Cotrim Figueiredo diz que “foi um excelente arraial”. PCP diz que IL “mordeu a língua”

Manuel de Almeida / Lusa

O presidente da Iniciativa Liberal, João Cotrim de Figueiredo.

O líder da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim Figueiredo, não acata as críticas feitas ao arraial do partido, que diz ter sido “excelente”. Aliás, até já está a pensar no próximo.

“Vou dizer aqui uma coisa na SIC Notícias, 48 horas depois do arraial, que ainda ninguém disse: foi um excelente arraial”, atirou o deputado.

Num parecer a que a Agência Lusa teve acesso, o Delegado de Saúde Regional de Lisboa e Vale do Tejo, António Carlos da Silva, mostrou-se “desfavorável relativamente a todas as atividades que extravasem o referido comício político”, defendendo que “atendendo ao princípio de precaução em saúde pública, e pela situação epidemiológica atual na cidade de Lisboa, a mesma não deverá ocorrer e ser adiada”.

No entanto, segundo o partido, a comunicação só chegou na véspera.

“Queriam que servíssemos as sardinhas em caixas, 21 horas antes do evento”, disse Cotrim Figueiredo, realçando que foram cumpridas todas as regras que eram logisticamente possíveis de cumprir.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse esta terça-feira que o arraial organizado pela Iniciativa Liberal é fruto da “ânsia de palco”, que leva a que “muitos mordam a língua”, após as críticas feitas à organização do Avante.

“Considero que a ânsia de palco, a ânsia de apresentar qualquer coisa na espuma dos dias, naturalmente, depois leva a que muitos mordam a língua. Quantas barbaridades não foram ditas e depois quis demonstrar um exemplo pior”, afirmou Jerónimo de Sousa, referindo-se ao arraial do partido IL, que falava aos jornalistas à margem de uma manifestação dos agricultores, em Lisboa.

O líder do Partido Comunista notou ainda que as condições para a realização de iniciativas de forças políticas a “elas o responsabilizam”, ressalvando que “é preciso prosseguir a vida e a retoma económica e social, que não é incompatível com o respeito pelas normas sanitárias”.

Em resposta, à SIC Notícias, João Cotrim Figueiredo disse que só mordia a língua se o arraial da IL tivesse sido uma festa fechada só a quem compra entradas e se fosse uma angariação de fundos.

“Não mordo língua absolutamente nenhuma”, atirou, admitindo que já ficou a pensar nos próximos arraiais.

O arraial promovido pela IL decorreu no sábado, em Santos, Lisboa, contando com 20 espaços de comidas e bebidas, discursos políticos, música e dj’s.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O Cotrim ainda se vai juntar com o Ventura… em menos de um ano consegue fazer bem pior do que o que tanto criticou!…
    O partido ganhou algum protagonismo e o “poder” já lhes subiu à cabeça.

RESPONDER

Estado demora dois anos a pagar aos fornecedores

Atrasos nos pagamentos têm vindo a diminuir, com muitos organismos a conseguir cumprir os 60 dias previstos pela lei. À semelhança do que acontece com os prazos, também os valores em dívida apresentam uma tendência …

Ministra da Saúde abre a porta à presença de público na Supertaça

A Supertaça, entre Sporting e Sporting de Braga e agendada para sábado, pode vir a ter adeptos nas bancadas, admitiu a ministra da Saúde, esta terça-feira, descrevendo o jogo como um possível "evento-teste". "Em relação ao …

Escolas avançam para a "desmaterialização dos manuais"

"As escolas estão já a avançar para a desmaterialização dos manuais e materiais clássicos da aprendizagem", indicou esta segunda-feira o vice-presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), David Sousa, a …

Marcelo sai do Infarmed "irritantemente otimista". "Onde avança a vacina, o vírus recua"

O Presidente da República elogiou, esta terça-feira, o processo de vacinação, considerando que "é excecional" o ritmo a que tem avançado, e declarou-se "irritantemente otimista", expressão que antes atribuía ao primeiro-ministro. "Eu agora também estou, como …

EUA. Casos de covid-19 podem ter sido subestimados em 60%

O número de casos de covid-19 nos Estados Unidos (EUA) pode ter sido subestimado em até 60%, com as infeções relatadas a representarem "apenas uma fração do número total estimado". Esta é a conclusão de um …

Portugal com mais seis mortes e 2316 novos casos de covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, mais seis mortes e 2316 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 2316 novos …

Um quarto dos processos às companhias aéreas por falta de testes à covid já resultou em multas pagas

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) instaurou, entre 2020 e a semana passada, 539 processos a 40 companhias aéreas por transportarem passageiros para o território nacional sem o respetivo teste negativo à covid-19. Cerca …

Colômbia pede que a Venezuela seja declarada como país promotor do terrorismo

A Colômbia pediu esta segunda-feira aos EUA que declarem a Venezuela como país promotor do terrorismo por alegadamente "proteger" guerrilheiros colombianos do Exército de Libertação Nacional (ELN) e do Grupo Armado Residual (Gaor 33, composto …

Treze meses depois, Coreias voltam a falar ao telefone

As comunicações telefónicas estavam cortadas entre as duas Coreias desde junho de 2020, mas os dois países retomaram os contactos esta terça-feira. As duas Coreias retomaram esta terça-feira a comunicação telefónica 13 meses depois de ter …

Benfica: Kaio Jorge não quer jogar em Portugal (e alínea pode impedir saída)

Santos aceitou proposta vinda da Luz mas o jovem avançado prefere o campeonato italiano. E ainda há uma alínea no contrato que vai ser analisada. O Benfica apresentou uma proposta pela contratação de Kaio Jorge, com …