Condenado o primeiro pedófilo apanhado em armadilha com menina virtual

bbc

Um australiano tornou-se esta terça-feira o primeiro homem condenado por pedofilia apanhado numa operação que usou uma armadilha virtual, em que um funcionário de uma organização de caridade se fez passar por uma menina de dez anos das Filipinas.

Scott Robert Hansen, o australiano acusado, é um criminoso sexual já registado na polícia. O homem admitiu a culpa por três crimes durante uma audiência no Tribunal Distrital de Brisbane, no leste do país.

Hansen admitiu o envio de fotos obscenas dele para a menina virtual, de nome Sweetie, e posse de imagens de abuso sexual infantil no seu computador. No fim, Hansen reconheceu ter desobedecido às ordens estabelecidas pelas autoridades para criminosos sexuais como ele.BBC

O australiano foi condenado a dois anos de prisão com suspensão dos efeitos da sentença – ou seja, só deverá ser preso se cometer algum crime no período da condenação.

Além de Hansen, também foram divulgados dados de mil homens que entraram em contato com a criança falsa. Os detalhes destas pessoas foram enviados para a polícia de 71 países.

Estes homens tinham ofereceram a Sweetie dinheiro para que ela realizasse atos sexuais em frente à webcam.

Dialógos

Nos registos das conversas entre Hansen e Sweetie a que a BBC teve acesso, Hansen pergunta se Sweetie era realmente uma criança e se já tinha visto um homem nu.

As respostas eram dadas por uma pessoa que se fazia passar pela menina.

O australiano chegou a realizar um ato sexual à frente da webcam a acreditar que estava a ser visto por uma menina de nove anos.

A Justiça australiana afirmou que o fato de Sweetie não ser real é irrelevante para a condenação de Hansen, uma vez que “se acredita que era uma menina de nove anos, então a lei” precisa ser cumprida.

O chefe da operação – realizada pela ONG holandesa Terre des Hommes -, Hans Guyt, afirmou que ele e os colegas sempre esperaram que a informação que eles obtiveram pudesse ser usada por polícias do mundo para capturar criminosos.

E acrescentou que a polícia precisa de ser mais proativa, pois a única forma “de encontrar estas pessoas é patrulhar a internet”.

Uma equipa de quatro investigadores da ONG trabalhou no projeto durante dez semanas em 2013, fazendo-se passar por meninas filipinas em salas de chat na web.

Em algumas ocasiões eles até usavam um avatar computadorizado, que mostraram aos homens pela webcam.

Pesadelos

A BBC conversou com um dos operadores do programa que tiveram contato direto com os pedófilos. Ele pediu que seu nome não fosse divulgado.

Terre des Hommes

Sweetie, a menina virtual criada pela Terre des Hommes para apanhar pedófilos (foto: divulgação / Terre des Hommes)

Sweetie, a menina virtual criada pela Terre des Hommes para apanhar pedófilos (foto: divulgação / Terre des Hommes)

“Alguns dos homens com quem interagimos deram-me pesadelos, literalmente”, disse.

O operador ouvido pela BBC conversou com Scott Hansen.

“Ele era muito direto, a certa altura chegou a pedir para envolver a irmã de oito anos fictícia. Foi muito difícil dormir à noite depois de falar com alguém como Hansen”, afirmou.

O operador está orgulhoso de ter participado de alguma forma na condenação de Hansen, mas gostaria que mais pedófilos fossem condenados.

Durante o período em que o projeto funcionou, dezenas de milhares de homens entraram em contato com a equipa da Terre des Hommes.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas estão a atirar rochas vulcânicas para telhados (para provar que são perigosas)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Canterbury está a lançar rochas vulcânicas para telhados na Nova Zelândia na esperança de ajudar os habitantes de Auckland a entender os perigos vulcânicos. "Auckland localiza-se num campo vulcânico …

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve nos mapas durante um século

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve durante 100 anos em muito dos principais mapas do continente africano. Acabaria por ser um militar francês, que explorou o rio Níger, a acabar com este "fantasma da …

"Continua a pairar perigosamente". Relógio do Juízo final mantém-se a 100 segundos do Apocalipse

A Humanidade nunca esteve tão perto do Apocalipse, alertam os cientistas responsáveis pelo "Relógio do Juízo Final", que decidiram mantê-lo na mesma posição do ano passado, a 100 segundos da meia-noite. O relógio, que é uma …

A primeira bateria doméstica de hidrogénio armazena três vezes mais energia do que uma da Tesla

Para usar energia solar doméstica, é preciso gerar energia quando o Sol brilha e armazená-la quando não aparece. Para isto, as pessoas usam normalmente sistemas de bateria de lítio. Porém, a empresa australiana Lavo construiu …

Um oásis LGBTQ, Budapeste é posto à prova pelo populismo e pela pandemia

Budapeste é um oásis para a comunidade LGBTQ, mas a cena drag da capital húngara vê-se ameaçada pela pandemia de covid-19 e pelas políticas conservadoras e populistas de Viktor Orbán. Durante muitos anos, Budapeste desfrutou a …

Coreia do Sul "ressuscitou" voz de uma superestrela. Chovem preocupações éticas

Pela primeira vez em 25 anos, a distinta voz da superestrela sul-coreana Kim Kwang-seok será ouvida na televisão nacional. O famoso cantor folk morreu em 1996. De acordo com a CNN, a emissora nacional da Coreia …

Maioria dos países africanos só terá vacinação em massa a partir de 2023

A maioria dos países africanos só terá imunização em massa a partir de 2023, segundo previsão da The Economist Intelligence Unit, que admite que, com o evoluir da pandemia, muitos dos países mais frágeis possam …

Mulher que "morreu" com covid-19 aparece viva 10 dias após funeral

Uma mulher de 85 anos ficou infetada com covid-19 num lar na Galiza, em Espanha. A 13 de janeiro a família de Rogelia Blanco recebeu a informação do lar de que a mulher tinha falecido. …

Familiares de vítimas na China pressionadas a não falar com OMS

As autoridades chinesas estão a pressionar as famílias das primeiras vítimas da covid-19 para que não entrem em contacto com os investigadores da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Wuhan, segundo familiares dos falecidos. Mais de …

Falsas vacinas à venda na Internet são grande risco para a saúde

Embora milhões de pessoas tenham sido já vacinadas contra a covid-19 nos países ricos, proliferam as fraudes na Internet com fármacos falsos que representam um grande risco para a saúde, alertaram peritos das Nações Unidas. As …