Coronavírus já está a levar a despedimentos em Portugal

Duas semanas depois de a pandemia de Covid-19 ter chegado a Portugal, começam a registar-se casos de trabalhadores independentes ou com vínculos precários que estão a perder o emprego. 

Apesar de ainda não terem dados oficiais, a CGTP e os Precários Inflexíveis confirmam vários casos, avança a rádio Renascença. Os setores da restauração e da hotelaria são os setores mais afetados, nomeadamente entre funcionários contratados para dar resposta ao habitual aumento da procura no período da Páscoa que, este ano, não se vai verificar. De acordo com a rádio, estão a ser dispensados ainda durante o período experimental.

“O despedimento é uma das áreas em que isso está a acontecer. Temos já conhecimento de muitas situações em que os trabalhadores que tinham vínculos precários foram despedidos, ou os seus contratos não foram renovados”, avança à RR a nova secretária-geral da CGTP, Isabel Camarinha, sucessora de Arménio Carlos.

“Estamos muito preocupados com os abusos das entidades patronais por não estarem a acautelar a proteção dos trabalhadores nesta altura”, diz também Daniel Carapau, dirigente dos Precários Inflexíveis.

Segundo este mesmo dirigente, para além das áreas do turismo, os casos de que tem conhecimento também afetam a área da arquitetura, bolseiros, trabalhadores independentes que trabalham em outsourcing e amas contratadas pelas IPSS.

Há também quem esteja a colocar os trabalhadores de férias, adianta a rádio. Uma informação confirmada pelo presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva.

De acordo com o Observador, licenças sem vencimento são outra das opções. O jornal refere também que há encerramentos “ilegais” e trabalhadores que não sabem se vão receber o salário ao fim do mês, ou se o local de trabalho vai sequer reabrir.

Na zona de Lisboa, há ainda casos, como por exemplo o Hotel Marriott, em que já não estão a ser servidos pequenos-almoços aos trabalhadores. Ou então relatos de que as medidas de higiene e proteção individual dos trabalhadores nos hotéis não estão a ser cumpridas, avança o mesmo jornal.

Na construção civil, “há patrões que estão a obrigar os trabalhadores a deslocarem-se e a trabalhar em condições que desrespeitam as mediadas tomadas a nível governamental. Há trabalhadores que já foram ameaçados de despedimento se não trabalharem perante as orientações”, denuncia Albano Ribeiro, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção.

Esta quarta-feira, os ministros das Finanças e da Economia, Mário Centeno e Pedro Siza Vieira, respetivamente, anunciaram um pacote de três mil milhões de euros para as empresas.

Ontem, o Correio da Manhã avançou que, caso não existam fortes apoios do Governo e da União Europeia, a crise económica desencadeada pelo novo coronavírus pode deixar cerca de 340 mil pessoas sem emprego até ao fim do ano.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. A crise já aí estava há muito!…
    A crise de 2008 nunca desapareceu totalmente!!..
    Agora o culpado de tudo é do vírus convite-19!…

    • ?!!! Olhe que lido com empresas de quase todos os setores de atividade e a grande maioria registava encomendas bem para além das capacidades instaladas. O problema punha-se essencialmente na falta de pessoal. Havia dinheiro para investir, havia encomendas mas não havia pessoal. Apenas dois setores (que até são tradicionalmente fortes) estavam com problemas (moldes e calçado)

      PS: E não apoio este governo. Sou de direita. A conjuntura internacional muito positiva estava a arrastar a economia portuguesa (quer ao nível industrial quer no turismo)

RESPONDER

Cientistas identificam pela primeira vez expressões faciais emocionais em ratos

Pela primeira vez, cientistas de Neurobiologia do Instituto Max Planck, na Alemanha, identificaram expressões faciais emocionais em ratos. À semelhança dos seres humanos, as expressões faciais dos ratos mudam quando estes animais provam algo doce …

Imprimiram corais artificiais em 3D que podem salvar recifes

Uma equipa de cientistas inspirou-se na natureza para desenvolver estruturas em forma de coral, impressas em 3D, capazes de produzir grandes quantidades de algas microscópicas. Investigadoras da Universidade de Cambridge e da Universidade da Califórnia desenvolveram …

Avalanches submarinas prendem microplásticos no fundo do oceano

As avalanches de sedimentos submarinos transportam os microplásticos para o fundo do oceano e um projeto de colaboração entre as Universidades de Manchester, Utrecht e Durham e o Centro Nacional de Oceanografia acaba de revelar …

Aos 107 anos, Cornelia Ras conseguiu vencer a covid-19

Cornelia Ras, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, pode ser a mulher mais velha do mundo a vencer a covid-19. Nunca se é velho demais para vencer o novo coronavírus e a holandesa …

Coreia do Norte pode estar a usar fábricas de fertilizantes para extrair urânio

Um novo estudo norte-americano mostra que a Coreia do Norte pode estar a utilizar fábricas de fertilizantes para produzir mais material nuclear, extraindo urânio de ácidos fosfóricos. Segundo noticiou o Newsweek, na opinião da investigadora Margaret …

Distância social de 1,5 metros é insuficiente para travar contágio

O estudo realizado por investigadores e engenheiros especializados em dinâmica de fluidos concluiu que a distância deve ser de, pelo menos, quatro metros. Um estudo divulgado esta quinta-feira alerta que a distância social de 1,5 metros …

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …