Crianças do Estado Islâmico treinam decapitações com bonecas

(cv) YouTube

-

A estratégia do Estado Islâmico na Síria e no Iraque passa pelo uso de crianças em atentados suicidas, na frente de combate e também em vídeos de decapitações. E nos campos de treino do grupo terrorista, rapazes com idades a partir dos 8 anos aprendem a decapitar pessoas com bonecas.

Um adolescente de 14 anos, que conseguiu fugir de um campo de treinos do Estado Islâmico, conta à Associated Press como passou cinco meses a fazer “exercícios, treinos com armas e estudos Corânicos”, como foi obrigado a bater no próprio irmão para ficar “mais forte” e como os guerrilheiros lhes batiam “em todo o lado”.

Este jovem da minoria curda Yazidi, capturado juntamente com o irmão mais novo e com a mãe no Iraque, recebeu o nome muçulmano de Yahya no campo de treinos e foi obrigado a ver vídeos de decapitações, tal como os outros cerca de 120 rapazes com idades entre os 8 e os 15 anos que aí se encontravam.

O adolescente conta que os guerrilheiros lhes diziam que um dia também eles teriam que executar uma decapitação e para treinarem davam-lhes uma boneca e uma espada.

“Então, ensinaram-me como segurar na espada e disseram-me como golpear. Disseram-me que era a cabeça dos infiéis”, conta o jovem à Associated Press.

A actuação do Estado Islamico na Síria e no Iraque passa por matar os homens e raptar as mulheres e as crianças. E se elas – independentemente da idade – são usadas para escravidão sexual, eles são reeducados, forçados a converterem-se ao Islamismo e a tornarem-se guerrilheiros “jihadistas”.

Há relatos de crianças raptadas nas ruas e de outras convencidas a juntarem-se ao grupo terrorista a troco de presentes e de doces e, muitas vezes, contra a vontade dos próprios pais.

Depois, são vítimas de uma verdadeira lavagem cerebral, treinando nos campos durante 8 a 10 horas por dia, para serem usados em atentados suicidas e até nas decapitações de reféns.

Nas últimas semanas, foram divulgados na Internet vídeos com uma criança que não aparenta ter mais de 10 anos a decapitar um soldado sírio e  com 25 rapazes a darem um tiro na cabeça, sem hesitações, a 25 soldados sírios capturados.

Considerados “Ashbal”, o árabe para “crias de leão“, estes rapazes são rebaptizados com nomes muçulmanos e preparados para servirem a causa do Estado Islâmico cegamente.

De acordo com a organização britânica Observatório Sírio para os Direitos Humanos, só neste ano, juntaram-se ao Estado Islâmico 1100 crianças sírias com menos de 16 anos. E há a certeza de muitos casos que não estão documentados, o que aumenta o número até níveis desconhecidos.

Os dados da mesma organização apontam para a morte de 52 crianças, incluindo oito bombistas suicidas.

SV, ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Triste muito triste porque afinal onde está o resto do Mundo que nada faz.
    ( E ainda bem que não andamos a ensinar os nossos jovens a fazer decapitações…
    Ser solidário sim! )
    Esta parte era bom se fosse verdade pois hoje em dia o que mais se ensina é serem desonestos e olharem primeiro para os seus umbigos pois por alguma razão estamos hoje em dia como estamos em todas as partes do Mundo, mas isto é a minha opinião e claro que também existem pessoas de bem mas começa a ser um bem escasso.

Português infetado com coronavírus no Japão já foi transferido para o hospital

O português infetado com o coronavírus Covid-19 num navio de cruzeiros no Japão foi esta terça-feira transferido para um hospital na cidade de Okazaki. A mulher de Adriano Maranhão afirmou à agência Lusa que tinha acabado …

Cientistas descobrem novo estado eletrónico da matéria

Uma equipa de cientistas norte-americanos observou um novo estado da matéria, que mostra que os eletrões podem unir-se de maneira semelhante à forma como os quarks se combinam para formar neutrões e protões. Normalmente, os eletrões …

"Célula de combustível reversa" converte resíduos de carbono em produtos valiosos

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciou o desenvolvimento de um eletrolisador capaz de produzir produtos químicos valiosos a partir de CO2 e eletricidade limpa com uma velocidade 10 vezes superior …

Descobertas da missão Juno alimentam mistério da água em Júpiter

A missão Juno da NASA forneceu os seus primeiros resultados científicos sobre a quantidade de água na atmosfera de Júpiter. Publicados recentemente na revista científica especializada Nature Astronomy, os resultados da Juno estimam que, no …

Os humanos podem descender de marcianos antigos, diz Bill Nye

Bill Nye defendeu recentemente que é importante continuar a financiar a agência espacial norte-americana, especialmente se as missões levadas a cabo pela NASA no futuro ajudarem a responder a uma questão há anos tira o …

Londres dá o nome de Freddie Mercury a uma rua

Londres rebatizou uma das suas ruas em honra do vocalista dos Queen, Freddie Mercury. A rua em causa fica perto da primeira morada do artista na capital inglesa. Uma rua nos subúrbios de Londres, onde o …

Gil Vicente 0-1 Benfica | Vlachodimos segura liderança

O Benfica regressou às vitórias na Liga NOS e recuperou a liderança na tabela classificativa. Na visita ao Gil Vicente, os “encarnados” ganharam por 1-0, num jogo que foi tudo menos fácil para os campeões nacionais. O …

Exército norte-americano está a desenvolver tecidos que neutralizam agentes nervosos

A roupa das tropas norte-americanas poderá, no futuro, combater alguns dos agentes nervosos mais perigosos do mundo. Uma equipa de químicos da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, está a desenvolver um tecido capaz de neutralizar …

Mona Lisa de cubos mágicos vendida em leilão por 480 mil euros

"Rubik Mona Lisa", uma Mona Lisa feita com quase 300 cubos mágicos, foi vendida em leilão, este domingo, por 480.200 euros. A obra é da autoria do artista francês Invader. A obra de arte, que se …

Cientistas utilizam IA para criar antibiótico que mata até as bactérias mais resistentes

Investigadores norte-americanos utilizaram mecanismos de inteligência artificial para criar um poderoso, capaz de matar algumas das bactérias resistentes mais perigosas do mundo. Segundo informou o Guardian, este fármaco atua de maneira diferente dos antibacterianos existentes, tendo …