Costa aconselhado a usar duas máscaras em sítios fechados e lotados. Novas regras de isolamento para vacinados em breve

Hugo Delgado / Lusa

Depois de sair do isolamento, o primeiro-ministro foi aconselhado pelas autoridades de saúde a manter alguns cuidados. Novas regras de isolamento para pessoas vacinadas vão ser publicadas em breve.

O isolamento do primeiro-ministro na semana passada, depois de um membro do seu gabinete ter testado positivo à covid-19, levantou algumas dúvidas, inclusive do próprio Presidente da República, uma vez que já tem a vacinação completa.

António Costa já saiu do isolamento, porém, segundo o jornal online Observador, foi aconselhado pelas autoridades de saúde a manter alguns cuidados como, por exemplo, manter uma distância de dois metros das outras pessoas, usar uma máscara FFP2 ou duas máscaras caso esteja em locais fechados e com muita gente.

Esta quinta-feira, na conferência de imprensa depois do Conselho de Ministros, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, admitiu que o isolamento profilático de uma pessoa já vacinada pode parecer incoerente, mas defendeu que “é uma avaliação individual”.

“Compreendo bem o sentimento de que pode haver medidas que possam parecer não coerentes, elas próprias resultam até das orientações das organizações internacionais, nomeadamente do ECDC [Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças], em matéria de como lidar com um contacto de risco ou como lidar com o certificado de vacinação”, afirmou.

“A avaliação que leva a um confinamento e que não me cabe aqui a mim justificar, é uma avaliação individual. Em cada caso há uma decisão em função de critérios que eu não conheço e não me cabe a mim conhecer”, salientou.

Quando Marcelo Rebelo de Sousa pediu explicações sobre o isolamento de Costa, a Direção-Geral da Saúde (DGS) justificou-se com o “princípio da precaução” e com aquilo que estava previsto em duas normas: “as pessoas vacinadas são abordadas, no que diz respeito ao isolamento e testagem, respetivamente, da mesma forma que as pessoas não vacinadas”.

Na altura, a DGS reconheceu também que esta matéria se encontrava em discussão e que poderia ser atualizada. Segundo o mesmo jornal digital, a nova norma para estas situações vai ser publicada “muito rapidamente”.

Em declarações ao Observador, Gustavo Tato Borges, vice-presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública, confirma que o caso do primeiro-ministro não é único e que ainda estão a ser aconselhadas medidas desta natureza em situações semelhantes, sobretudo em concelhos em que a incidência de casos de infeção é maior, como Lisboa e Vale do Tejo.

Esta semana, o epidemiologista Manuel Carmo Gomes já tinha defendido que uma pessoa que esteja completamente vacinada não deve ser obrigada a fazer quarentena.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Este é o homem que antes de ser obrigatório usar máscara já a usava há décadas. Porém, a máscara cai-lhe com facilidade e os Portugueses já o começam a conhecer bem.

RESPONDER

Governo vai testar 35 mil funcionários de creches e pré-escolar até 3 de outubro

Os funcionários das creches, do pré-escolar e a rede nacional de amas começaram esta quinta-feira a ser testados à covid-19, numa ação que até 3 de outubro abrangerá 35 mil pessoas em todo o país. O …

Bem-vindo à última fase do desconfinamento: fim do certificado em restaurantes, máscara em transportes e lares

"Estamos em condições para avançar para a terceira fase de desconfinamento." Foi com esta frase que António Costa deu início à conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira. Portugal vai avançar para a …

EUA reabrirá campo de detenção de migrantes perto da prisão de Guantánamo

A administração do Presidente dos Estados Unidos (EUA) Joe Biden se prepara para reabrir um campo de detenção de migrantes na Baía de Guantánamo, após um aumento de migrantes e requerentes de asilo no sul …

Défice desce para 5,3% do PIB no 2.º trimestre do ano

O défice orçamental do primeiro semestre deste ano é de 5,5% do PIB. A meta do ministro das Finanças para o ano de 2021 é de 4,5%.  O défice orçamental fixou-se em 5,3% do PIB no …

É a maior contração desde 1995. INE revê queda do PIB para 8,4%

A queda foi pior do que se esperava: o Produto Interno Bruto (PIB) recuou 8,4% e não 7,6%, indicam os recentes dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 8,4% em …

EUA aprovam terceira dose da Pfizer para maiores de 65 anos e grupos de risco

A Food and Drugs Adminustration (FDA) anunciou, na noite de quarta-feira, ter dado luz verde à administração de uma terceira dose da vacina da Pfizer em alguns casos. O organismo que regula a comercialização de medicamentos …

Estabelecimentos de Santos vão encerrar mais cedo. Psicólogos alertam que fim de restrições pode levar a excessos

Redução do horário é a solução encontrada pelos empresários para dar resposta à recente onda de criminalidade que se tem registado na zona de Santos. Especialistas em psicologia apontam o levantar das medidas de restrição, …

885 novos casos e cinco mortes. Internamentos continuam em queda

Portugal registou 885 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

Número de professores de informática é insuficiente para responder à procura

Aquela que poderia ser uma notícia positiva tem, na realidade, um contexto negativo, já que evidencia uma falha estrutural do sistema de ensino português. De acordo com as informações veiculadas pela Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE), …

De olhos postos em Almada e com a aposta em Joana Mortágua, o Bloco volta a prometer passes a 20 euros

Em campanha em Almada com Joana Mortágua, a habitação e os passes sociais foram os temas em cima da mesa do Bloco de Esquerda. Depois de andar em campanha no Norte, o Bloco de Esquerda foi …