“Solidariedade não é dar dinheiro.” Holanda finca o pé e até critica Itália por “internar os mais velhos”

Minister-president / Flickr

O primeiro ministro da Holanda, Mark Rutte

Há um novo braço-de-ferro na União Europeia (UE) entre os países do Norte e do Sul. Tudo por causa dos famigerados “coronabonds“, instrumentos de dívida comum que países como Portugal, Espanha e Itália defendem para fazer face à pandemia de Covid-19. Alemanha e Holanda estão contra.

A postura da Holanda nesta temática foi criticada como “repugnante” pelo primeiro-ministro de Portugal, depois de uma tensa reunião do Conselho Europeu, onde não houve acordo quanto à resposta comum da UE para fazer face à Covid-19.

A génese da tensão terá sido o facto de o ministro das Finanças da Holanda, Wopke Hoekstra, ter sugerido que a UE investigasse o que justifica que alguns países não tenham verbas suficientes para lidar com os impactos económicos da crise motivada pelo coronavírus.

António Costa ficou indignado e não teve pudor em dizê-lo, criticando a falta de solidariedade de alguns países da UE e recebendo elogios de Espanha. O primeiro-ministro português lembrou palavras do passado quando o ex-ministro Jeroen Dijsselbloem acusou os países do Sul da Europa de gastarem o seu dinheiro “em copos e mulheres”.

Perante o azedume de Costa, o primeiro-ministro da Holanda, fintou a polémica. “Vou deixar passar por agora. Não faz muito sentido comentar”, referiu Mark Rutte.

Mas em declarações divulgadas pela RTP3, Rutte tratou de reforçar a posição da Holanda, garantindo, contudo, que há “solidariedade”. Mas “solidariedade não é dar dinheiro, solidariedade é dar dinheiro e depois, de ambos os lados, tentar tornar as economias mais fortes”, sustentou o primeiro-ministro holandês, lembrando que o seu país “tomou medidas extremamente difíceis nos últimos 10 anos” que lhe permitem, nesta altura de pandemia, “dar a melhor resposta possível”. “Também queremos que outros países o possam fazer independentemente”, reforça Rutte.

“Não antevejo nenhumas circunstâncias em que a Holanda aceite eurobonds“, salientou noutro momento o primeiro-ministro holandês.

A Chanceler alemã, Angela Merkel, também já se veio manifestar contra os coronabonds. “Do lado alemão e de outros lados, dissemos que esta não é a perspectiva de todos os estados-membro”, frisou Merkel, referindo o Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE) como o seu “instrumento preferido” para lidar com a situação de pandemia.

“Com o MEE temos um instrumento de crise que nos abre muitas possibilidades que não põem em causa os princípios básicos da nossa acção comum e responsável”, acrescentou Merkel sobre o mecanismo criado em 2012 para ajudar os países da Zona Euro que estavam em dificuldades.

Os coronabonds são instrumentos de dívida conjunta que todos os países membros da Zona Euro garantiriam. Ora, a Alemanha e a Holanda preferem recorrer ao MEE porque, dessa forma, podem impor condições mais rigorosas em troca dos empréstimos aos países que necessitem, exigindo reformas difíceis de cumprir. É precisamente isso que países como Portugal, Itália e Espanha não querem, depois de já terem sofrido as consequências da crise de 2008.

Também a França de Emmanuel Macron defende os coronabonds – a França pode ser um dos países europeus mais prejudicados pela pandemia económica provocada pela Covid-19, depois de Portugal e Itália.

O primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte terá manifestado a sua fúria com os parceiros durante o Conselho Europeu, dando um ultimato aos restantes líderes para encontrarem “uma solução adequada” no prazo de 10 dias, como relata o site Politico.

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez alinhou com Conte e pediu também uma “resposta unificada, poderosa e efectiva” contra a crise, alegando que sem ela “o impacto será mais duro” e que os seus “efeitos vão demorar mais tempo e estarão a pôr em causa todo o projecto Europeu“, ainda segundo o Politico.

“Não podem ser cometidos os mesmos erros da crise financeira de 2008 – que plantaram as sementes do descontentamento e da divisão no seio do projecto europeu e provocaram o crescimento do populismo. Temos que aprender essa lição”, referiu o gabinete de Pedro Sánchez após o encontro.

Divisão até na forma como se lida com a pandemia

Entretanto, a desunião na UE é também evidente na forma como os vários estados-membro estão a lidar com a pandemia. Se países como Portugal, Espanha e Itália implementaram medidas de isolamento muito duras, para manterem as suas populações em casa, outros países resistiram o mais possível à quarentena forçada, como é o caso da Holanda.

Este país assumiu a estratégia da “imunidade de grupo” que também foi anunciada por Boris Johnson para o Reino Unido. O primeiro-ministro britânico que entretanto ficou infectado com Covid-19 acabou por ver-se forçado a mudar de ideias, perante o aumento acelerado do número de casos de coronavírus no país.

Da mesma forma, também o primeiro-ministro holandês acabou por implementar o isolamento parcial, incentivando as pessoas a ficarem em casa o mais possível e a manterem a distância de 1,5 metros nas ruas. Contudo, ainda há estabelecimentos comerciais abertos.

A situação está a criar forte tensão na fronteira com a Bélgica, apesar de os dois países manterem estratégias bastante similares. A Bélgica adoptou apenas medidas mais restritivas relativamente aos idosos. Os belgas já alertaram os holandeses que não vão acolher pacientes seus nos hospitais da Bélgica porque podem vir a precisar de camas para o seu próprio povo.

Na Holanda, um país de 17 milhões de habitantes, há mais de 500 mortes relacionadas com a Covid-19 e mais de 8600 infectados confirmados. Contudo, o número de infectados pode ser superior, já que o país tem realizado poucos testes devido à falta de material para o efeito. O país estará a realizar apenas cerca de 2 mil testes por dia, segundo revelou o ministro da Saúde.

O epidemiologista clínico Frits Rosendaal do Centro Médico da Universidade de Leiden, na Holanda, acredita que o número de infecções detectado é só a ponta do icebergue e que os casos reais serão muitos mais, conforme declarações ao site holandês NU.nl.

Rosendaal também faz a comparação entre a situação na Holanda e em Itália, onde o Serviço Nacional de Saúde está em ruptura devido à falta de camas e de recursos para acolher tantos doentes. O epidemiologista holandês aproveitou para criticar a abordagem de Itália.

“Em Itália, a capacidade dos Cuidados Intensivos é tratada de maneira muito diferente. Lá eles incluem pessoas que não incluiríamos porque são muito velhas. Os idosos têm uma posição muito diferente na cultura italiana”, destaca Rosendaal no NU.nl.

Na Holanda, os pacientes mais idosos ficarão a receber tratamentos em casa, considerando-se que, dadas as poucas hipóteses de sobrevivência, será mais “humano” deixá-los nos seus lares.

Rosendaal refere ainda a expectativa de que o vírus circule menos durante o Verão, como o influenza, mas alerta que não é certo que assim seja.

Também “absolutamente incerto” é ter a real percepção do grau de mortalidade do vírus. “Porque ninguém sabe quantos holandeses têm ou tiveram Covid-19”, destaca o epidemiologista.

Quanto à ansiada vacina pode levar cerca de um ano e meio a ficar concluída e quando chegar vai ser algo feio de se ver, com os países “a competirem entre si” para ver quem fica com ela, como atesta o virologista holandês Menno de Jong em declarações ao jornal online Het Parool, lembrando o que aconteceu com “uma vacina contra a gripe mexicana”. “Muito tragicamente, os países pobres ficarão na retaguarda“, constata.

SV, ZAP //

PARTILHAR

145 COMENTÁRIOS

  1. Este é de facto mais um sinal da cisão de ideologias e agendas politicas em prol de alguns poucos e lobbys que populam Bruxelas e Estrasburgo, o que importa nao é solideriedade e união quando afecta o ominpresente Euro mas sim cada Pais governar os seus prorpios objectivos mesmo que para isso tenhamos que assassinar a ética, moralidade e humanidade e abandonar a coerência. Se havia quem ainda não tinha percebido através do Brexit, que abra os olhos agora.. a União Europeia nunca foi na verdade unida apenas um casamento de vontades e que com a conclusão do Brexit terminemos agora de velar por este defunto que ja cheira mal.A adesão ao mercado único foi a mais ruinosa decisão deste pais que trouxe mais problemas que aqueles que solucionou… acordem pra vida.

    • Subescrevo tudo o que disse…As gentes da Europa do Norte sao demasiado frias e egoistas…o catolicismimo esta no Sul da Europa, no Norte a unica moralidade é o dinheiro…tudo se vende…ate as proprias mulheres, filhas e filhos…a propria alma, sao demasiado ambiciosos…foi assim que Hitler convenceu o povo alemao: “que iam ser a maior putencia do mundo e todos se iam vergar”…os outros visinhos da slemanha do Norte da Europa vendem-se ais alemaes

      • Bem dito estive lá em todos de norte europeu Canadá eua e são todos a mesma coisa uk tudo nazis mafiosos todos feitos uns com os outros

  2. Não se preparem para impor políticas que evitem os erros do passado e não comecem já a preparar o terreno para combater os FDP do Norte Europeu, que não é preciso.

    Eu se fosse aos governos do Sul (França incluida), começava já a pensar em formas de pressão e chantagem para não deixar os agiotas purulentos da Alemanha e da Holanda, começarem já a pensar como é que vão enriquecer à custa de empréstimos ao Sul (via MEE) para depois virem outra vez com aquela conversa da austeridade que já ninguém engole e que consiste em vir fazer investimento barato em terra queimada.

    O truque já é velho e batido: “Ah queres dinheiro? Então toma lá um empréstimo com juros tão altos que nunca conseguirás pagar e depois vais ter de baixar os salários do teu povo para nós levarmos para aí as nossas empresas”. Na peida!!

    • A Europa estaria óptima, não fosse por uns FDP (sic) que, só porque produzem e poupam, hesitam em patrocinar as nações valentes que não fazem nem uma coisa nem outra…

      • Da Alemanha até poderia aceitar uma afirmação dessas, já da Holanda não. É um país oportunista. São comissionistas mercantis e uma Offshore encapotada. De resto, têm tulipas e pouco mais. Aliás, já no século xi e XII eram os maiores piratas dos mares. Já está no sangue. Não fosse a Alemanha e o eixo geográfico em que estão e os Holandeses não eram gente.

          • Eu também penso que ele deveria querer dizer isso, visto que os Países Baixos só se constituíram como país independente em 1581. Após isso, tornaram-se piratas e salteadores e à custa do conhecimentos que os judeus portugueses e espanhóis para lá levaram! Nada deram até então ao mundo limitando-se perseguir e roubar os portugueses. Sobre a descoberta do mundo podem apenas gabar-se da descoberta da Ilha da Páscoa. O resto é uma História de oportunismo de ganância e soberba.

            • Verdade! Mal perceberam a fragilidade de Portugal durante a Dinastia Filipina, trataram de atacar as nossas possessões do Índico à América. Travámos com eles a primeira guerra global da História, coisa que muitos desconhecem mas que contém histórias de terríveis batalhas em terra e no mar e de centenas ou milhares de heróis esquecidos. No entanto, em termos económicos, foram muito vanguardistas (se esta palavra se pode aplicar à economia), já que instituíram o primeiro banco nacional e as primeiras sociedades por ações, as companhias das Índias. Portugal, por seu lado, foi muito mal gerido, guiado por uma economia centralizada e comercial e sufocado pela Inquisição.

        • Exactamente!!
          Na Alemanha ainda trabalham e produzem, agora os parasitas holandeses?!
          O “trabalho” deles e recolher os lucros do trabalho dos outros!…
          Essses piratas mafiosos, noutros tempos minaram o Brasil, minaram o sudeste asiático , etc, agora, andam a minar a UE!..

        • Sabe que a Holanda é a segunda maior potência agrícola do mundo, logo a segue aos EUA? Um país mais pequeno do que o nosso produz mais vegetais do que a China… Podem e têm muitos defeitos, mas dizer que só têm tulipas é incorrecto.

            • Quem produz mais produtos agrícolas a nível mundial são mesmo os EUA!
              Na Europa, a França, a Itália, a Alemanha, a Espanha, etc, são obviamente, maiores produtores agriculas do que a Holanda!…

          • Está a falar naquela coisa que eles chamam agricultura vertical feita em estufas que não valem a ponta de um corno é insipida e com valor nutricional quase zero e vendida a peso de ouro! Essa não obrigado

        • Palermices. Já ouviu falar de asko nobel, phillips, unilever, randstad, vopak, heineken, shell…?!
          É tudo Holandês!
          Cite-me agora as inúmeras empresas Portugueses deste calibre, com este grau de internacionalização. E não me venha com merceeiros locais como sonae e jerónimo martins!

          O que é mesmo de evitar é um fenómeno “carneirada” típico em países feridos no seu orgulho em que quando o líder marra os outros marram todos atrás. Deixem-se disso. O nosso problema não é, nem nunca foi a Holanda. Foi sempre os políticos corruptos que nos governaram. Se não fossem esses poderíamos ser um país bem mais rico. Agora quando as decisões políticas são tomadas pela dimensão das luvas que o decisor recebe, nunca poderemos ter as opções políticas acertadas e o nível de desenvolvimento de outros países. Da próxima vez procurem votar melhor e exigir mais. Não se queixem dos holandeses ou dos alemães. Esses fazem o trabalho deles. Nós temos de fazer o nosso.

          • E?!
            Essas empresas, de holandesas tem pouco mais do que a sede…
            Aliás, a Shell original era britânica e a Unilever também!…
            Já se sabe que os holandeses, como bons piratas/”negociantes”, sempre fizeram bom dinheiro à custa do trabalho dos outros!…
            O negócio das “sedes das holdings” dão-lhes milhares de milhões anualmente… holdings de outros países, claro!…
            .
            Portugal tem um problema de corrupção e não são, obviamente, só os políticos… curiosamente, muita dessa corrupção serve os interesses de países como a Holanda!!
            Coincidências…

            • É tanta a palermice que nem sei bem o que te diga!
              Faz-me um favor. Mete dois dedos na carótida (se não souberes o que é, pesquisa no google) ou então no pulso e confirma se estás vivo!
              Obrigado.

            • É exactamente a isso que me referia.
              Está lá a JM, a maioria das empresas do PSI20 e milhares de empresas europeias!!
              Na verdade, não é a sede da JM mas sim a sede da SGPS (holding) que “controla” a JM – a sede continua em Portugal (onde paga a maioria dos impostos) – também, mau seria!…
              A Holanda é um paraíso fiscal para holding’s, onde recolhe todos os milhares de milhões de euros, desviados dos países onde é realmente produzida a riqueza!
              A JM “dá” anualmente milhões à Holanda – sem lá vender um único produto! – se isto não é enriquecer com o dinheiro dos outros, não sei o que é!…

          • Não admira que seja bronco! Não deve nunca ter lido um livros de História! A VOC foi ou terá sido a empresa mais rica da História da Humanidade! Tudo à custa do roubo pirataria e da perseguição aos portugueses! Mais, vá ler alguma coisa sobre o que foi a Liga Hanseática? Pergunte-se porque razão os países e cidades do Nort4e da Europa se uniram para fazer frente às riquezas que os países de Sul obtinham? Olhe que tal facto está muito enraizado nas mentes dessa gente, daí defenderem-se tanto uns aos outros e agirem sempre tendo em vista os seus interesses particulares, mesmo que isso implique tratar os outros com racismo. “Esquecem” das crises que atravessaram e de onde veio a abundância que têm! Ainda hoje os Países Baixos têm possessões coloniais, mas as “desses” são perdoadas porque são muito “avançados” e sei lá que mais -o “problema” deles e de outros invejosos era o pequeno Portugal! Tão modernaços e avançados são que até legalizaram a droga e prostituição para ganhar mais e, só não vendem a avó, porque já é velha!

            • Olhe amigo. Sinto alguma pena por si.
              Depois parece querer ensinar a missa ao padre. Vem-me falar de história! Diga-me lá o que o senhor é nesta matéria e depois eu posso dizer-lhe quem sou.
              Dito isto, parece que o amigo também se esquece de como é que os povos do sul ganharam esse dinheiro que refere. Olhe, os Espanhóis dizimaram tudo na América do Sul saquearam tudo o que conseguiram. E foi muito, acredite. Nós vendíamos tudo que mexia. Muito dinheiro fizemos à conta de escravos e de muitos roubos e pilhagens cometidos nos locais que dizíamos nossos. Uma vez mais olhamos para os outros com alguma incapacidade de ver o que fizemos. Nós, os impolutos contra os outros, criminosos atrozes.
              Depois temos também a história mais recente do ouro dos judeus (bem mais de 200 toneladas estão documentadas em registos oficiais à data) e do enriquecimento dos cofres do estado na segunda guerra mundial.
              Se não sabe, não comente. Se pensa que sabe história, então o seu professor deveria estar de castigo. Aproveite para ler porque terá oportunidade de o fazer nos próximos tempos. Como comecei por dizer… sinto alguma pena de si.

          • “Diga-me lá o que o senhor é nesta matéria e depois eu posso dizer-lhe quem sou.”
            Hahahaaaa… mesmo à bronco!!
            A comparação do tempo dos descobrimentos com a pirataria dos holandeses que pilhavam e roubaram o que já estava “estabelecido”, já diz bem quem tu és!…
            Nem confundas Portugal com o ditador Salazar que, juntamente com os parasitas da Igreja, não queiram judeus, mas não se importaram de receber o seu ouro…
            Além disso, o ouro nazi foi COMPRADO legalmente através do Banco Nacional da Suiça (outros muito “sérios”)!…
            E nem por isso te lembraste do Aristides Sousa Mendes…

          • Completamente de acordo
            Holanda é a entrada na Europa das mercadorias do Mundo…
            Logicamente não há a mínima lógica de se estarem a endividar com ..Eurobonds…quando os próprios não necessitam…..seria o mesmo de eu precisar dum empréstimo bancário e pedisse a um vizinho do prédio para o fazer por mim…
            Concordei sempre com a CEE…….agora….sem fronteiras físicas? mesma moeda………milhões para políticos em Bruxelas……não se percebe bem para o quê……só tinha de dar mau resultado…….próximo Brexit ITÁLIA…..?

        • Pois, parece esqueceres-te do que andaste a fazer em África e na América do Sul. Para muitos povos do mundo TU e o TEU POVO foram os reis da escravatura.
          E vai aos países árabes ver o que dizem dos portugueses, das cruzadas, do nosso desempenho no índico… Até já tínhamos vários navegadores bem conhecidos pelos seus feitos cruéis por essas paragens.
          Já não falar do Pizarro que em nome da igreja e de Espanha limpou tudo que lhe aparecia à frente. Essa que os do sul são santos e os do norte da europa são criminosos…
          Acho que conseguem pensar melhor do que isto. Deveríamos, enquanto povo, ser um pouco mais racionais e menos “carneiros” que seguem o carneiro-mor que de repente resolveu andar às marradas para esconder uma realidade que todos sabemos: NO SUL DA EUROPA, POLÍTICO É QUASE SINÓNIMO DE LADRÃO! Esse é que é o nosso problema. A Justiça fecha os olhos (até porque dorme com o poder político) e o criminoso sai sempre impune. E como é óbvio os nórdicos não estão para atirar dinheiro para esse fim. Da mesma maneira que nós não estaríamos dispostos a atirar dinheiro para Angola sabendo-se que iria para meia dúzia de famílias! O que é que não percebem nisto?!!

          • Eh pa, tu não desligas essa cassete?!
            Mas qual Angola?!
            Eu não falei do norte (ou do sul) – muito menos dos nórdicos – falei dos holandeses!!
            De resto, nota-se bem que não fazes ideia da história da Holanda – nem na idade Moderna, nem nos dias de hoje!!
            Os Boer / Africa do Sul deviam ser suficientes para se ter uma ideia…

          • Ó “So há palernas por aqui”, o número de baboseiras que escreve, denota a sua falta de conhecimentos sobre História baseia-se em.l lugares comuns e mitos urbanos. Vá estudar, visite os locais, como eu já fiz, mas a sério e talvez veja a Historia de Portugal de outra forma, e se aperceba das mentiras e baboseiras que se repetem eivadas de má-fé! Nem tudo foi perfeito, mas de longe, foi o “drama que montou”! Esquece conveniente o papel de outros nesses actos! Ao John Bronco, digo que tenho um Doutoramento em História, antes fiz um mestrado com especialização no século XVI, além de outras pós graduações relaticas4a esta área do conhecimento. Se quiser falar fale, mas tem de saber fundamentar em vez de se refugiar tal como o “outro” em ideias feitas, muitas delas “construídas” no século XIX, para servir os objectivos imperialistas e colonialistas doutros paises Europeus! Posso dar-lhe detalhes,,are da forma em como Portugal, foi ostensivamente, posto se lado nas negociações sobre imperios ultramarinos, por um pais como a Bélgica por exemplo. O que disse, e foi muito resumido, posso-o comprovar cientificamente co trabalhos de variados especialistas, se está para colocar o meu trabalho em causa. Recomendava-lhe, contudo, que antes de questionar as minhas capacidades estude bem, pois não tenho paciência bem pachorra para gente que fala por falar. Uma coisa, são mitos, outra bem diferente é o resultado de um trabalho sério que leva anos a concretizar e é paassado pelo crivo científico dos seus pares. Olhe que História não é exactamente o que ensinam nas escolas e ate mesmo, numa simples licenciatura. É preciso mais, muito mais.

      • Caro Tiago, com o devido respeito, discordo do seu comentário tão simplesmente porque as coisas não são brancas ou negras. Assumir que a Alemanha ou a Holanda são países que produzem e poupam é mentira, tal como é assumir que países como Portugal ou Espanha não produzem e apenas gastam.
        Isso é conversa de café que não corresponde à verdade.

      • A maior produção das últimas décadas na Holanda foi um paraíso fiscal que se encarregou de roubar milhares de milhões de euros ao fisco de vários paises, dinheiro esse que agora acusam esses países de não ter poupado… Concordo com uma investigação a Espanha e Itália, seguida de uma à Holanda. Veremos quem gasta dinheiro em mulheres e droga… Perdão… Os latinos é alcool, enganei-me…

    • Juros altos aonde? Mesmo que o seu argumento fosse verdadeiro caberia ao que aceita o empréstimo ter a inteligência de saber aonde se iria meter ou v. está a dizer que os povos do Norte são ajiotas espertos e os povos do sul caloteiro burros? Pois esse argumento costuma ser precisamente o dos que levam na peida!

  3. Realmente o Rute e o Hoekstra têm razão, os italianos são uns sentimentais gastadores ao salvar os seus velhos.
    Os velhos holandeses são mandados para casa porque estão gastos, nada mais produzirão, não têm qualquer valor e será mais “humano” morrer em casa rápido, sem alarido e sem contar na estatística. Entre um idoso ligado ao ventilador e um porco, Rute e Hoekstra naturalmente salvariam o porco porque tem muito para dar: vai render alguns bifes, costeletas e presuntos, estes serão vendidos e pagarão IVA para o tesouro e baixarão o sacrossanto défice.
    Com europeus destes eu prefiro fugir para muito longe desta “União”!

  4. Parte da Holalnda vai sumir do mapa devido ao avanço do mar, nessa altura deixa-los afundar.
    Fuk the dutch let them sunk till the teeth.

    • Espera sentado. Os holandeses são os maiores especialistas mundiais a controlarem a água. De lá nunca vêm notícias de cheias e inundações.

      • Até hoje são de facto os maiores especialistas no controlado da água, não podemos esquecer que se encontram abaixo do nível do mar! Também o Mundo inteiro têm controlado as pandemias com maior ou menor dificuldade, até agora!

        Uma coisa é certa a mentalidade dos povos latinos é muito diferente dos nórdicos, com os seus defeitos e virtudes!

        Não seria possível a outro pais ter um procedimento idêntico à Holanda o que para os outros são defeitos para eles são virtudes, lucrar com as Offshore, prostituição e Droga, etc…

        Acredito que os latinos estão muito mais próximos do que deveria ser o humano!

        • São mais humanos, disso não tenhamos dúvidas! Melhor comida, melhores casas, história mais longa e com mais afectos. Além disso desenvolveram as Artes e as Ciências em geral, foi do Sul um dos o maiores e o mais longo Império da História, foi no Sul que nasceu a filosofia e daí as diversas ciências e artes. Quem moldou a cultura europeia – greco-romana – foram os povos dos Sul! Do Norte, vieram os bárbaros e os povos das estepes e com eles o retrocesso civilizacional. Limitaram-se após a Renascença – invenção do Sul – a copiar as Artes e as Ciências e a perseguir tudo que o Sul descobria e contactava, pois até então, o Norte da Europa era um simples buraco na História do mundo, quando muito, uma mera curiosidade.

          • Vê-se que o seu conhecimento da História parou por volta do Renascimento. Ignora que, desde então, o Norte da Europa contibuiu muitíssimo mais (sublinho, muitíssimo) para o progresso da humanidade.

        • Os Países Baixos não tiveram nenhuma grande cheia desde 1953. Compare com Portugal que vive acima do nível do mar e já contou com inúmeras cheias desde então. Desculpe mas deconhece a História da Holanda contemporânea.

        • Os Países Baixos não tiveram nenhuma grande cheia desde 1953. Compare com Portugal que vive acima do nível do mar e já contou com inúmeras cheias desde então. Informe-se melhor.

      • Diplomacia??? Está a morrer gente ou ainda não percebeu? Que os Holandeses queiram matar os seus velhos porque assim poupam nas reformas e na saúde é lá com eles, agora que queiram impor a sua visão “humanitária” aos outros é que é de bradar aos céus. Moralistas de pacotilha. É deixar de comprar alemão e holandês (que pouco produzem, limitam -se a viver de dumping fiscal) para ver baixarem a crista. É que há alternativa ao que produzem, não têm exclusividade de nada…

  5. Isto é união europeia?? Talvez p uns mas não p todos. De união nada tem. Se querem união europeia só de países ditos ricos então q a façam só p eles. Porque razao fomentaram a entrada na UE de outros países q sabiam perfeitamente q não eram ricos e q têm uma forma de vida diferente das deles? Os povos do sul nunca foram nem serão iguais aos do norte. Não venham agora c blá blá blás, chega de conversa fiada e venha a acção e q cada país implante as acções em conformidade cada povo.

  6. Países “Governados” por pequenos Fascistas e Sociopatas, provocarão Situações conflituais muito piores !…mas como se costuma dizer (Deus não dorme) !…

  7. A UE vai acabar e, obviamente, segue-se mais uma guerra na Europa.
    Os alemães já devem ter saudades…
    Mas atenção, que eu saiba, só a França (mais o UK e a Rússia( são potências nucleares!!!

  8. Uma vez mais o verniz a estalar entre europeus, certas críticas vindas de Norte não deixam por vezes de ter algum sentido, mas há quem teime em não aprender, no entanto estamos em tempo de necessidade de união até porque estamos todos a sofrer o mesmo problema, mais razão teremos todos nós europeus de no final da pandemia questionar todos estes senhores políticos de Norte a Sul porque razão a União Europeia chegou a uma situação destas de dependência da China que nem simples luvas e máscaras se por cá fabricam.

    • Faz-me lembrar um estória antiga em que os filhos levavam os pais velhotes para o monte a fim de lá ficarem para sempre, num desses casos diz a estória que o pai ao receber a manta dada pelo filho, a cortou a meio e deu-a ao filho dizendo, fica com esta metade para quando o teu filho ca te vier trazer; Não vou continuar a estória, toda a gente logo percebe o desfecho.

  9. Para o ano vamos ver o numero de óbitos declarados por parte da Holanda. Não devido ao covid-19, esses serão poucos, mas o número total que vai mostrar quantos holandeses idosos irão morrer em casa sem qualquer assistência hospitalar.

    Vergonha de mentalidade onde se desprezam os mais idosos.

    • A primeira coisa a desejar ao senhor Mark Rutte como àqueles que em Espanha apedrejaram os velhotes porque não os queriam receber na sua terra é que nunca cheguem a velhos para não sentir na pele o problema da velhice e da exclusão. Quanto aos problemas económicos esses hão de vir em força na Europa, herança de uma globalização imposta que quanto a mim muito possivelmente poderá levar ao fim da União Europeia. Aqueles que mais se afirmam como defensores da União acabam por ser na prática os seus carrascos; simplesmente incrível toda esta dependência da China que depois de nos terem infestado, no final ainda se ficarão a rir de cofres cheios com os milhões de vendas feitas a quem desprotegeu os seus há muito tempo.

  10. “Falava-me do espírito da Europa e dos sinais destes tempos. Por todo o lado reinava o associativismo, a integração no rebanho, mas em lugar algum se encontrava liberdade e amor. Este associar-se generalizado, desde as uniões de estudantes e dos grupos corais até aos Estados, é uma solução forçada, uma comunidade provocada pelo medo, pelo temor da desorientação. No fundo, ela está podre e caduca; a sua derrocada é iminente.
    – A comunidade – dizia o Demian – é uma coisa bela. Aquilo que por todo o lado vemos florir não tem nada a ver com ela. Esta surgirá nova, formando-se do conhecimento recíproco dos indivíduos e, durante algum tempo, transformará o mundo. O que por aí há de agremiação é pura criação de rebanhos. As pessoas agrupam-se porque têm receio umas das outras. Os senhores juntam-se entre si, os trabalhadores uns com os outros, os estudiosos de outro lado. E, de que têm eles medo? Só tememos alguma coisa quando não estamos em conformidade connosco mesmos. Eles apavoram-se porque nunca se conheceram a si próprios. É uma comunidade de indivíduos com horror ante o desconhecido que existe dentro de si. Todos sabem que as suas normas de vida já não são correctas, que vivem segundo padrões antiquados. Nem a sua religião nem os costumes se adequam àquilo de que, actualmente, necessitamos. Durante uma centena de anos ou mais, a Europa limitou-se a estudar e a construir fábricas! Eles têm conhecimentos exactos de quantos gramas de pólvora são necessários para matar uma pessoa; contudo, não sabem como se reza a Deus. Não são capazes de passar uma só hora com prazer. Repara numa dessas tabernas de estudantes! Ou mesmo num local de divertimento onde se juntem os ricos! Que desespero!… Caro Sinclair, de todo este conjunto não poderá brotar alegria alguma. Esta gente que tão cobardemente se acotovela está cheia de terror e maldade: não se encontra, ali, quem confie noutra pessoa. Estão agarrados a ideias que já não existem e apedrejam todo aquele que pretender erguer uma nova. Pressinto que há controvérsias. Elas surgirão, crê-me; em breve aparecerão! É certo que não hão-de tornar o mundo <>. Quer os trabalhadores matem os senhores das fábricas, quer a Rússia e a Alemanha disparem uma contra a outra, nada se dará para além de uma simples troca de proprietários. Não será em vão, porém; ficará manifesta a inutilidade dos ideais actuais, far-se-á uma arrumação dos deuses da Idade da Pedra. Este mundo, no estádio presente, deseja morrer, anseia por ser destruído e sê-lo-á.
    – E a nós, que sucederá então? – perguntei.
    – A nós? Ah, se calhar seremos aniquilados igualmente. Também poderemos ser mortos; simplesmente, não será alcançada vitória sobre nós por este facto. Em torno daquilo que, no nosso ser, ainda restar, ou daqueles que sobreviverem, se congregará a vontade do futuro. Há-de manifestar-se a determinação das pessoas, a qual, durante certo tempo, foi subjugada pela nossa Europa, com os seus mercados anuais de técnica e ciência; então, ficará patente que o fito da humanidade nunca, em parte alguma, se assemelhou àquele que, actualmente, possuem as comunidades, os Estados, os povos, as associações e as igrejas. Pelo contrário, aquilo que a natureza pretende do homem está inscrito no seu íntimo, em ti e em mim. Encontrava-se em Jesus, encontrava-se em Nietzsche. Somente para estas correntes verdadeiramente importantes, as quais, naturalmente, podem tomar figuras diversas de dia para dia, somente para estas haverá lugar, quando as actuais comunidades ruírem sobre si próprias.”
    Hermann Hesse (Demian)

  11. É uma vergonha aquilo que estamos a ouvir. A Itália falhou foi na contenção do vírus , a Espanha também . Quando isto tudo passar boicote aos turistas holandeses e alemães e aos produtos também. É sempre a velha história que o países do Sul da Europa são isto ou aquilo.

    • “Eles” têm sempre a resposta dos covardes, mesmo que recorram à mais infame, têm a mania que lá por serem criaturas com duas pernas que só visam o dinheiro, têm sempre razão – deve ser trauma dos anos de fome por que passaram ao longo da História e da inveja em olhar para os do Sul. Não foi por acaso que os maiores monstros da História europeia vieram daqueles lados.

  12. E que tal asfixiar a Holanda economicamente? Boicotes, bloqueios e cancelamento de negócios.
    Assim acabava-se a soberba desses governantes, e queria ver como o sistema de saúde deles se aguentava.

      • Ou de um mentirosito qualquer que anda a tentar manipular as mentes portuguesas devido à irresponsabilidade geral do tuga de esquerda que sempre que ouve falar em juntar e em poupar para os momentos difíceis berra que quer mais despesa pois estamos todos a morrer à fome.
        Chegam os momentos do aperto e toca de exigir ajuda.
        Contaram-lhes tantas vezes a fábula da cigarra e da formiga, mas de nada serviu

        • Nuno, não alinho com a maioria dos comentários que são primários e muitas vezes recorrem ao insulto barato, mas isso do tuga de esquerda não deixa de ser uma linguagem simplista e já de si discriminatória. Falo com conhecimento de causa, e digo-lhe faça-se uma historia da utilização dos fundos comunitários, ajudas a bancos e veja se quando toca a gastar e comer do bolo se isso tem algo a ver com esquerda ou direita.
          Quando as coisas não lhe agradam inventa uma teoria da conspiração? Tipo pivot da Fox? ou não leu a noticia com atenção? O núcleo da questão não está na oposição aos coronabonds, mas sim na sugestão do ministro holandês das finanças que pediu uma investigação á forma como os espanhóis gastaram o dinheiro. E que tal fazer uma investigação à Holanda ( e não só) por concorrência desleal?
          Eu não emito a opinião sobre os coronobonds, isso é outro assunto, mas todos os seres humanos têm direito a serem tratados independentemente da idade se assim o desejarem: Tenho 69 anos dei o meu contributo ao pais, inclusivamente 26 meses de serviço militar uma parte não pago e outra mal paga, e tenho o direito a ser tratado, desde que não manifeste de uma forma inequívoca o contrário.

  13. O que me parece é que estes cavalheiros holandeses estão a baralhar e confundir, propositadamente porque são uns FDP, aquilo que são as dividas de cada país, no que concerne á gestão dos mesmos e relativamente ás quais cada país deve assumir as suas responsabilidades, e esta questão da pandemia em concreto que, obviamente, não tem nada que ver com a anterior. Aqui, a proposta dos países do sul assume um caracter humanitário e solidário, fundamentos aliás da própria UE, e compreende uma resposta colectiva para um problema igualmente colectivo e transversal, a pandemia. Parece-me razoável e correcto.
    A atitude holandesa é vergonhosa e inqualificável! Na perspectiva dos países do sul da europa, talvez fizesse sentido “apelar” ao sentido patriótico de muitas empresas de grande dimensão, de origem italiana, espanhola, francesa, portuguesa, entre outros, e encerrarem as suas sedes fiscais na holanda.

  14. E mais uma vez… abaixo a união europeia..
    De união não tem nada. E a Alemanha tem um Hitler feminino. Cuidado com essa.

  15. Como leigo…defenderia a tese de deixar esses Paises sozinhos ao concertar com Italia , Espanha ,França e outros Paise uma união semelhante a esta coisa europeia…e talvez a Alemanha e a Holanda e outros que tais ficassem algo complicados…logicamente que assumo que poderei estar a dizer uma barbaridade…mas já era tempinho os paises do sul emanciparem-se desta gente ..

  16. Acho que está união está a chegar ao fim, penso que está na altura de os povos do Sul começarem a pedir os referendos.
    É um pouco hipócrita o país do mundo com a maior dívida perdoada hoje em dia não perdoa nada.

    Um português trabalha mais que um alemão como pode o alemão ganhar o dobro.

    Vergonha esta Europa..

    • Apenas nesse simples exemplo vemos a hipocrisia dessa gente! Não querem, nem imaginam um português ganhar o mesmo. Os portugueses trabalham que se fartam para ganhar minarias, pois os países do Norte consertam entre si desde há muito esquemas para se manterem acima dos outros, para além de terem populações enormes. Um português é tão capaz como qualquer outros para construir um avião ou automóvel, não é mercado! Imagine que até para importar uma simples consola de jogos preferem navegar até aos Países Baixos e lá descarregar do que descarregar em Portugal, que é “apenas” o primeiro país europeu que encontram! O dinheiro para eles deve ficar sempre a Norte, seja lá por onde for!

  17. E que tal fazer fazer uma queixa no tribunal Internacional dos diretos humanos contra a Holanda por genocídio da sua população mais velha?

  18. Se Solidariedade é não dar dinheiro … Também não será tirar dividendos financeiros com a desgraça alheia.

  19. Eu penso que deviamos em simultaneamente blindar os menos novos e os mais vulneráveis e ao mesmo tempo avançar com a imunidade coletiva, esta é a melhor defesa…. Os grupos vulneráveis estavam completamente proibidos de sair de casa e acrescentava-se o isolamento profilatico dos familiares do mesmo agregado familiar…. Deveriam ser constituídas equipas de apoio familiar de ligação com o exterior para fornecer alimentos e afins, os funcinarios dos lares nao poderiam sair e iam ter uma compensação salarial….. As equipas podiam ser constituidas pela comunidade e devidamente treinadas… Enquanto isso avançava a imunidade de grupo e a economia não sofria e protegiamos os nossos.

    • E quem sabe os que são realmente vulneráveis e os realmente saudáveis? És tu o grande conhecedor disso?
      É que os vulneráveis conhecidos sabem-se quem são, mas os que se pensam serem “saudáveis”, porque se desconhecem problemas de saúde serão mesmo assim tão saudáveis?
      E resistirão todos esses “jovens” e “saudáveis” ao vírus?
      Quem souber responder com toda a certeza que o tente fazer!

  20. Ainda bem que existem países do sul da Europa como Portugal onde os mais velhos do norte vêm passar os seus últimos anos com alguma qualidade de vida em vez de ficarem nos seus países de origem onde só lhes resta a eutanásia.

  21. Os eurodeputados mostram aqui, serem pessoas pouco inteligentes e radicais, julgam-se pertencer a uma casta superior daí, não assumirem o internamento dos mais idosos, a vez deles e dos seus chegará.
    Não é de agora que os holandeses, e não só, defendem e praticam práticas extremistas, consumo de droga, prostituição, eutanásia, etc., etc., e agora, num momento em que o mundo deve estar unido, como se bastasse continuarmos a observar atitudes cobardes e irracionais de grupos radicais islâmicos a praticar actos desumanos, ainda ainda vêm os holandeses com teorias descabidas. “Enquanto há vida, há esperança”.

    Ai daqueles, que cegos pelo poder e pelos valores materiais, corrompem-se e esquecem os valores espirituais

  22. As provas da nossa cumplicidade nos bons e maus momentos, são os nossos actos, ninguém conseguirá ludibriar a verdade.
    Aquilo que fizermos em vida ao mais pequeno, receberemos um dia em duplicado.

    • Sim, sim, tal como aconteceu ao Joseph Mengele e aos mais de 100.000 nazis que fugiram e acabaram os seus dias num país tropical?

      • Claro, que sim.
        Esses “mauzões” depois de terem curtido à grande e usufruído do bom e do melhor, e de todos os prazeres na Terra vão ter o “castigo” Celeste na “vida eterna” 🙂
        Enquanto isso, os “bonzinhos” vão poder usufruir das 7 virgens e coisas assim lá no “Céu”, depois de terem passado uma vida inteira de miséria e a serem maltratados, castigados e até mortos como animais!
        Só falta mesmo, é conseguir categorizar devidamente quem são os bons e os maus!
        Ou seja, o que se vai arranjar de modelo padrão de comparação para saber quem são os realmente bons e os realmente maus?
        – Caraças, estava tudo tão fácil, e lá vêm estes gajos fazer uso do cérebro para estragar tudo! – dirão os preconceituosos e religiosos crentes nas várias “fé” (ou será antes “fez” ou “fezes”?!) que existem por este mundo fora 🙂 .

  23. Ser letrado é outra coisa, só que não sabem é pregar um prego nem fritar um ovo.
    Quando o fenómeno da literacia se manifesta dá em caganeira de teorias e literatura para dar de comer aos letrados.

  24. “solidariedade não é dar dinheiro, solidariedade é dar dinheiro e depois, de ambos os lados, tentar tornar as economias mais fortes” – O PM Holandês.
    “Se um pobre te bater à porta e te pedir um peixe não lhe dês o peixe mas ensina-o a pescar” – Provérbio Chinês
    “Quem não chora não mama” – Nas crianças é normal porque têm fome; nos adultos, infelizmente e em Portugal, revela o caracter de muita gente.
    O dinheiro que recebemos como AJUDAS nestes últimos 30 anos vieram de onde? Exato, dos nossos amigos e sempre solidários países europeus que representam o povinho que lá habita. Este povinho, bem representado por estas pessoas execráveis, frias, etc., que respondem por cada cêntimo que sai dos seus bolsitos. Este povinho tem família, filhos, etc.
    Portanto, um dia espero que viva num país sem problemas de corrupção, ter superávites e poder ajudar outros. Nessa altura, também espero ter um PM reinvidicativo para saber se aquilo que oferece é bem empregue.
    Como se diz no Norte, venha o primeiro e honesto filho da “outra” dizer que Portugal merece alguma coisa depois do que fez e teima em continuar a fazê-lo (combate à corrupção)?
    Fonix!

    • Palermices, vindas obviamente de um qualquer diminuído mental.
      Enfim, assim vai o nosso país. Temos o que merecemos. Acho mesmo que os nossos políticos deveriam continuar a roubar o povo como têm feito até aqui. Aumentar impostos e ir buscar tudo ao povo. É isso mesmo que tu pelo menos mereces. Depois não se queixem.

  25. Proposta. Enviar um email ao governo da Holanda, massivo por parte de todos os cidadão do sul da europa dizento apenas:

    “SHAME ON YOU”

    Vamos bloquear o email do governo.
    Alguém sabe descobrir o email deste governo?
    Nuno Cabral

  26. Abaixo a união europeia é só piratas ladrões oportunistas… A Alemanha um dia disse ter perdido a guerra com armas mas que um dia iria vencer com o dinheiro ora cá estão os aliados.

  27. A quanto tempo já andamos a padecer por causa destes oportunistas,mas não vamos esquecer as palmadinhas nas costas. Acho que ainda faltam aí mais dois a Bélgica e o Luxemburgo só que mais encapotados. Frieza também é daquilo que não lhes falta.

  28. Blá, blá, blá. Lutem contra o socialismo que é o grande mal no mundo e na União Europeia. Parem de elege-los! Socialismo e suas vertentes estão acabando com a civilização ocidental. O Muro de Berlim veio abaixo mas a ideologia não acabou, ganhou força e vai se moldando conforme necessário.

      • Normal achar estúpido. Os socialismo é isso enganar as pessoas. A China Comunista, com OMS com sei diretor Comunista, escondem ao máximo a doença para que ela se espalhe. Depois que espalha dizem que os países devem fazer isolamento e com isso quebram os países e por outro lado a China volta a produzir com toda sua capacidade e os outros países estão enfiados em uma recessão tremenda.

        • Ai como tu andas…
          Ora diz lá onde está esse “socialismo”?”
          A China Comunista…”?!
          Hahahahaaa!…
          Onde andaste nas últimas décadas?!
          A China é uma ditadura com capitalismo de estado!!
          Vê se acordas e deixas de espalhar as cassetes dos ignorantes alienados do Facebook!….

          • A China usa o capitalismo, pois o socialismo dela matou de fome grande parte da sua população. Vai ler os maiores escritores socialistas e vai saber o que estou falando. Mas não deve ter lido nada. Se tivesse lido não falava tanta besteira. Vai lá continue elegendo mais Socialistas, Comunistas, Ambientalistas, Facistas, Progressistas. Quem sabe não apareça outro Dom Afonso Henriques para livrar a Europa novamente dos mouros. Ou os Estados Unidos não ajude a livrar novamente a Europa de outro Socialista como Hitler, ou quem sabe não levante novamente o muro de Berlin. Nem precisa responder pode continuar com o seu pensamento.

            • Só me faltava agora um brasileiro alienado com “besteiras” e livros de outro século!…
              Decididamente, tu não vives neste mundo!…
              Ontem a China era comunista; agora já “usa o capitalismo”…
              Enfim…
              O último fascista que vi ser eleito foi mesmo no Brasil – um retardado ignorante sem noção da realidade e que tem envergonhado o Brasil um pouco por todo o lado…
              E ainda estou para saber onde está esse tal “socialismo” e o que tem a ver com esta notícia!…

          • Você não lê por isso não vai saber. Ligue a TV e leia o jornal e fique sabendo de tudo, e da novela também. Hitler, Stalin, Xi Jinping são todos socialistas e nunca esconderam. Fica repetindo “Facista” etc… Os facistas eram socialistas também. Fique em casa e depois espere que vai ser ajudado.

            • É… eu nem sei ler!…
              Tu tens os sintomas típicos da alienação: repetir a mesma cassete até à exaustão!
              No Brasil, infelizmente, isso é muito comum, principalmente devido à influência das seitas/religiões que se aproveitam da ignorância e dos mais limitados…
              O charlatão da IURD é um bom exemplo disso…
              Isto pode ser um choque para ti, mas estamos em 2020 e, o Hilter e o Estaline já não fazem mal a ninguém!!
              Tens é que te preocupar com os seus “discípulos”, como o Bolsonaro, o Trump e outros malucos que como esses não tem noção da realidade e são um perigo para a humanidade!!

          • Portugal não participou da guerra talvez por isso não deve saber ou seus professores não ensinaram. O pessoal da Europa se acha tanto mas estão sempre a ser enganados e se achando saberem mais que os outros. Vai fumar tua gansa pra ver se fica menos arrogante. Vai lá se informar pelo Jornal na TV onde todos tem a mesma opinião sobre Trump por exemplo. Bom é a Merkel e o Macron.

  29. ‘Pera lá: tanto quanto sei, os países “do sul” (seja lá o que isto for…), como por exemplo, Portugal, Espanha, Itália, …, precisam mais da UE do que os países “do Norte” (seja lá o que isto for…), Alemanha, Holanda, Suécia, Noruega… (sei lá…). Ou não será assim? Querem boicotar estes países? Fáchavor!! É certo que “eles” (os do Norte…) admitiram os “outros” (os do Sul…) porque desse modo ampliavam os seus mercados… Mas um boicote levará a maior desgraças do lado “Sul” do que do lado “Norte”… Ou não será assim? Tentem boicotar a vinda a Portugal desses “fulanos” (os do Norte…) e vão ver o que acontece ao turismo português… Ou não será assim? Talvez fosse bom, antes de ‘espingardarem’ tolices para o ar, pensar um bocadinho… (só um bocadinho…). Querem sair da UE? Fáchavor!!

  30. Mas bom, bom foi o Costa que disse das boas ao holandês. Ah valente… cantiguinhas da treta.
    É bom que se preparem pois a europa vai mesmo estourar. Se não houve eurobonds ou outros tipos de mutualização de dívida europeia no tempo da crise de 2008 imagem agora quando esses países também têm cadáveres, doentes, falências e grande recessão económica, e ainda a coisa não terminou.
    A austeridade da troika vai parecer uma trivialidade comparado com o que lá vem.

  31. Só tenho uma dúvida, quando ele pede que se investigue porque alguns países não têm dinheiro para combater esta situação, estará a falar da corrupção política que temos? Será que foi por isso que o Costa ficou azedo? Se foi, fez nos um favor!

  32. Os Holandeses foram sempre a reboque dos outros paises com muita esperteza diga-se. Foi assim, depois de Portugal e Espanha descobriem o mundo, acabaram por lhes roubar os mercados. Nos tempo dos piratas eles criaram os Bucaneers que espreitavam as presas escondidos e viviam das pricipalmente de carnes fumadas (de onde vem o nome).
    Hoje, para além de outras coisas, controlam o mercado do azeite sem nunca terem plantados uma merda de uma oliveira.
    E são semíticos vejam como vêm para cá desfrutar gastando o menos possível. Aliás isso explica a visão de vida do primeiro minitro.

  33. Como explicar que países como a Rússia, Cuba e China estejam na linha da frente (e sem retaguarda alguma) no combate ao coronavírus localmente em diversos pontos do mundo e que haja países da União Europeia a fazer pirataria de Estado, a roubarem mercadorias de combate ao COVID-19 destinadas a outros países (de dentro e de fora da UE)?

    • A Albânia (imaginem só, a Albânia!) enviou 30 médicos para a Itália. Onde estão os riquinhos do Norte da Europa que arrotam postas de pescada para falar contra tudo e todos quando “morre um arco-íris”?…

    • Perigosos são os teus pressupostos…
      Assumes que esses países estão na linha da frente no combate ao coronavírus!! Quem disse?!
      Depois pareces esquecer-te que a Alemanha está a receber doentes Italianos e que existe um impedimento à exportação de material médico relevante por parte da Europa para fora da UE, isto é, primeiro vamos abastecer o nosso mercado.
      E naturalmente, quem já tem o problema nas suas populações tem de olhar por estas. Até porque os seus decisores são eleitos por essas mesmas populações e não pelo povo do estado vizinho. O mesmo acontece nos EUA.

    • Pois, pois…
      A Rússia/Putin “apenas” está a tentar encobrir enquanto pode a real situação do país.
      Mais tarde iremos ver a real dimensão da tragédia por aqueles lados!
      E serão números bem grandes, na ordem do milhão de mortos…

  34. “critica Itália por internar os mais velhos” se eu fosse como os holandeses também dizia: “É pena os nazis não terem exterminado os holandeses todos durante a 2ªGG”. Mas como eu ainda tenho respeito pela vida humana, só lhes desejo q paguem pelas barbaridades q dizem.

  35. O que os países do sul da Europa têm de fazer é, principalmente, obrigar as empresas de cada um destes países a retirar a sede da Holanda (ou países baixos como eles preferem…. realmente jogam baixo), que é um dos paraísos fiscais da UE.
    Isto chegaria para eles baixarem a bolinha

    • O que os países do sul têm de fazer não é nada disso. É exigir que os seus políticos cumpram a lei e não andem a roubar. Se assim fosse poderíamos ser um país rico.
      Acha mesmo que a Holanda vive apenas do que refere?!!!! (Philips, Heineken, Asko Nobel, Unilever, … e os bancos e seguradoras e muito mais empresas de média dimensão de ponta a nível mundial). Informe-se melhor.

        • Argumentos, uma vez mais, zero. Tu deves ser capaz de mais qualquer coisita do que isso. Ou não?!!!
          Bancos, por exemplo o ABN AMRO, RABOBANK. Seguradoras, que tal a AEGON?! Tens ainda a ING que é banco e seguradora.
          E todas as outras que citei não são financeiras. E há muito mais! SHV, antiga AMSTEL (adquirida vejam bem por quem… Heineken), Ahold Delhaize, gasterra,…
          Enfim, uma vez mais demonstraste o perfeito burro que és. Mais valia estares calado.
          Achas mesmo que há alguma comparação possível entre o que é a economia holandesa e a nossa?!! És mesmo muito lerdo e andas mesmo muito distraído.
          Aproveita para ler nestes dias. E se conseguires manda uma empresa portuguesa que seja deste campeonato que referi!

  36. talvez esteja na hora de pensarmos se os Países em questão ” Austria , Germany , Holanda , etc ” são com queiramos nos deitar , terão alguma razão nas suas apreciações concerteza que sim , mas quando um familiar; vizinho cai etc , só nos resta ajudar a levantar dividindo os custos da recuperação e em off record dizer o que se têm a dizer , Bye Bye EU.

  37. A Holanda tomou medidas muito duras nos últimos anos, como por exemplo legalizar off-shores para lavagem de dinheiro. Viver de dinheiro sujo não é lá um grande exemplo …

RESPONDER

Ninguém foi indiciado pela morte de Breonna Taylor. Dois polícias baleados durante protestos

Um painel de jurados do Kentucky indiciou esta quarta-feira apenas um polícia por disparar contra apartamentos na vizinhança, mas não avançou com acusações contra nenhum polícia na morte da jovem negra Breonna Taylor. Imediatamente após o …

Multas de transportes públicos não são cobradas há três anos (e já chegam aos 17,6 milhões de euros)

As multas nos transportes públicos não estão a ser cobradas desde setembro de 2017 e já chegam a mais de 17,68 milhões de euros. As primeiras multas desde que foi alterado o regime de sanções, …

Football Leaks. PGR e FPF só souberam de ataques informáticos pela PJ

A Procuradoria Geral da República (PGR) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) só souberam que tinham sido alvo de ataques informáticos através da Polícia Judiciária (PJ), revelou esta quinta-feira o inspetor José Amador no …

Governo prolonga prazo das moratórias até setembro de 2021. Portugal em contingência até 14 de outubro

O Conselho de Ministros decidiu prorrogar, esta quinta-feira, a vigência da situação de contingência em Portugal continental até às 23h59 de 14 de outubro. As moratórias de crédito foram prolongadas até 30 de setembro de …

Trump diz que diretrizes mais rigorosas para aprovação de vacina são “jogada política”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, esta quarta-feira, que a Casa Branca “pode ou não” aprovar novas directrizes da Food and Drug Administration. As novas diretrizes para aprovação de vacina contra a covid-19 exigem …

Maduro insta ONU a criar fundo que garanta alimentos e medicamentos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um fundo rotativo de compras públicas para garantir o acesso a alimentos e a produtos de saúde, financiado com recursos …

Mais três mortes e 691 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 691 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

2 em 1. Ryanair está a oferecer um voo na compra de outro (e é só hoje)

Já estava com saudades de viajar e conhecer novos países? A Ryanair não quer que lhe falte nada. A companhia aérea low cost lança uma promoção “inédita” e garante uma oferta 2 em 1. As …

Autarca de Almada diz que declarações sobre Bairro Amarelo foram descontextualizadas

A presidente da Câmara de Almada disse esta quarta-feira que as suas afirmações sobre o Bairro Amarelo surgiram em resposta a uma pergunta feita pelo Bloco de Esquerda (BE), considerando que foram descontextualizadas devido …

Vendas tardam em recuperar. Empresas pouco preparadas para mudanças

Um estudo do Banco de Portugal (BdP), publicado na quarta-feira, revelou que as empresas enfrentam um "cenário de recuperação muito gradual" do volume de negócios para níveis anteriores à pandemia e poucas estão preparadas para …