Coronavírus. Luvas de látex são perigosas quando não utilizadas corretamente

Neil Hall / EPA

Quase como acontece com as máscaras, caso não sejam utilizadas corretamente, as luvas descartáveis de látex podem ser perigosas, ajudando a disseminar mais facilmente o vírus.

A pandemia de covid-19 despertou grande interesse de como as pessoas podem evitar a infeção. Um dos métodos que as autoridades de saúde pública incentivam fortemente é a lavagem das mãos. Por esta altura, todos já devem estar a lavar as mãos com cuidados redobrados.

As pessoas tocam na cara várias vezes, muitas das quais sem perceber. Por isso, uma pessoa infetada pode ter o vírus nas mãos e transmiti-lo a outras pessoas, diretamente (embora os apertos de mão agora sejam fortemente desencorajados) ou ao contaminar uma superfície que outras pessoas tocam, como a maçaneta da porta, o teclado ou um corrimão.

Mas lavar repetidamente as mãos com água e sabão ou desinfetante para as mãos à base de álcool pode causar danos à pele. Ao que parece, uma solução mais simples é usar luvas descartáveis, geralmente feitas de látex. Mas será isto tão seguro quanto a lavagem frequente das mãos?

Para ter uma ideia melhor de como usar luvas adequadamente e, de facto, quais são as suas limitações, é útil observar um ambiente em que elas são usadas frequentemente, como hospitais.

É importante recordar que a maioria das luvas que vêm em embalagens grandes não são estéreis e estão associadas a um risco de contaminação e disseminação de doenças. Isto acontece porque geralmente são usadas quando não são realmente necessárias, são colocadas cedo demais, retiradas tarde demais ou não são trocadas nas alturas apropriadas.

As luvas só devem ser usadas para proteger os profissionais de saúde de sangue, fluidos corporais ou certos medicamentos. É improvável que a lavagem das mãos seja útil se um profissional de saúde for exposto a um medicamento tóxico ou vírus transmitido pelo sangue.

Quando o paciente precisar de proteção, como durante a cirurgia, as luvas devem ser estéreis. De qualquer forma, elas precisam de ser removidas quando ficarem contaminadas e o mesmo par de luvas nunca deve ser usado para tocar em mais do que de um paciente.

Quando vemos alguém a usar luvas num ambiente de preparação de alimentos, por exemplo, vale lembrar que eles podem usá-las durante horas e podem ter tocado em material contaminado com elas. Se alguém tocou numa superfície contaminada com luvas, é mais provável que transmita o vírus do que alguém que não usou luvas. Não trocar as luvas quando necessário não é diferente de não lavar as mãos.

Usar luvas é uma maneira conveniente de minimizar a contaminação e manter as mãos limpas, mas elas só são realmente úteis quando a lavagem das mãos não é possível ou insuficiente para evitar a contaminação química ou biológica.

Também é importante relembrar que, embora o sabão ou o desinfetante para as mãos possa causar uma sensação desagradável nas mãos, as luvas de látex podem causar reações alérgicas e irritação.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Só alguém que não tenha experiência profissional na área da restauração ou que tenha nascido no Século XXI, utiliza luvas de látex na confecção de alimentos.

    Para além de ir contra as regras da higiene comummente conhecidas e estudadas, é também extremamente parolo.

RESPONDER

"Nenhuma era apenas um número". NYT dedica toda a primeira página a mil vítimas da pandemia

Mil nomes de pessoas numa primeira página. O jornal norte-americano The New York Times dedicou a primeira página da edição deste domingo a mil vítimas mortais da pandemia de covid-19, para assinalar a iminente passagem …

A economia é a vítima colateral da estratégia singular da Suécia

A Suécia deixou nas mãos dos cidadãos a responsabilidade pela sua saúde e a abordagem relaxada do país em relação à pandemia de covid-19 trouxe resultados negativos. O Governo sueco não impôs um confinamento à população …

Polícia de Hong Kong detém 180 manifestantes. E elogia lei da segurança nacional

A polícia de Hong Kong elogiou a lei da segurança nacional chinesa, horas depois de ter detido pelo menos 180 manifestantes que protestaram, este domingo, contra a legislação anunciada por Pequim. O comissário da polícia, Tang Ping-keung, …

Pinto da Costa recandidata-se a "pensar nas dificuldades do presente"

Pinto da Costa admitiu, este domingo, no lançamento do site oficial da recandidatura à presidência do FC Porto, que vai a eleições "a pensar nas dificuldades tremendas do presente". No site oficial da sua candidatura, Pinto …

Abraços e apertos de mão. Bolsonaro junta-se a manifestação sem distanciamento social

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participou, este domingo, em mais uma manifestação sem respeitar as regras de distanciamento social. A manifestação decorrer na Praça dos Três Poderes, em Brasília. De acordo com o jornal Público, …

"Relativamente rápido". Centeno acredita que países europeus vão recuperar da crise até ao fim de 2022

O ministro das Finanças português e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, acredita que a União Europeia vai conseguir ultrapassar a crise económica provocada pela pandemia de covid-19 de forma "relativamente rápida". Em entrevista ao jornal alemão …

Florentino congelado e Jota (e mais dois) na porta de saída. Mercado já mexe na Luz

Apesar da pandemia, que paralisou quase todas as competições europeias e que deverá atrasar a janela de transferência no futebol, o mercado já mexe na Luz. A imprensa desportiva dá conta nesta segunda-feira que Florentino …

Cova da Piedade abandona direção da Liga e convida Proença a demitir-se

O Cova da Piedade juntou-se ao Benfica na decisão de abandonar a direção da Liga de clubes e convidou Pedro Proença a demitir-se da presidência do organismo. Em comunicado, o Cova da Piedade justifica a decisão …

Milhares foram a banhos este domingo. Só nas praias da Caparica estiveram mais de 180 mil pessoas

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir neste domingo levaram milhares de portugueses à praias. Só na Costa da Caparica, no concelho de Almada, mais de 180 mil pessoas foram a banhos. Entre as 9 e …

"Há outras prioridades". Ana Gomes está a refletir sem "pressa" sobre eventual candidatura a Belém

No espaço de comentário da SIC Notícias, a ex-eurodeputada Ana Gomes disse que ainda está a "refletir" sobre uma eventual candidatura à Presidência da República. Ana Gomes ainda não tomou uma decisão sobre uma possível candidatura …