Convenção do Bloco termina com empate e sem líder(es) eleito(s)

Paulete Matos, *Bloco / Flickr

-

As listas à Mesa Nacional do BE de Pedro Filipe Soares e dos atuais coordenadores João Semedo e Catarina Martins, e registaram um empate de 259 votos cada.

A votação para os órgãos nacionais do BE pelos delegados à IX Convenção Nacional terminaram por volta das 11:00.

Delegados e bloquistas ligados ao processo de contagem dos votos adiantaram que as duas listas candidatas à Mesa Nacional mais representativas  receberam 259 votos cada uma.

A moção de orientação política U, proposta pela direção cessante do BE, obteve o maior número de votos na IX Convenção do BE, 266, contra 258 da moção subscrita por pedro Filipe Soares.

Mesa Nacional interrompe os trabalhos sem esclarecer a solução de liderança

A mesa da Convenção Nacional do Bloco de Esquerda interrompeu os trabalhos, depois de se ter registado um empate entre as duas principais listas para a direção do partido.

As listas à Mesa Nacional do BE dos atuais coordenadores, João Semedo e Catarina Martins, e a de Pedro Filipe Soares registaram um empate de 259 votos cada, ficando por definir a próxima liderança do partido, já que a coordenação da Comissão Política cabe normalmente à lista mais votada para a Mesa Nacional.

O regulamento da Convenção Nacional do BE estipula que a mesa que dirige os trabalhos deve convidar a lista mais votada para a Mesa Nacional a intervir no final dos trabalhos.

Cecília Honório defende coordenação paritária

A deputada Cecília Honório questionou hoje os delegados à IX Convenção se querem abandonar o modelo paritário de coordenação e se preferem um “partidinho com vedetinhas e grupinhos”.

“Como queremos que nos vejam? Na tradição coletiva e plural ou como um partidinho de vedetinhas, de grupinhos, invejas e intrigas? É esta a escolha que hoje fazemos”, disse a deputada, eleita pelo distrito de Faro.

Fazenda diz que liderança será “escolha política” da Mesa Nacional

Luís Fazenda, um dos fundadores do Bloco de Esquerda e apoiante de Pedro Filipe Soares, defendeu que a próxima liderança será “uma escolha política” da Mesa Nacional hoje eleita.

“Neste momento, é prematuro falar acerca do desenlace. No BE, a coordenação não é uma figura estatutária e será uma escolha política da Mesa Nacional“, afirmou Fazenda, em declarações às televisões.

Questionado se o facto de a moção dos atuais coordenadores, Catarina Martins e João Semedo, ter sido a mais votada pode pesar na decisão, Fazenda respondeu: “Há quatro moções que elegeram delegados para a Mesa Nacional, será no debate entre as quatro moções que se fará essa escolha”.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …