Computadores da PSP não têm acesso a base de dados de criminosos

Tiago Petinga / Lusa

Milhares de computadores da PSP estão sem acesso ao Sistema Estratégico de Informações (SEI), que permite controlar e gerir toda a atividade operacional diária da polícia, incluindo registos de ocorrências e identificação de suspeitos.

O Jornal de Notícias avança esta sexta-feira que a situação se mantém desde abril, altura em que o sistema sofreu a sua última atualização. Por serem demasiado antigos, milhares de computadores não conseguem suportar a nova versão do programa. Segundo o jornal, o Governo diz estar a trabalhar numa solução.

A denúncia foi feita pelo próprio diretor nacional adjunto da PSP, na quinta-feira, em Viana do Castelo, durante as comemorações do 143.º aniversário do comando distrital. Magina da Silva garantiu que o problema será resolvido até ao final do ano através da compra de novo equipamento informático. No entanto, os sindicatos de polícia já alertavam para esta situação há mais de um ano.

A polícia continuou a funcionar com maior ou menor dificuldade”, disse, sublinhando que cada vez mais “os processos produtivos e métodos de trabalho são baseados em redes informáticas e bases de dados”.

“Tudo o que escrevemos e todo o expediente que produzimos é feito digitalmente numa rede que é o SEI e, obviamente, temos de ter máquinas para as mais diversas tarefas quotidianas”, disse o diretor nacional adjunto da PSP.

O presidente da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP), Paulo Rodrigues, congratulou-se com o facto de já haver data para resolver o problema, mas também deixou críticas ao Governo por não ter antecipado o ”blackout informático” que há três meses complica o trabalho da polícia de segurança pública.

Ao JN, o Ministério da Administração Interna diz que atualmente “decorrem procedimentos de aquisição no âmbito da modernização tecnológica das forças de segurança” e que, em 2019, o investimento previsto é de “5,5 milhões de euros em equipamento”.

De acordo com o Observador, em junho de 2018, Paulo Rodrigues já tinha alertado para este problema. Na altura, o sindicalista sustentou que o problema estava a colocar em causa o trabalho quotidiano dos polícias, principalmente na zona de Lisboa, existindo esquadras onde apenas o computador do comandante tinha acesso ao Sistema Estratégico de Informação.

Segundo o presidente do maior sindicato da PSP, mais de metade dos computadores da Polícia estavam obsoletos e os que não estavam “não tiveram o software atualizado o que condiciona o acesso ao SEI”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Isto é inacreditável. Como é que é possível ainda ter plataformas como aparentemente é esta da polícia que não correm em browser? Só prova o nível de incompetência dos responsáveis de IT nas instituições governamentais deste país!

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …