“Comigo não há pântanos”. António Costa diz-se preparado para governar quatro anos

Mário Cruz / EPA

O secretário-geral do PS afirmou-se hoje preparado para cumprir como primeiro-ministro os quatro anos de legislatura e afastou o cenário do “pântano” do segundo executivo de Guterres, que caiu após um mau resultado nas autárquicas de 2001.

António Costa transmitiu esta sua posição numa reunião do Grupo Parlamentar do PS, que durou cerca de uma hora, durante a qual procurou deixar uma mensagem aos deputados socialistas de que o seu segundo Governo “não é para durar dois anos”.

“Este Governo é para quatro anos, comigo não há pântanos”, declarou António Costa, citado por vários deputados socialistas.

Deputados socialistas referiram à agência Lusa que António Costa pretendeu traçar uma clara linha de demarcação entre o seu novo executivo e o segundo Governo liderado por António Guterres, que se demitiu do cargo de primeiro-ministro a meio da legislatura (1999/2003), depois de o PS ter obtido um mau resultado nas eleições autárquicas de dezembro de 2001.

Neste ponto, o secretário-geral do PS frisou que o seu mandato como primeiro-ministro “não está dependente do ciclo eleitoral da próxima legislatura”, designadamente das eleições autárquicas de 2021.

Na reunião da bancada socialista, também o antigo líder do PS Ferro Rodrigues se referiu ao período do segundo Governo liderado por António Guterres e à ideia do “pântano político”, dizendo que viveu ele próprio esteve na primeira linha (enquanto membro do Governo e dirigente socialista) nesse período.

Ferro Rodrigues, que hoje o PS o recandidatou à presidência da Assembleia da República, recordou que, após a demissão de António Guterres de dezembro de 2001, acabou por assumir a liderança dos socialistas no início de 2002, tendo depois perdido as legislativas por cerca de dois pontos percentuais para o PSD em abril desse ano.

Perante os jornalistas, no final da reunião, o secretário-geral do PS afirmou que a próxima legislatura “será de grande responsabilidade”, visto que os portugueses confiaram aos socialistas “a missão de governar o país nos próximos quatro anos”.

“Vai ser uma legislatura muito exigente, mas também muito estimulante – e é fundamental contar com o apoio do Grupo Parlamentar do PS para que a ação governativa possa ser bem sucedida, cumprindo os compromissos que assumimos e o nosso caderno de encargos para a governação”, declarou.

António Costa confirmou depois que a eleição de Ana Catarina Mendes e da sua direção da bancada terá lugar na sexta-feira, dia em que também o PS recandidatará Ferro Rodrigues para a presidência da Assembleia da República.

“Será uma lista paritária com Eduardo Ferro Rodrigues como candidato a presidente da Assembleia da República e Edite Estrela como candidata a primeira vice-presidente”, referiu.

Neste contexto, António Costa deixou um voto de confiança em Ana Catarina Mendes como presidente do Grupo Parlamentar do PS, dizendo que “é uma deputada muito experiente e que, ao longo dos últimos anos, teve uma missão muito importante como secretária-geral adjunta” dos socialistas.

“Ana Catarina Mendes estava em excelentes condições para suceder como presidente do Grupo Parlamentar do PS a Carlos César, que, por vontade própria, deixou de ser deputado. Felizmente, podemos continuar a contar com Carlos César como presidente do PS. Será seguramente um presidente bastante ativo”, disse o líder dos socialistas, tendo ao seu lado o ex-presidente do Governo Regional dos Açores.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Grunhiu sobre os «PÂNTANOS». criticando a «vaca sagrada» GUTERRES, que teve o bom senso de reconhecer que tinha atingido o seu NÍVEL DE INCOMPETÊNCIA para governar o país! É o que, com toda a propriedade, se pode qualificar como uma FRASE do CANECO!

RESPONDER

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …

O Budismo é a religião da paz. E não foi por acaso que conseguiu esta reputação

No ocidente, muitas pessoas associam o budismo à paz. No entanto, os budistas têm vindo a envolver-se em conflitos violentos desde o surgimento da religião. Num artigo assinado no The Conversation, Nick Swann, professor de Estudos …

Nikolai Glushkov. Exilado crítico de Putin morto em 2018 em Londres foi estrangulado

O exilado russo e crítico de Putin, Nikolai Glushkov, que foi encontrado morto e, 2018 na sua própria casa em Londres, no Reino Unido, foi estrangulado. O empresário Nikolai Glushkov, que criticava o presidente russo Vladimir …

Ivo Rosa levanta arresto a casa da rua Braamcamp e apartamento de Paris (e já há uma petição para o afastar)

O apartamento da rua Braamcamp, em Lisboa, onde residia o ex-primeiro-ministro José Sócrates, o Monte das Margaridas e a casa em Paris de Carlos Santos Silva deixaram de estar arrestadas na Operação Marquês por decisão …

O novo castelo da Disney em Hong Kong é uma celebração da diversidade

O novo castelo da Disney, no parque temático de Hong Kong, quer celebrar a diversidade, homenageando não apenas uma das suas princesas, mas várias. Walt Disney morreu há 55 anos e, desde então, muita coisa mudou. …

Vacinas (ainda) não são o princípio do fim. Sociólogo prevê que demorará anos a limpar “destroços” da covid-19

O médico e sociólogo norte-americano Nicholas Christakis defende, em entrevista à agência Lusa, que as vacinas não são ainda o princípio do fim da pandemia, considerando que demorará anos a limpar “os destroços” da covid-19. “Somos …

Jornalista grego especializado em crime assassinado a tiro. Primeiro-ministro pede rapidez na investigação

Um jornalista grego especializado em assuntos criminais foi esta sexta-feira morto por desconhecidos em frente da sua casa em Alimos, nos subúrbios de Atenas, anunciou fonte policial. Giorgos Karaïvaz, jornalista da televisão privada grega Star, foi …

Após 5 meses, alguns Boeing 737 MAX terão de voltar a ficar em terra. Há um "possível problema elétrico"

Cinco meses após voltar a voar após dois acidentes fatais, a Boeing voltou a pedir aos seus clientes que imobilizassem algumas das suas aeronaves para corrigir um "possível problema elétrico". De acordo com a AFP, esta …

25 de Abril marca revolução na linha do Minho. CP vai pôr a circular comboios eléctricos

Os comboios eléctricos vão começar a circular na linha do Minho, nos serviços inter-regional e regional, no próximo dia 25 de Abril. Além disso, o comboio Intercidades também vai chegar a Valença. Estas novidades constituem uma …

Em homenagem ao príncipe Filipe, salvas de canhão ouviram-se em todo o Reino Unido (e Buckingham encheu-se de flores)

Salvas de tiros de canhão foram disparadas este sábado ao meio-dia em todo o Reino Unido em homenagem ao príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II, que morreu na sexta-feira aos 99 anos. A partir da …