Costa quer poucas mexidas. O problema é se Centeno sai

Tiago Petinga / Lusa

O primeiro-ministro António Costa

O primeiro-ministro não quer grandes alterações no próximo Governo ao nível de ministros e secretarias de Estado. Mas se Centeno sair, “teremos de fazer um Governo daquele que temos”.

Em equipa que ganha não se mexe: esta é uma máxima que tanto se aplica no futebol, como na estratégia que António Costa se prepara para usar na formação do seu Governo na próxima legislatura.

O primeiro-ministro tem consciência de que terá de fazer obrigatoriamente algumas alterações. Vieira da Silva, por exemplo, não está disponível para continuar à frente da pasta do Trabalho e Segurança Social. Além disso, há uma outra pedra no sapato chamada Mário Centeno, cujo futuro pode passar pela direção do FMI.

Se esta última hipótese se concretizar, irá abrir uma vaga numa pasta crítica de qualquer Governo. Aliás, Costa já admitiu que se perder o seu ministro mais popular, “evidentemente teríamos de fazer um governo diferente daquele que temos”.

Para esse cenário, o nome mais falado no PS (referido até por Marques Mendes no seu habitual comentário na SIC) é o de Elisa Ferreira, atualmente no Banco de Portugal, mas que também é hipótese para a Comissão Europeia, segundo avança o Expresso.

Apesar de algumas mexidas cirúrgicas mas inevitáveis, Costa tem a equipa estabilizada desde a última remodelação, quando lançou novos ministros para a Saúde (Marta Temido), Economia (Pedro Siza Vieira, que já era ministro-adjunto), Infraestruturas (Pedro Nuno Santos), Planeamento (Nelson de Souza), Cultura (Graça Fonseca) e Assuntos Parlamentares (Duarte Cordeiro).

As listas de candidatos a deputados apresentadas pelo PS esta semana evidenciam a importância que o primeiro-ministro dá à manutenção de boa parte das peças do seu Executivo. Tal como o Expresso havia adiantado, quase metade dos 62 atuais membros do Governo são candidatos à Assembleia da República: são 27 os governantes nas listas, entre o primeiro-ministro, 12 ministros e 14 secretários de Estado.

Ainda assim, isto não significa que sejam apenas estes os governantes que António Costa conta repescar para o seu futuro Governo. Segundo o semanário, há o exemplo de Duarte Cordeiro que não quis integrar a lista de Lisboa, mas está disponível para continuar no Governo (só não tenciona ser deputado).

Pedro Siza Vieira, que só integrou o Executivo a meio do mandato, também não é candidato ao Palácio de São Bento, mas está no Governo para ficar, adianta ainda o Expresso.

No entanto, a regra é os ministros entrarem nas listas – e até Centeno marca presença, como 5.º em Lisboa, apesar das dúvidas em relação ao futuro do governante.

Na mesma lista surgem ainda Mariana Vieira da Silva, Graça Fonseca e João Gomes Cravinho, para além de António Costa como número 1. Pelo Porto concorrem João Matos Fernandes e Ana Paula Vitorino, enquanto Eduardo Cabrita surge na lista de Setúbal, Pedro Nuno Santos na de Aveiro, Tiago Brandão Rodrigues na de Vila Real e Capoulas Santos por Évora. Augusto Santos Silva concorre pelo círculo de fora da Europa e Marta Temido estreia-se como candidata encabeçando Coimbra.

De acordo com o matutino, há outras duas escolhas que significam apostas pessoais de Costa em protagonistas a quem augura futuro político: as secretárias de Estado Alexandra Leitão (Educação) e Ana Mendes Godinho (Turismo), que encabeçam as listas de Santarém e da Guarda, respetivamente.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …

Remédio contra piolhos está a ser usado contra covid-19. Infarmed e DGS investigam

"Centenas" de doentes de covid-19, em Portugal, têm sido tratados com o antiparasitário Ivermectina que é usado contra piolhos e lombrigas. Há médicos que o prescrevem e que também o tomam a título preventivo, embora …

Sporting bate recorde histórico, mas até o do 6-3 era melhor (quando Amorim não estava "do lado certo")

O Sporting não perde há 22 jogos e bateu o recorde de invencibilidade dos leões em jogos do campeonato que pertencia à equipa de 1981/1982. Um dado que deixa Ruben Amorim orgulhoso, mas o treinador …

"Estou a morrer." Constança luta por um medicamento para se salvar, Infarmed diz que não recebeu pedido do Hospital

Constança Bradell fez um apelo nas redes sociais, numa publicação em que descreve a luta que está a travar contra a fibrose quística. A jovem, de 24 anos, pede a aprovação do medicamento que lhe …

Um século de luta comunista comemorado com 100 ações pelo país

O mais antigo partido político comemora, esta sábado, 100 anos de existência. PCP vai festejar o aniversário com 100 ações pelo país. O PCP assinala, este sábado, os seus 100 anos com 100 ações, em mais …

Relações esfriadas. Moedas consultou Marcelo, mas dispensou conselhos de Passos

Antes de anunciar a sua candidatura a Lisboa, Carlos Moedas consultou Marcelo Rebelo de Sousa e falou com Paulo Portas. Com Pedro Passos Coelho só falou um dia depois de o seu nome ter sido …

Portugal não pode perder o comboio da Europa. Para Marcelo, é hora de aproveitar o novo ciclo

A crise que assolou o nosso país tem de ser aproveitada para "olhar para os problemas estruturais". A mensagem foi deixada pelo Presidente da República, nesta sexta-feira, na conferência de abertura do Festival P, com …

Santana não desiste e admite candidatar-se à Figueira (mesmo à revelia do PSD local)

Pedro Santana Lopes não fecha totalmente a porta e admite vir a candidatar-se à Figueira da Foz como independente. Mesmo que a concelhia do PSD já tenha tomado uma decisão e avance com Pedro Machado, Pedro …

Um Papa na "Terra de Abraão" pela primeira vez na História. Francisco em viagem inédita ao Iraque

Depois de 15 meses em Itália, o Papa Francisco regressou às viagens pastorais com uma visita de quatro dias ao Iraque, uma viagem inédita de um líder da Igreja Católica ao Iraque.  O Papa Francisco desafiou …

Jesus não "perdoa" Vlachodimos pelo erro no dérbi. Vieira já definiu preço para o guardião

O jornal O Jogo escreve este sábado que o treinador do Benfica, Jorge Jesus, ainda não esqueceu o erro do guardião Odysseas Vlachodimos frente ao Sporting, numa partida para o campeonato que acabou com a …