Contágios vão aumentar, mas Costa recusa fechar escolas (e nega ultimato à esquerda)

Manuel De Almeida / Lusa

O início do ano lectivo é o “teste mais importante” na luta contra a covid-19, assumiu o primeiro-ministro e líder socialista na conferência nacional do PS, em Coimbra, alertando que “as escolas não podem encerrar”. António Costa também assegurou que não fez “nenhum ultimato” à esquerda.

Depois de ter dito, em entrevista ao Expresso, que se não houver um acordo para a aprovação do Orçamento do Estado para 2021, haverá uma “crise política”, apelando a um entendimento à esquerda e recusando negociar com a direita, Costa veio refutar a ideia de que tenha lançado “um ultimato” a PCP e Bloco de Esquerda.

Ninguém fez nenhum ultimato. O que foi dito foi óbvio. É aliás o que todos nós partilhamos: o país está a enfrentar uma crise muito profunda do ponto de vista económico e social e, portanto, a última coisa de que precisa é de uma crise política”, frisou o primeiro-ministro em Coimbra, no âmbito da conferência nacional do PS.

O líder do executivo disse que o que é necessário “é que todos se empenhem a trabalhar para que haja um acordo e que esse acordo seja um acordo com o horizonte de uma legislatura”.

Segundo Costa, as primeiras reuniões com os parceiros de esquerda e o PAN, na semana passada, mostraram que há “excelentes condições para que isso aconteça”.

Regresso do ano lectivo vai ser “teste mais importante”

No início do seu discurso na abertura da conferência do PS, em Coimbra, Costa dedicou as suas primeiras palavras ao combate à pandemia de covid-19, abordando aquele que vai ser o “teste mais importante”, isto é, o início do ano lectivo.

“Quando o ano lectivo recomeçar, naturalmente o risco de contágio vai aumentar“, apontou o primeiro-ministro, frisando que “se aumenta o risco tem de aumentar a prevenção”.

Certo é que “as escolas não podem encerrar, nem podemos ter o nível de ensino à distância que tivemos no ano passado”, alertou já Costa, vincando que “a escola pública e o ensino presencial são fundamentais”.

Assim, “é essencial que organizemos em cada agrupamento de escolas e em cada estabelecimento, planos de contingência para responder ao que é preciso: vai sempre haver um aluno ou um professor contaminado, temos de evitar que um aluno infectado não seja sinal de que a escola toda vá fechar”, apontou.

No sentido de reforçar a prevenção, Costa apelou para a importância de usar a aplicação digital “Stay way covid” que foi desenvolvida para rastrear a covid-19, garantindo que vai ser “o primeiro a dar o exemplo”, descarregando-a logo que esteja disponível a partir desta terça-feira.

A crise não vai desaparecer “por milagre”

Na conferência sob o lema “Recuperar Portugal”, o secretário-geral do PS falou também sobre a recuperação económica do país, considerando que a batalha contra a crise é uma maratona e que a resposta transcende o horizonte da actual legislatura.

Apresentando as linhas gerais dos planos de recuperação em preparação pelo Governo, Costa considerou fundamental a existência de “um consenso” político e social porque “o país não tem pela frente uma corrida de cem metros”.

“Muitos acreditaram que a covid-19 desaparecia, se estivéssemos 15 dias em estado de emergência e nos fechássemos em casa, mas já percebemos que não é assim. Esta é uma maratona do ponto de vista sanitário. Mas é também uma maratona dos pontos de vista económico e social“, advertiu o líder dos socialistas.

Neste ponto, António Costa frisou que não se pode dizer simultaneamente que Portugal enfrenta “a maior crise económica de sempre e esperar que essa crise desapareça amanhã por milagre, se a covid-19 desaparecer”.

“Não, a covid-19 vai deixar marcas, porque houve empresas que foram destruídas, há empresas que não vão reabrir e há capital que se perdeu. A recuperação desta crise é um trabalho de fundo e muito exigente”, acentuou o secretário-geral do PS.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Frente a esta calamidade Viral, é necessario manter o essencial activo, para que a nossa Sociedade possa sobreviver. Os pilares fundamentais da Sociedade, tem de continuar a funcionar. Enquanto não existir um tratamento profilático ou terapêutico eficaz, terá que se descartar quaisquer actividade não fundamental e geradora de R.T. É uma medida que muitos consideram “injusta” mas absolutamente necessária para limitar Baixas Humanas. A Saúde e sobrevivência de cada um de nós tem esse preço….infelizmente !

RESPONDER

João Loureiro regressou a Portugal. Diz ter sido "ingénuo ou utilizado" no caso do avião com cocaína

João Loureiro, antigo presidente do Boavista, aterrou esta sexta-feira em Portugal. Em declarações aos jornalistas, remeteu explicações para mais tarde. João Loureiro regressou a Portugal esta sexta-feira. O ex-presidente do Boavista afirmou ter sido “ingénuo” ou …

Pavlopetri é uma impressionante cidade subaquática na Grécia (e é das mais antigas do mundo)

A cidade foi descoberta nos anos 60 e acredita-se que tenha mais de 5 mil anos de história. Com o seu planeamento urbano praticamente intacto, o local ainda exibe ruas, pátios, edifícios e até mesmo …

Dos partidos aos patrões, há expectativas quanto ao plano de desconfinamento

O primeiro esboço do plano de desconfinamento será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A apresentação do roteiro para a reabertura do país acontece no dia 11 de março. Esta semana, o …

"Estamos em pé de guerra." OMS defende dispensa de patente para países poderem fazer cópias baratas de vacinas

Os laboratórios devem dispensar as patentes se tal for necessário para garantir que todas as pessoas são imunizadas contra o novo coronavírus, defendeu o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS). Num artigo publicado esta sexta-feira …

Apalpar fruta passou à história. Cientistas criam novo método para saber quando está madura

Uma equipa de investigadores desenvolveu um método para saber se uma fruta está madura sem a apalpar. Para já, os testes foram realizados em mangas, mas os cientistas esperam alargá-lo a outras frutas. Apalpar fruta para …

Governo espera reabrir turismo em maio

A secretária de Estado do Turismo revelou à BBC que Portugal espera poder abrir as fronteiras e o turismo no início de maio. Portugal espera poder abrir as fronteiras e o turismo no início de maio …

Final entre Benfica e Braga não será no Jamor, mas em Coimbra

A Taça de Portugal vai realizar-se no Estádio Cidade de Coimbra, que também recebe as finais da Taça de Portugal feminina e do Campeonato de Portugal.  O Estádio Cidade de Coimbra vai receber a final da …

Chocos passaram num teste cognitivo desenvolvido para crianças

No ano passado, os chocos já tinham passado no teste do marshmallow, mas agora uma equipa de cientistas decidiu fazer uma nova experiência. Segundo o site Science Alert, o teste do marshmallow consiste em colocar uma criança numa …

Estranhos terramotos revelam vulcões ocultos debaixo do deserto do Utah

Duas estranhas sequências de terramotos, em setembro de 2018 e abril de 2019, chamaram a atenção dos cientistas para o deserto de Black Rock, no estado norte-americano do Utah. As sequências de sismos, que incluíram os …

Chovem eletrões. Descoberto furacão de plasma espacial acima do Polo Norte

Uma equipa de cientistas, liderados pela Universidade Shandong, na China, identificou um furacão espacial acima do Polo Norte. Os investigadores usaram dados de satélite para identificar o furacão espacial acima do Polo Norte e revelaram que não …