Correio da Manhã corrige notícia sobre subornos a Sócrates

(dr) Jornal de Leiria

Joaquim Paulo Conceição, CEO do Grupo Lena

Joaquim Paulo Conceição, CEO do Grupo Lena

O Correio da Manhã retificou este domingo a manchete de sexta-feira segundo a qual o presidente do Grupo Lena teria confirmado que foram pagas comissões ao ex-primeiro-ministro José Sócrates, atribuindo agora essas declarações ao procurador do Ministério Público.

O jornal admitiu o erro e pediu desculpa a Joaquim Paulo Conceição, atribuindo ao procurador Rosário Teixeira a frase que sustentou a notícia da manchete: “O Grupo Lena procurou apoio do poder político através de Sócrates, a quem pagava”.

O Correio da Manhã atribuiu esta frase ao presidente do grupo Lena, durante o depoimento no Departamento Central de Investigação Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito da Operação Marquês.

Apesar da retificação, o jornal refere, no entanto, que “reafirma o essencial dos factos relatados“.

Na sexta-feira, Joaquim Paulo da Conceição negou “total e categoricamente” que, no âmbito do processo da Operação Marquês, reconheceu ter feito pagamentos ao ex-primeiro-ministro José Sócrates para conseguir negócios para as suas empresas.

Em comunicado, Joaquim Paulo da Conceição negou, “na totalidade do seu conteúdo”, a manchete da edição do Correio da Manhã de que confessara ter feito pagamentos a José Sócrates.

Também os advogados de defesa de José Sócrates afirmaram que o presidente do Grupo Lena declarou nunca ter pago “o que quer que fosse” ao seu constituinte nos depoimentos que fez no âmbito do processo.

José Sócrates, 59 anos, foi o primeiro ex-chefe do Governo a ser detido preventivamente em Portugal, indiciado por corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Entre os arguidos no processo estão o ex-administrador da CGD e antigo ministro socialista Armando Vara e a sua filha Bárbara Vara, Carlos Santos Silva, empresário e amigo do ex-primeiro-ministro, Joaquim Barroca, empresário do grupo Lena, João Perna, antigo motorista do ex-líder do PS, Paulo Lalanda de Castro, do grupo Octapharma, Inês do Rosário, mulher de Carlos Santos Silva, o advogado Gonçalo Trindade Ferreira e os empresários Diogo Gaspar Ferreira e Rui Mão de Ferro e o empresário luso-angolano Helder Bataglia.

Na quarta-feira, a Procuradoria-Geral da República (PGR) informou que concedeu mais 180 dias para a “realização de todas as diligências de investigação consideradas imprescindíveis” na Operação Marquês.

/Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Sempre e sempre, o pasquim “Correio da Manhã”.
    São realmente um jornaleco ordinário. Rectificou a manchete dois dias após “vender” a trafulhice aos leitores. Nesses dois dias alguém foi lesado na imagem não?

  2. Não houvesse o “Pasquim” nada estaria a ser investigado!
    Bem mal está esta Democracia quando as entidades que deveriam fiscalizar a Administração e Gestão Pública, nada veem!
    Ninguem é responsabilizado pelos seus actos, mesmo quando cometidos á margerm da Lei.

  3. A diferença entre pasquim e jornal é que jornais, investigam com seriedade na busca da verdade, não a que convém a alguns mas, simplesmente , a verdade. O pasquim não procura verdade nenhuma, faz sensacionalismo, quer é vender papel, chegando ao cumulo de fazer manchetes mentirosas e, dois dias depois, desmente o que escreveu, no entretanto, prejudicou a imagem de alguém. Para mim isto não é investigar, é especular.

    • Será que não? Basta publicar qualquer coisa sobre o Sócrates (e nem é preciso ser verdade – coisa estranha a este pasquim) que vendem milhões! O povo gosta de se enganado.

  4. “Apesar da retificação, o jornal refere, no entanto, que “reafirma o essencial dos factos relatados“.” – Consegue identificar as duas incongruências nesta frase? Não? Pois digo-lhes: “jornal” e “factos”. Só o facto desta frase ter os dois termos e se referir ao CM é absolutamente risivel! É como diz o Torpedo: é só para “vender papel”!
    Nota: A ZAP não anda muito longe do “calibre” do que alguns chamam de publicação…

RESPONDER

Cientistas descobrem proteína capaz de imitar os efeitos do exercício físico

A proteína, chamada de Sestrin, é capaz de proporcionar benefícios musculares muito semelhantes aos da prática de exercício físico. Um grupo de cientistas da Universidade de Medicina do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu uma proteína …

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …