Costa trava alívio dos combustíveis (e PSD ainda pode chumbar proposta)

José Sena Goulão / Lusa

O primeiro-ministro António Costa

O primeiro-ministro desvalorizou a aprovação, na quinta-feira, do projecto de lei do CDS-PP para eliminar o adicional ao Imposto Sobre Produtos Petrolíferos (ISP), referindo que o mesmo não vai ter, para já, qualquer “tradução prática”.

Após a aprovação do projecto de lei do CDS-PP, esta sexta-feira o primeiro-ministro António Costa afirmou que, para já, “não há folga orçamental para reduções de receita fiscal porque a Constituição não o permite“.

“Essa folga nunca pode existir este ano porque a Constituição da República Portuguesa não permite ao parlamento aprovar reduções de receita. Há um debate em curso na Assembleia da República e, como o Governo disse, só estamos disponíveis para discutir a tributação da energia no seu conjunto e no momento próprio – o debate orçamental”, afirmou o primeiro-ministro.

António Costa falava aos jornalistas após presidir à reunião plenária da Comissão Permanente de Concertação Social, que junta o executivo e as confederações sindicais e as patronais, na sede do Conselho Económico e Social, em Lisboa, na preparação para o próximo Conselho Europeu.

“Antes disso, é absolutamente prematuro, é uma coisa de iniciativa política, mas que não tem nenhuma tradução prática”, reforçou o chefe do Governo.

Segundo o Correio da Manhã, a bancada socialista subscreve as palavras de António Costa. “Esta matéria não pode ser discutida a mata-cavalo, como quer o CDS“, atirou o deputado Carlos Pereira.

PSD, PCP e BE, admitem fazer todos os esforços para acelerar o processo, e o CDS quer que a proposta seja votada na especialidade até 18 de Julho, o fim da sessão legislativa, mas “dificilmente o Parlamento terá condições para concluir os trabalhos antes das férias”, assume o deputado comunista Bruno Dias.

O diploma dos centristas teve os votos favoráveis de PSD, CDS-PP e PAN, os votos contra de PS e as abstenções de PCP, BE e PEV, enquanto projectos de lei do PCP e do BE sobre o mesmo tema foram chumbados. A iniciativa legislativa democrata-cristã baixa agora à discussão na especialidade.

Para o CDS, a Assembleia da República deu, com a aprovação da proposta na generalidade, “um sinal claro, e um passo decisivo, de que se deve pôr fim ao significativo e injusto aumento do ISP”.

“Esta medida do governo socialista foi adoptada em 2016 sob o lema de uma suposta neutralidade fiscal que nunca se chegou a confirmar. Aliás, tem servido exclusivamente para o Ministro das Finanças conseguir bater recordes sucessivos ao nível da arrecadação fiscal”, lê-se no requerimento do CDS, a que a revista Sábado teve acesso.

O Governo introduziu em 2016 o denominado adicional ao imposto sobre a gasolina e o gasóleo, quando os preços do petróleo, que, entretanto, foram aumentando, atingiram níveis historicamente baixos, nomeadamente o barril de Brent.

No entanto, não é líquido que a proposta do CDS seja aprovada na especialidade. O secretário-geral do PSD, José Silvano, adiantou esta sexta-feira à Lusa que os sociais-democratas só viabilizarão a proposta do CDS na especialidade se ela garantir a neutralidade fiscal.

Segundo Silvano, foi acordado entre Fernando Negrão e o líder do PSD, Rui Rio, que “o projeto do CDS vai ter de ter alterações na especialidade para poder merecer voto do PSD”, nomeadamente garantindo que não diminuirá de forma significativa a receita fiscal prevista.

Também o PCP, que tal como o Bloco de Esquerda se absteve na generalidade, permitindo a viabilização da proposta, deixou claro que só aprovará na especialidade uma formulação que respeite a norma travão do Orçamento do Estado, que diz que uma lei não pode aumentar a despesa ou reduzir a receita orçamental durante o exercício em curso.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pois é mas se o Exmo Sr. Costa não se recorda este imposto era para compensar a perda de receita quando os combustíveis estavam a preços mais baixos e disse que ia ser revisto de 3 em 3 meses, agora já é definitivo? Vivo em Lisboa e posso dizer que foi graças a este Senhor que pago a água mais cara do país! Obrigado Exmo Sr. Costa, a vida Costa!

RESPONDER

Penálti que deu vitória ao Sporting devia ter sido repetido

Um penálti convertido por Pedro Porro deu a vitória, este domingo, ao Sporting. Especialistas entendem que a grande penalidade devia ter sido repetida. O Sporting CP conquistou uma vitória sofrida, este domingo, após derrotar o Estoril …

Marques Mendes: Governo vai abrir discotecas e acabar com limite à lotação no comércio e restaurantes

Marques Mendes considera também que a task force para a vacinação deve ser extinta em Outubro e que em Dezembro deve ser decidida uma terceira dose para os cidadãos acima de 65 anos. No seu habitual …

OE2022: Governo negocia englobamento obrigatório de rendimentos no IRS

O englobamento obrigatório de rendimentos no IRS é uma medida que está incluída no programa do Governo e é um dos temas de grande interesse no núcleo comunista. O assunto está a ser negociado no …

Falcao marcou mas o protagonista foi o árbitro: "Já nem sei quem viu amarelo"

Falhas na comunicação com os outros árbitros e confusão numa suposta expulsão, após 13 cartões amarelos: um jogo que Cordero Vega não vai esquecer. Radamel Falcao estreou-se neste sábado pelo Rayo Vallecano e já terá reunido …

Descoberta de ossos com mais de 120 mil anos pode revelar a primeira evidência de uma fábrica de roupa

Uma equipa de arqueólogos encontrou aquela que pode ser a primeira evidência de uma fábrica de roupa. A descoberta foi feita numa caverna em Marrocos e foi datada de há cerca de 120 mil anos. Emily …

Câmaras de videovigilância nas ruas portuguesas disparam em oito anos

Desde que foram autorizadas pela primeira vez em território nacional, os sistemas de videovigilância com recurso a câmaras nos espaços públicos tem sido cada vez mais requisitado pelas forças de segurança. Em 2009 foi autorizada pelo …

João Félix: o "louco" e o "calvário"

Avançado do Atlético de Madrid só esteve em campo durante 18 minutos, contra o Atlético Bilbau. Simeone defendeu o português. João Félix foi o nome mais comentado após o empate entre Atlético de Madrid e Atlético …

PCP quer limite de quatro dias por semana em teletrabalho

O projeto do PCP propõe limitar o teletrabalho a quatro dias por semana e que as empresas paguem o acréscimo das contas da luz, água, internet e telefone. O PCP quer limitar o regime de teletrabalho …

"The Crown" domina Emmys e "The Handmaid's Tale" é a derrotada da noite

A série da Netflix “The Crown” foi a grande vencedora da 73.ª edição dos Prémios Emmy, levando pela primeira vez a estatueta de Melhor Série Dramática e dominando por completo a categoria na maior noite …

Vacina contra a covid-19 em spray nasal tem vários benefícios - e pode estar para breve

Atualmente, receber uma vacina contra a contra a covid-19 é sinónimo de levar uma injeção no braço. Contudo, esta realidade pode mudar, já que um novo estudo garante a eficácia de vacinas administradas de forma …