Contágios vão aumentar, mas Costa recusa fechar escolas (e nega ultimato à esquerda)

Manuel De Almeida / Lusa

O início do ano lectivo é o “teste mais importante” na luta contra a covid-19, assumiu o primeiro-ministro e líder socialista na conferência nacional do PS, em Coimbra, alertando que “as escolas não podem encerrar”. António Costa também assegurou que não fez “nenhum ultimato” à esquerda.

Depois de ter dito, em entrevista ao Expresso, que se não houver um acordo para a aprovação do Orçamento do Estado para 2021, haverá uma “crise política”, apelando a um entendimento à esquerda e recusando negociar com a direita, Costa veio refutar a ideia de que tenha lançado “um ultimato” a PCP e Bloco de Esquerda.

Ninguém fez nenhum ultimato. O que foi dito foi óbvio. É aliás o que todos nós partilhamos: o país está a enfrentar uma crise muito profunda do ponto de vista económico e social e, portanto, a última coisa de que precisa é de uma crise política”, frisou o primeiro-ministro em Coimbra, no âmbito da conferência nacional do PS.

O líder do executivo disse que o que é necessário “é que todos se empenhem a trabalhar para que haja um acordo e que esse acordo seja um acordo com o horizonte de uma legislatura”.

Segundo Costa, as primeiras reuniões com os parceiros de esquerda e o PAN, na semana passada, mostraram que há “excelentes condições para que isso aconteça”.

Regresso do ano lectivo vai ser “teste mais importante”

No início do seu discurso na abertura da conferência do PS, em Coimbra, Costa dedicou as suas primeiras palavras ao combate à pandemia de covid-19, abordando aquele que vai ser o “teste mais importante”, isto é, o início do ano lectivo.

“Quando o ano lectivo recomeçar, naturalmente o risco de contágio vai aumentar“, apontou o primeiro-ministro, frisando que “se aumenta o risco tem de aumentar a prevenção”.

Certo é que “as escolas não podem encerrar, nem podemos ter o nível de ensino à distância que tivemos no ano passado”, alertou já Costa, vincando que “a escola pública e o ensino presencial são fundamentais”.

Assim, “é essencial que organizemos em cada agrupamento de escolas e em cada estabelecimento, planos de contingência para responder ao que é preciso: vai sempre haver um aluno ou um professor contaminado, temos de evitar que um aluno infectado não seja sinal de que a escola toda vá fechar”, apontou.

No sentido de reforçar a prevenção, Costa apelou para a importância de usar a aplicação digital “Stay way covid” que foi desenvolvida para rastrear a covid-19, garantindo que vai ser “o primeiro a dar o exemplo”, descarregando-a logo que esteja disponível a partir desta terça-feira.

A crise não vai desaparecer “por milagre”

Na conferência sob o lema “Recuperar Portugal”, o secretário-geral do PS falou também sobre a recuperação económica do país, considerando que a batalha contra a crise é uma maratona e que a resposta transcende o horizonte da actual legislatura.

Apresentando as linhas gerais dos planos de recuperação em preparação pelo Governo, Costa considerou fundamental a existência de “um consenso” político e social porque “o país não tem pela frente uma corrida de cem metros”.

“Muitos acreditaram que a covid-19 desaparecia, se estivéssemos 15 dias em estado de emergência e nos fechássemos em casa, mas já percebemos que não é assim. Esta é uma maratona do ponto de vista sanitário. Mas é também uma maratona dos pontos de vista económico e social“, advertiu o líder dos socialistas.

Neste ponto, António Costa frisou que não se pode dizer simultaneamente que Portugal enfrenta “a maior crise económica de sempre e esperar que essa crise desapareça amanhã por milagre, se a covid-19 desaparecer”.

“Não, a covid-19 vai deixar marcas, porque houve empresas que foram destruídas, há empresas que não vão reabrir e há capital que se perdeu. A recuperação desta crise é um trabalho de fundo e muito exigente”, acentuou o secretário-geral do PS.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Frente a esta calamidade Viral, é necessario manter o essencial activo, para que a nossa Sociedade possa sobreviver. Os pilares fundamentais da Sociedade, tem de continuar a funcionar. Enquanto não existir um tratamento profilático ou terapêutico eficaz, terá que se descartar quaisquer actividade não fundamental e geradora de R.T. É uma medida que muitos consideram “injusta” mas absolutamente necessária para limitar Baixas Humanas. A Saúde e sobrevivência de cada um de nós tem esse preço….infelizmente !

RESPONDER

Homem que tentou matar Ronald Reagan vai ser libertado em 2022

Na altura o homem foi considerado inimputável pela justiça devido a problemas mentais. Depois de ter saído de um hospital psiquiátrico em 2016, John Hinckley Jr vai ficar em liberdade total de 2022. A 31 de …

Coreia do Norte lança "projétil não identificado"

A Coreia do Norte lançou um "projétil não identificado" no mar ao largo da sua costa oriental, disseram esta madrugada os militares sul-coreanos. Tanto o Japão como os Estados Unidos já condenaram o lançamento. A Coreia …

Pandemia, campanha anticomunista ou geringonça? As justificações para a derrota do PCP

Pandemia, campanha anticomunista, geringonça ou outra coisa qualquer? O que justifica a hecatombe do PCP nas duas últimas eleições autárquicas? A noite eleitoral foi um tombo para o PCP, que, além de não ter conseguido recuperar …

"Os eleitores fizeram-se ouvir muito bem". SPD responde à CDU e quer aliança com os Verdes e FDP

Armin Laschet tinha anunciado que a CDU queria liderar o executivo apesar do mau resultado, o que já motivou uma resposta do SPD. O líder dos conservadores está também debaixo de fogo dentro do próprio …

Durante a Administração Trump, CIA terá abordado hipótese de raptar e até assassinar Assange

Em 2017, a CIA terá considerado raptar e discutido planos para assassinar o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, atualmente preso em Londres. Membros seniores da CIA discutiram a possibilidade de raptar e de assassinar Julian Assange …

Biden já recebeu a dose de reforço da vacina contra a covid-19

O Presidente dos Estados Unidos recebeu, esta segunda-feira, a dose de reforço da vacina contra a covid-19, em direto na televisão, para encorajar os norte-americanos elegíveis a fazerem o mesmo. Os Estados Unidos autorizaram, na semana …

Pandemia custou 5 mil milhões de euros até Agosto (mas Leão pode ter uma boa notícia a fechar o ano)

A pandemia de covid-19 custou ao Estado 5.139,5 milhões de euros, de Janeiro a Agosto, e o défice das contas públicas agravou-se em 550 milhões de euros. Mas as contas estão agora mais controladas e …

Ana Rita Bessa renuncia ao lugar de deputada do CDS

Ana Rita Bessa renunciou ao lugar de deputada do CDS-PP, anunciou a própria, numa carta enviada ao líder do partido, Francisco Rodrigues dos Santos. A sua substituição já está a ser tratada pelo líder parlamentar, Telmo …

Vitória em Lisboa dá novo fôlego a Rio. Rangel mantém tudo em aberto

Os resultados eleitorais deste domingo, e sobretudo a vitória de Carlos Moedas em Lisboa, deram a Rui Rio novo fôlego enquanto líder e mais margem de manobra para lidar com os rivais internos. Os resultados das …

Sporting tenta redenção em Dortmund, FC Porto recebe carrasco Liverpool

Sporting e FC Porto têm hoje duelos de elevado grau de dificuldade na segunda jornada da Liga dos Campeões de futebol, com os ‘leões’ a viajarem até Dortmund e os ‘dragões’ a receberem o Liverpool. Na …