Costa com a pior nota da legislatura (e já foi ultrapassado por Catarina Martins)

Tiago Petinga / Lusa

O Partido Socialista mantém as intenções de voto, mas tanto a avaliação do primeiro-ministro como as expectativas no Governo baixam para novos mínimos.

A linha de aceitação de António Costa mantém o sentido descendente, de acordo com a sondagem da Aximage feita para o Jornal de Negócios e Correio da Manhã: se há um ano o primeiro-ministro recebeu uma nota dos inquiridos de 13,6 pontos, em março esse número está nos 9,2.

Em relação aos restantes líderes partidários, António Costa foi ultrapassado pela líder do Bloco de Esquerda: Catarina Martins é a líder mais popular, com 9,4 pontos. Já o líder social-democrata, Rui Rio, sobe e apanha Assunção Cristas (7,9), acompanhado por Jerónimo de Sousa, líder comunista, também em alta (8,2).

Já o índice de expectativas em relação ao Governo atinge o nível mais baixo desde fevereiro de 2016 (22 pontos) — uma queda que é idêntica à que ocorreu entre junho e julho de 2017, depois dos incêndios na zona centro do país.

Mas se a nota do Executivo é em sentido descendente – o que poderá ser explicado com a contestação social e o ambiente de fim de ciclo- António Costa mantém-se a primeira escolha para primeiro-ministro, com as intenções de voto a subir ligeiramente para 53,8%, enquanto Rui Rio desce para 27,7%.

PS e PSD mantêm a distância um do outro. A sondagem revela que as intenções de voto do PS mantêm-se praticamente inalteradas, nos 36,3%, bem acima do PSD, que baixa ligeiramente para 23,9%. No entanto, os resultados não chegam para uma maioria absoluta dos socialistas. De resto, CDS, Bloco de Esquerda e CDU registam subidas ligeiras. O Aliança, de Pedro Santana Lopes, passa de 1,6% para 1,8%, enquanto o PAN recua de 2,5% para 2,2%.

A nível ministerial, a ministra da Saúde, Marta Temido, permanece como o membro do Governo com pior avaliação. Em sentido contrário está Mário Centeno, com a pasta das Finanças, que é classificado pelos inquiridos como o melhor ministro do executivo.

Marcelo recupera popularidade

Depois de vários meses em queda, a popularidade do Presidente da República volta a recuperar em março. Marcelo Rebelo de Sousa subiu de 14,5 para 15,4, sendo que a percentagem de inquiridos que avalia com nota positiva o Chefe de Estado aumentou para os 69,2%. A sondagem da Aximage foi realizada entre os dias 9 e 13 de março, apanhando a viagem de Estado de Marcelo a Angola.

O Chefe de Estado, que há um ano tinha obtido uma avaliação de 18,5 na opinião dos eleitores, chegou a cair para 14,5 no mês passado.

Na semana passada, o Chefe de Estado revelou não estar preocupado com a queda da sua popularidade entre os portugueses, dando conta que este assunto não lhe “causa depressão”.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Relações esfriadas. Moedas consultou Marcelo, mas dispensou conselhos de Passos

Antes de anunciar a sua candidatura a Lisboa, Carlos Moedas consultou Marcelo Rebelo de Sousa e falou com Paulo Portas. Com Pedro Passos Coelho só falou um dia depois de o seu nome ter sido …

Portugal não pode perder o comboio da Europa. Para Marcelo, é hora de aproveitar o novo ciclo

A crise que assolou o nosso país tem de ser aproveitada para "olhar para os problemas estruturais". A mensagem foi deixada pelo Presidente da República, nesta sexta-feira, na conferência de abertura do Festival P, com …

Santana não desiste e admite candidatar-se à Figueira (mesmo à revelia do PSD local)

Pedro Santana Lopes não fecha totalmente a porta e admite vir a candidatar-se à Figueira da Foz como independente. Mesmo que a concelhia do PSD já tenha tomado uma decisão e avance com Pedro Machado, Pedro …

Um Papa na "Terra de Abraão" pela primeira vez na História. Francisco em viagem inédita ao Iraque

Depois de 15 meses em Itália, o Papa Francisco regressou às viagens pastorais com uma visita de quatro dias ao Iraque, uma viagem inédita de um líder da Igreja Católica ao Iraque.  O Papa Francisco desafiou …

Jesus não "perdoa" Vlachodimos pelo erro no dérbi. Vieira já definiu preço para o guardião

O jornal O Jogo escreve este sábado que o treinador do Benfica, Jorge Jesus, ainda não esqueceu o erro do guardião Odysseas Vlachodimos frente ao Sporting, numa partida para o campeonato que acabou com a …

Abandonar Aeroporto do Montijo e apostar em Alcochete custará ao Estado tanto como "15 hospitais"

O Aeroporto do Montijo está, de novo, em águas de bacalhau, mas se o Governo tiver mesmo de abandonar o projecto, o Estado terá de desembolsar uma indemnização de 10 mil milhões de euros. Além …

Equipas móveis vão percorrer o país para testarem alunos, professores e funcionários de escolas públicas

Equipas móveis - compostas por enfermeiros, técnicos e administrativos - vão percorrer o país para testarem todas as escolas públicas do continente. Numa primeira fase, o universo de testados rondará as 500 mil pessoas. O Público …

Disse para mim mesma: "Auriol, o primeiro é o teu lugar" - e foi

A portuguesa Auriol Dongmo conquistou, esta sexta-feira, a medalha de ouro do lançamento do peso nos Campeonatos da Europa de atletismo de pista coberta, que se estão a disputar em Torun, Polónia. Auriol Dongmo conquistou a …

Eduardo Quaresma não tem o que é preciso para singrar, diz olheiro de topo

Um olheiro internacional de topo considera que Eduardo Quaresma não tem aquilo que é preciso para singrar ao mais alto nível. Em declarações ao ZAP, o scout argumenta que lhe faltam qualidades físicas. Eduardo Quaresma é …

Governo aprova proposta de lei para retirar veto de autarquias a aeroportos

Após o chumbo do Montijo, o Conselho de Ministros aprovou, esta sexta-feira, uma proposta de lei que prevê a dispensa do parecer favorável das autarquias na construção de aeroportos. De acordo com o Observador, esta proposta …