“Coletes amarelos” não arredam pé e Macron é já menos popular que Trump

Etienne Laurent / EPA

O presidente da França, Emmanuel Macron

O movimento “coletes amarelos” não desmobilizou perante o anúncio, terça-feira, do governo francês de suspensão de taxas e marcou nova manifestação para sábado. Já o Presidente Macron está em queda de popularidade, registando valores mais baixos do que o seu homólogo norte-americano, Donald Trump.

Por toda a França, os apelos para mobilizar um quarto sábado consecutivo de manifestações dos “coletes amarelos” foram mantidos.

O Presidente, Emmanuel Macron, alvo de todas as críticas pela sua política económica, viu o seu índice de popularidade cair 6 pontos, para 23%, segundo uma sondagem terça-feira divulgada. O Presidente norte-americano, que também tem sentido uma queda na sua taxa de popularidade, regista uma aprovação de 40% dos eleitores norte-americanos, de acordo com uma sondagem da ABC News/Washington Post, realizada pelo Instituto Langer Research Associate e divulgada no passado mês de novembro.

É uma diferença de 17 pontos percentuais que divide o Presidente Francês do seu seu homólogo norte-americano. Tal como relata a imprensa internacional, o protestos dos “coletes amarelos” teve um forte impacto na popularidade de Macron.

O chefe de Estado recebeu terça-feira durante uns minutos um “colete amarelo” no Palácio do Eliseu, mas ninguém revelou o teor da conversa. Dois jogos de futebol da Ligue 1, PSG – Montpellier e Toulouse-Lyon, marcados para sábado, já foram adiados.

Eric Drouet, um dos membros mais conhecidos dos “coletes amarelos”, já convocou o movimento para “voltar a Paris” no sábado, “perto de locais de poder, dos Campos Elísios, do Arco do Triunfo, do Concorde”. “As pessoas estão cada vez mais motivadas, estão a organizar-se, seremos ainda mais numerosos”, disse Drouet à agência France Presse.

Já Benjamin Cauchy, outra das figuras do movimento, reconheceu um “primeiro passo” nas medidas do governo. Mas “os franceses não querem migalhas, querem a varinha na íntegra”, afirmou.

Envolto na crise provocada pelo movimento dos “coletes amarelos”, o governo francês anunciou nesta terça-feira a suspensão de um aumento nas taxas de combustível para “trazer de volta o apaziguamento” ao país.

Mas as palavras do primeiro-ministro Édouard Philipp, não parecem ter tido grande efeito nos manifestantes, que prometem novas manifestações no próximo sábado. “Nenhum imposto merece pôr em perigo a unidade da nação”, disse o primeiro-ministro francês, num discurso na televisão, acrescentando que “seria necessário ser surdo” para “não ouvir a raiva” dos franceses nas ruas.

Segundo os analistas, este anúncio representa um revés para Emmanuel Macron, que, desde o início do seu mandato, fez questão de não ceder às ruas.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Isto tudo é pretexto p/ deitar abaixo o governo MAcron mais NADA… a politica é MT SUJA. A França só vai acordar p/ a realidade quando um dia a UE lhe tirar o tapete… depois podem fazer o q quiserem, como fizeram os gregos e de NADA lhes valeu. Os politicos anteriores deram tudo agora …

  2. Nos próximos anos muita coisa vai acontecer nesta Europa. A extrema direita está a avançar em todos os lados. Esta quadrilha de incompetentes tem que ser corrida antes que seja tarde.

RESPONDER

Redução nas portagens implica impacto de 160 milhões por ano, diz Governo

O Governo disse esta segunda-feira que a redução de portagens, a partir de 01 de julho, implica um impacto de 160 milhões de euros por ano e, se for considerado todo o período de concessões, …

França, Espanha e Alemanha chegam a acordo para novo sistema de combate aéreo

A França, a Espanha e a Alemanha chegaram a um acordo sobre a nova fase de desenvolvimento do Futuro Sistema de Combate Aéreo (SCAF, na sigla em francês), após negociações intensas entre os três países, …

Legionella. Empresas chegam a acordo com 57 das 58 vítimas assistentes no processo

As empresas arguidas no processo do surto de legionella que ocorreu em Vila Franca de Xira, em 2014, chegaram a acordo com 57 das 58 vítimas que se constituíram assistentes no processo. A informação foi avançada …

Plásticos do Reino Unido são enviados, despejados e queimados na Turquia

Uma investigação levada a cabo por ativistas ambientais da Greenpeace descobriu plástico do Reino Unido despejado e queimado no sul da Turquia. Os investigadores da Greenpeace, uma organização ambientalista internacional, documentaram pilhas de plástico despejadas ilegalmente …

BE apresenta projeto de lei para criminalizar "terapias de conversão" de orientação sexual

O Bloco de Esquerda (BE) apresentou um projeto de lei que prevê penas de prisão até três anos ou multas para quem promova "procedimentos que visem alterar a orientação sexual de outra pessoa, identidade ou …

Madeira suspende vacinação devido a embalagens da Pfizer com sinais de humidade

A campanha de vacinação contra a covid-19 foi interrompida esta segunda-feira na Madeira porque algumas embalagens das vacinas da Pfizer apresentaram sinais de humidade externa, anunciou o Governo Regional. “Informamos que a campanha de vacinação contra …

Catarina Martins defende presunção de inocência de Luís Monteiro e fala da "situação insustentável" de Cabrita

A coordenadora do BE, Catarina Martins, considerou que as denúncias de violência doméstica nunca devem ser desvalorizadas, mas defendeu a presunção de inocência do deputado bloquista Luís Monteiro. Além disso, considerou a situação de Eduardo …

Dermatologistas dizem que 90% das mortes por cancro de pele podem ser evitadas

A Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo (APCC) alerta para o facto de 90% das mortes por cancro de pele serem evitáveis, sublinhando que os custos em tratamento para os serviços de saúde rondam os 20 …

Especialista considera possível "largar as máscaras" antes de julho. Há 85 concelhos com zero casos de covid-19

A maior parte dos concelhos em Portugal encontra-se abaixo do limiar de risco e 85 contam mesmo zero casos. Para o virologista Pedro Simas, é possível que as máscaras deixem de ser utilizadas ainda antes …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Belenenses e Santa Clara também têm direito a nota artística

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/belenenses-0-2-santa-clara-o-musical-1 - Então? Numa jornada de Benfica-Sporting e de um importante Rio Ave-FC Porto, este indivíduo aborda o Belenenses-Santa Clara neste espaço? - É verdade. Por duas razões: a primeira é que fui eleita a Miss Mundo …