico (e intrigam cientistas)

A presença de estranhas bolas de musgos nos ecossistemas de glaciares tem atraído a atenção da comunidade científica. Estas estranhas criatura proliferam no Ártico, mas também em regiões da Islândia e América do Sul. Especialistas de …

Há 29 países que podem visitar a Grécia a partir de 15 de junho. Portugal ficou de fora

A partir de 15 de junho, cidadãos oriundos de 29 países poderão visitar a Grécia, revelou esta sexta-feira o Governo helénico, dando conta que a lista elaborada teve em conta a situação epidemiológica de cada …

Portugal Continental não vai ter quarentena para turistas

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira que Portugal continental não vai aplicar normas de quarentena para quem vier de fora do país. No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se …

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …